terça-feira, 22 de maio de 2012

SEM "CARTAS MARCADAS" PRÓXIMO TUF DEVE SER MAIS INTERESSANTES PARA O PÚBLICO

time-700Textual / Divulgação
Alguns dos "pupilos" do TUF Brasil são amigos de longa data de técnicos do programa
Quem assistiu ao último episódio do TUF Brasil, exibido no domingo passado (20), deve ter reparado na estranha justificativa de Vitor Belfort ao escolher Godofredo “Pepey” para ser transferido para a equipe de Wanderlei Silva.

De acordo com o carioca, os outros finalistas da categoria peso-pena (66 kg), Rodrigo Damm e Hugo “Wolverine”, não poderiam migrar para o time azul por terem forte ligação com alguns de seus treinadores.

Sendo mais claro, Wolverine é da equipe Champions, do técnico de boxe Luiz Carlos Dorea, na Bahia, assim como Rodrigo Damm é amigo de longa data de Rodrigo Artilheiro, com quem treinou wrestling por anos. E, como Dorea e Artilheiro são dois dos técnicos do escrete verde, os atletas deveriam continuar sob sua tutela.

Acompanhe a página de MMA do R7

Se formos ainda mais longe, vale lembrar que, entre os pesos médios (84 kg), Cezar “Mutante” já havia causado ciúmes entre seus companheiros por ser o protegido de Belfort, que, entre outras funções fora da casa, acumula a de treinador e de manager do atleta. Por estes motivos, obviamente, o lutador também não “poderia” ser transferido ao time rival na próxima fase do TUF.

Essas situações, convenhamos, para o bem da credibilidade do programa, não devem ser repetidas na próxima temporada, estimada para o segundo semestre deste ano, quando Lyoto Machida e Maurício “Shogun” já assumem os postos de favoritos para serem treinadores.

Pode parecer besteira, mas esse conflito de interesses pode abalar a credibilidade do programa, sim. Afinal, o reality show é gravado e editado, e nada comprova que os treinadores distribuíram sua atenção e foco igualmente entre os demais participantes.

Para terminar, relembro um fato curioso que aconteceu durante a coletiva de imprensa em que Vitor e Wand foram anunciados como técnicos da inédita temporada, no dia 14 de dezembro. Em determinado momento, os dois foram questionados sobre quem gostariam de ter em suas equipes.

Enquanto Wanderlei afirmou que os atletas não haviam sido escolhidos e que isso não era de sua responsabilidade, Belfort rapidamente fez um pedido público ao rival.

- Vou pedir para o Wanderlei não escolher o Cezar “Mutante”, que é meu pupilo e me dá um trabalho tremendo na academia [risos].

Curiosamente, as seletivas que envolveram cerca de três mil atletas estavam começando naquela semana e só terminaram em janeiro de 2012, de acordo com o próprio UFC. Como Belfort sabia que que ele estaria no programa, eu já não sei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails