terça-feira, 19 de novembro de 2013

WALLACE, JOGADOR DO FLAMENGO ADERE AO JIU JITSU


Mosaico carreira Wallace Flamengo (Foto: Editoria de Arte)

Além do hábito de devorar livros, soube que tem praticado jiu-jitsu. O que te levou ao tatame?
Pratico há cinco meses aqui no Rio. Na época estava meio p.... Não estava jogando, tinha de colocar a raiva para fora, aí comecei. Não dava para bater em quem eu queria (risos), mas sempre gostei de arte marcial. Tinha noção de judô, que fiz na infância. Mas me amarro, os caras me abraçaram. Uma vez por semana vou lá. 
E o que acrescentou? 
Questão do equilíbrio. Sou muito relaxado, tranquilo, mas como já não vinha jogando no Corinthians queria espairecer. Sempre quis fazer, mas em São Paulo não achava uma academia legal. Mas um amigo indicou, fui, gostei, aí depois passei a ir direto. Quando não estava jogando, ia em média três vezes na semana. Jiu-jitsu vicia, é um xadrez, você tenta achar a brecha do adversário. Sou faixa branca, estou aprendendo o basicão.  
O grande problema do jogador está na hora de fazer escolhas. Você coloca o cabelo moicano, e os jogadores vão lá e seguem essa linha. Nunca gostei disso 
Sobre os rótulos para jogadores de futebol
 Então ir para o tatame melhorou seu desempenho no campo? 
Tem dado essa ajuda, sim. Deu uma relaxada boa. Quando chegava meio p... do treino ia lá e dava uma amenizada. Tem pouco flamenguista lá, é mais vascaíno (risos). Me amarro. Fiz para dar uma amenizada no estresse. Vou continuar, gosto. Perdi quatro quilos em um mês. Ajuda muito, é muita explosão o tempo todo.
Globo.com

domingo, 17 de novembro de 2013

VITÓRIA CONTESTADA; GSP CONTINUA COM CINTURÃO


No 20º aniversário do UFC, GSP vence Hendricks em decisão muito contestada

Texto - Junior Samurai
Fotos - UFC

Segundo Dana White, a comissão atlética de Nevada estragou o evento de comemoração do 20º aniversário do UFC. Para o mandatário Johny Hendricks venceu o duelo contra Georges St-Pierre. "Isso é uma luta, quem recebeu mais danos? Estou chocado que o GSP ganhou essa luta. E eu sou um promotor e ele é o cara que mais vende pay-per-view pra minha empresa e mesmo assim acho que ele não ganhou. Eu quero justiça e isso não foi justiça. O Johny Hendricks deveria ter a chance de lutar pelo cinturão novamente", disse o manda-chuva.

Na luta, GSP começou bem ao se esquivar de um soco de Hendricks e colocar o americano para baixo. Já em pé, o canadense ficou no atraso e foi castigado durante os assaltos seguintes. No final, as papeletas decretaram o resultado tão contestado, Georges St-Pierre levou por decisão dividida. Resultado discordado pelo público presente ao MGM Arena em Las Vegas e por muitos especialistas e lutadores."O Hendrinchs venceu essa luta. O GSP antes de se aposentar tem que fazer outra luta com ele. Isso é uma dívida com seus fãs, o UFC e o próprio Hendricks", falou Murilo Bustamante durante o Sensei Sportv.

E Hendricks também acha que venceu e se considera o novo campeão dos meio-médios. "Sim, sou o campeão. Dei mais jabs, dei mais golpes, fui melhor na luta agarrada. Fiz de tudo para vencer a luta, exceto para aqueles dois juízes. Mas vou treinar muito para pegar aquele cinturão. Infelizmente, o cinturão não está aqui do meu lado, mas eu acabei de bater o melhor lutador peso-por-peso do mundo, sabe? Olha a cara dele e olha a minha! Minhas mãos estão machucadas de tanto bater nele".

Nas outras lutas, desstaque para o atropelo de Rashad Evans sobre Chael Sonnen ainda no primeiro round e a vitória de Talles Leites sobre Ed Herman por decisão unânime dos jurados.

UFC 167
MGM Grand Garden Arena, Las Vegas, Nevada
16 de novembro de 2013

Georges St-Pierre venceu Johny Hendricks por decisão dividida dos jurados (Luta da noite)
Rashad Evans venceu Chael Sonnen por nocaute técnico aos 4min05s do R1
Robbie Lawler venceu Rory McDonald por decisão dividida dos jurados
Tyron Woodley nocauteou Josh Koscheck aos 4min38s do R1 (Nocaute da noite)
Ali Bagautinov venceu Tim Elliott por decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Donald Cerrone finalizou Evan Dunham com um triângulo aos 3min49s do R2 (Finalização da noite)
Thales Leites venceu Ed Herman por decisão unânime dos jurados
Rick Story venceu Brian Ebersole por decisão unânime dos jurados
Erik Perez venceu Edwin Figueroa por decisão unânime dos jurados
Jason High venceu Anthony Lapsley por decisão unânime dos jurados
Sergio Pettis venceu Will Campuzano por decisão unânime dos jurados
Gian Vilante venceu Cody Donavan por nocaute técnico a 1min22s do R2

POTIGUAR PATRICIO PITBULL CONQUISTA O BELLATOR


Veja Patricio Pitbull nocauteando e conquistando o GP dos penas do Bellator

Texto - Junior Samurai
Foto - Arquivo pessoal de Patriocio Pitbull (Patricio Pitbull e sua equipe comemorando a vitória)

A edição 108 do Bellator rolou nessa sexta-feira, em Nova Jersey, Estados Unidos. Por lá, o potiguar Patricio Pitbull só precisou de pouco mais de 2min para descer o braço para cima de Justin Wilcox e alcançar o nocaute técnico.

Com o triunfo, Patricio conquistou o GP dos pesos-penas, e vai disputar o cinturão da categoria contra Daniel Straus, em data a ser marcada.
Nas outras lutas, destaque para a estreia de Rampage Jackson no evento. O ex-campeão do UFC também só precisou do primeiro round para encerar o duelo contra Joey Beltran, A vitória veio depois de uma sequência de cruzados.

Bellator 108
Nova Jersey, Estados Unidos
15 de novembro de 2013

Rampage Jackson nocauteou Joey Beltran aos 4min59s do R1
Vitaly Minakov venceu Alexander Volkov por nocaute técnico aos 2min57s do R1
Patricio Pitbull venceu Justin Wilcox por nocaute técnico aos 2min23s do R1   
Marcos Loro venceu Tom McKenna por nocaute técnico aos 4min29s do R1  
Sam Oropeza venceu Chip Moraza-Pollard por nocaute técnico aos 37s do R1
Tom DeBlass nocauteou Jason Lambert por nocaute aos 1min45s do R1
Nah’Shon Burrell venceu Jesus Martinez por decisão unânime dos jurados
Anthony Marrison venceu Kenny Foster por decisão majoritária dos jurados
Liam McGeary finalizou Najim Wali com um armlock aos 1min31s do R1   
Will Martinez finalizou Kevin Roddy com um mata-leão aos 3min50s do R1
Dan Matala venceu Ryan Cafaro por nocaute técnico aos 3min52s do R2
Rob Sullivan venceu Sergio de Silva por decisão unânime dos jurados
Meiaguarda.com.br
Related Posts with Thumbnails