terça-feira, 31 de dezembro de 2013

O MMA É VIOLENTO ?



Por André Maraschin

Sempre houve críticas a respeito das lutas de MMA, mas parece que a lesão do lutador Anderson Silva no UFC 168 catalisou uma série de opiniões contrárias e esse tipo de esporte. Claro que cada pessoa tem o direito de expressar as suas opiniões e ser contra ou favorável a qualquer causa, mas gostaria apenas de esclarecer alguns pontos a respeito das lutas e esportes em geral para que sirvam de reflexão.

Em primeiro lugar, temos que compreender o ser humano como um eterno caçador de aventuras. Não existe razão ou lógica para explicar porque as pessoas fazem as coisas que fazem, mas é certo que morre lentamente quem não se exercita, quem não viaja ou quem não tem sonhos. Nesse caso, lutar é apenas mais uma das diversas formas possíveis que uma pessoa pode ter como hobby ou profissão e dar sentido à sua vida através da adrenalina e sentimento de superação pessoal!

O MMA é contundente? Sim, claro, pois trata-se de um esporte de contato. Mas precisamos compreender que é um tipo de risco controlado, que existem regras e que os atletas são extremamente preparados para suportar os golpes. Dessa forma, a contundência não é o objetivo final nas Artes Marciais, mas sim um meio de se atingir outros objetivos que vão desde o crescimento profissional, o sustento da família, a motivação para treinar, praticar atividades físicas e ter uma filosofia de vida que na maioria dos casos transforma os praticantes em pessoas melhores!

Por outro lado, há indivíduos que fumam, bebem, usam drogas e dirigem com imprudência. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, são 43 mil mortos por ano em acidentes de trânsito no Brasil. O trânsito que é violento ou o comportamento das pessoas ao dirigir? E o futebol, é violento? Quantos jogadores se lesionam desde o profissional até as peladas de final de semana?

Mas vamos falar de esportes de risco, do alto índice de acidentes na Fórmula 1 e nas corridas de velocidade em geral. Ou então podemos analisar o alpinismo, parece que há cerca de 300 corpos de alpinistas mortos no Monte Everest em uma altitude onde não se pode sequer fazer o resgate dos cadáveres. Mas mesmo assim, alguém sabe explicar porque todo ano milhares de “malucos” se arriscam a escalar nas alturas?

Poderíamos citar mais esportes radicais como Surf, Parkour, Vôo livre, Esqui, Paraquedismo, Rugby, etc, a lista de acidentes graves e mortes é enorme. Imaginem que já morreram maratonistas, mas sem terem sido atingidos por um golpe sequer! Assim, se optarmos sempre pela lógica e a razão, nada faremos! Mas o que têm todas essas modalidades em comum é o fato de que elas podem te proporcionar algo que jamais alguém poderia obter de outra maneira: Satisfação!

Outro dia, um amigo comparou os esportes de luta com briga de animais. Mas tem uma crucial diferença, eu disse a ele: Os galos ou cães não escolhem lutar e não recebem pagamentos tal qual os homens que estão no UFC. Um lutador entra no octagon por livre arbítrio, da mesma forma que cada um escolhe o seu destino na vida.

Então, por livre arbítrio, talvez alguns acreditem que seja mais seguro apenas postar na internet e criticar, sem nunca ter experimentado o sabor de uma grande aventura em sua vida. Ou talvez seja melhor continuar a comer fast-food, tomar refrigerante e quem sabe morrer de parada cardíaca aos 45 anos porque havia o estresse das metas na empresa, as prestações a vencer, os telefonemas dos clientes, o smartphone, o status no Instagram, no Facebook e o sono atrasado… Mas viver é correr riscos! Ou como diz a máxima: “o pior é morrer sem ter vivido!”.

André S. Maraschin – Profissional em Educação Física, Faixa Preta 3º Dan em Karate, professor e atleta

About these ads

CRIS CYBORG DASAFIA RONDA APÓS VITÓRIA DA AMERICANA


 Cris Cyborg frame Invicta FC (Foto: Reprodução/ Youtube)

Atual campeã peso-pena do Invicta FC, Cyborg, no entanto, precisa baixar de peso para encarar Ronda, que já possui seu próximo duelo marcado - enfrenta Sarah MacMann em fevereiro.
Dana nega Melendez contra Nurmagomedov no UFC 170
Após o Twitter do "UFC Tonight", programa de TV oficial da organização, anunciar a luta entre os pesos-leves Gilbert Melendez e Khabib Nurmagomedov para o UFC 170, dia 22 de fevereiro, em Las Vegas (EUA), Dana White usou da mesma rede social para desmentir a informação. O dirigente afirmou no microblog que o confronto ainda não foi fechado.
Mais Combate.com: confira as últimas notícias do mundo do MMA

O UFC 170 ganhou foi uma luta entre mulheres. Atualmente em destaque na categoria, Alexis Davis e Jessica Eye vão se enfrentar, e provavelmente a vencedora será a desafiante escolhida pelo Ultimate para quem sair campeã de Ronda Rousey x Sarah McMann, que duelam no mesmo evento.
UFC 170
22 de fevereiro de 2014, em Las Vegas (EUA)
CARD DO EVENTO
Ronda Rousey x Sarah McMann
Rashad Evans x Daniel Cormier
Demian Maia x Rory MacDonald
Rafael dos Anjos x Rustam Khabilov
Alexis Davis x Jessica Eye
Mike Pyle x T.J. Waldburger
Raphael Assunção x Francisco Rivera
Stephen Thompson x Robert Whittaker
Globo.com

ANDERSON SILVA JÁ ESTÁ EM CASA, E PERGUNTA QUANDO PODE VOLTAR A TREINAR


Anderson Silva lesão UFC Las Vegas (Foto: Reuters)

O cirurgião ortopedista Steven Sanders, que operou o ex-campeão dos pesos-médios do UFC,  Anderson Silva, explicou nesta segunda-feira, em uma conferência por telefone fechada a alguns membros da imprensa internacional, detalhes da cirurgia realizada na madrugada de sábado para domingo no Centro Médico Universitário de Las Vegas. Ele afirmou que o brasileiro está se recuperando muito  bem, mas descartou que ele tenha alta nesta segunda-feira.
- Falando de uma forma geral, as pessoas que sofrem esse tipo de lesão ficam no hospital por alguns dias, porque precisamos tomar alguns cuidados de ordem preventiva, como monitorar o nível de dor e tomar antibióticos. Nos dias seguintes, ele também deve iniciar fisioterapia. É um processo longo e eu não posso dizer se ele receberá alta hoje, amanhã ou depois. Cada dia é um novo dia, então estamos falando de um dia por vez.  Ele não receberá alta hoje (segunda) - declarou o médico.
Dr Sanders ainda revelou que, apesar de fazer menos de 48 horas que o brasileiro se submeteu à cirurgia, ele já está se movimentando de forma limitada e inclusive já fez uso de muletas no quarto do hospital:
- Faz menos de 48 horas que ele passou pela cirurgia e já o vi utilizando muletas. Eu acho isso maravilhoso porque não sei se conseguiria fazer isso de forma tão rápida!
O médico também contou detalhes do procedimento feito em Anderson e revelou que inseriu uma placa de titânio de 11,4 milímetros de diâmetro na tíbia do lutador através do joelho esquerdo.

- Nós a parafusamos no osso e também utilizamos dois parafusos acima do tornozelo para prevenir rotação e estabilizar o osso. A fíbula também estava quebrada da mesma forma, mas por diversas razões optamos por não fazer uma cirurgia separada nessa área, pois teríamos que abrir um corte na região, o que poderia gerar infecção pela exposição ao ambiente, ou ainda arriscar estressar a reparação da tíbia. Nós acreditamos que a fíbula vai se curar sozinha.
Segundo o depoimento do cirurgião, assim que chegou ao hospital, a primeira coisa que Spider o questionou foi “Quando vou poder voltar a treinar?”. O procedimento cirúrgico demorou em torno de uma hora, e a haste inserida no corpo de Anderson não deverá ser retirada no futuro:
- A placa de titânio se adapta muito facilmente ao corpo humano e, nesse caso, não precisa ser removida, pode ficar na perna dele para o resto da vida. A fratura aconteceu longe da articulação, portanto o osso deve sarar e voltar a ter a mesma força de antes. O único problema são os tecidos ao redor da fratura, que podem precisar de mais tempo para se recuperar. Foi uma lesão bastante severa, mas poderia ter sido pior. Se a pele tivesse se rompido ali no octógono, aumentariam as chances de infecção e poderia ter interrompido a circulação de sangue ao pé, podendo até ocasionar uma amputação. Mas no caso do Anderson, o problema real ali no momento era que, como a pele não se rompeu, ela ficou segurando a perna dele junta e, quando isso acontece, você acaba tento um estresse muito grande nos músculos e nos tecidos da região.
Mais Combate.com: confira as últimas notícias do mundo do MMA
O cirurgião ortopedista do UFC ainda descartou que Anderson Silva tivesse uma pré-lesão nos ossos da canela ou qualquer condição que pudesse ter ocasionado a fratura:
- Pelo Raio-X dá para ver, além das fraturas, a característica dos ossos. Eu tentei ver se havia alguma micro fratura no osso, especialmente porque ele já vem treinando há tanto tempo, está com 38 anos e acostumado a esse tipo de chutes. Mas a natureza do osso dele estava completamente normal, não havia nada que explicasse ou que indicasse uma pré-disposição para esse tipo de lesão. Do ponto de vista médico, o que aconteceu com o Anderson, caso ele volte a treinar, não deve deixá-lo com uma pré-disposição maior para sofrer nova lesão no futuro na área afetada.
Dr Sanders trabalha para o UFC desde que a organização foi adquirida pelos irmãos Fertitta e atua na cidade de Las Vegas desde 1991. O médico afirma que o processo de reabilitação de Anderson já começou e que ele vai ter que trabalhar lentamente a rotação da perna afetada, fazendo exercícios e sessões de fisioterapia:
- Eu não posso precisar quando ele poderá colocar a perna no chão, mas assim que a dor melhorar ele poderá começar a colocar mais peso na perna. A reabilitação real que ele terá que fazer será nos músculos, que vão se atrofiar no tempo que ele ficar parado. O osso se cura sozinho, são os músculos que precisam ser trabalhados. E é preciso dizer que a idade dele não o coloca em risco ou não deixa o processo de recuperação mais lento. Eu diria que, no melhor cenário possível, ele poderia voltar a treinar em seis a nove meses.
Quanto ao aspecto mental e emocional, o médico disse que Anderson se comporta como qualquer paciente que sofre um tipo de fratura grave:
- Quando um paciente sofre uma fratura dessa dimensão e do jeito que o Silva sofreu, isso é algo que ele terá que digerir sozinho. Como lutador, Anderson está em uma categoria diferente dos demais pacientes porque já foi exposto a muitas situações de dor. Eu acredito que ele vai superar isso sem problemas - finalizou o médico.
Globo

domingo, 29 de dezembro de 2013

ATLETA QUE TEVE A MESMA LESÃO DE ANDERSON SILVA FALA DO ASSUNTO


Gustavo Coelho fraturou a perna em março e ainda não treina 100%

Numa fatalidade, Anderson Silva fraturou a perna ao chutar Chris Weidman no UFC 168 deste sábado. No momento, muitos podem ter lembrado da lesão de Gustavo Coelho, que teve a mesma chocante fratura em março deste ano, no WOCS 24 em Montes Claros, em duelo contra Magno Alexandre. Em entrevista ao PVT, Gustavo estava abalado com a lesão, e numa opinião não de médico, mas de quem passou pela mesma dificuldade, falou em pelo menos um ano de recuperação para Spider.

Confira abaixo a entrevista completa.

Sua lesão e de Anderson foram bem parecidas, não?

Sim, sei o que ele está sentindo. A dor é a da lesão e a dor psicológica. Você não tem controle da situação, não sabe o que vai acontecer. Quando aconteceu comigo, pensei em várias coisas, pensei até que não poderia mais andar. Fora que a dor física é quase insuportável, absurda, você quer que ela passe logo, mas enquanto estiver sangramento interno, a dor não passa.

Sei que você não é médico, mas tem a experiência de ter passado pelo mesmo drama. Acha o procedimento cirúrgico será o mesmo?

Pelo que vi ali, quando ele chuta, parece que quebra a tíbia. No meu caso, quebrei a tíbia e a fíbula. Hoje em dia colocam uma haste de titânio importada, dentro do canal do osso. Coloca pelo joelho, passa por dentro do osso, e é fixada na canela com parafusos, que são retirados depois. Eu, por exemplo, vou fazer uma pequena cirurgia em janeiro, para retirar os parafusos, mas vou ficar só uma semana sem poder lutar. Já a haste pode ficar ou não, depende do caso.

E qual a linha do tempo da recuperação?

Até 45 dias depois da lesão e da operação, só andava com cadeira de rodas, sem por o pé no chão. Depois andei de muletas, e a partir disso já começa a fisioterapia. Vai ter que, mais ou menos, aprender a andar de novo.  Eu, com três, quatro meses, estava fazendo a parte de musculação, parte superior. Em cinco meses estava treinando jiu-jitsu, sem impacto. Minha lesão tem nove meses, e não posso treinar 100% ainda. Só lá para o 10º ou 11º mês.

Então, na sua opinião, ficaremos pelo menos um ano sem ver Anderson Silva lutar?

Cada um tem uma resposta à lesão, mas acho que ele vai precisar de no mínimo um ano para se recuperar totalmente. Em março e abril eu acho que voltarei a lutar. Ou seja, um ano depois da lesão.

Acha que Anderson errou no chute?

Não, não dá para falar que ele chutou errado. Quando chutamos, chutamos com força. Acontece que canela é uma parte muito dura, o bloqueio do Weidman foi correto, e nenhum atleta de alto rendimento entra 100%. Então Anderson tinha alguma lesão, alguma microfissura, e quebrou bem ali. Foi o meu caso, eu tinha uma microfissura e quebrou bem em cima. É uma fatalidade mesmo.

Você tem 31 anos, Anderson tem 38. Acha que a idade influenciará na recuperação?

Não sei, somos atletas, nosso organismo responde de forma diferente. Ele vai ter muito apoio, muitos profissionais à disposição. Mas toda minha energia vai para ele, vou rezar por Anderson. Sei o que ele está passando. Sou fã dele, que tenha boa recuperação.

Você é amigo de Vitor Belfort, treina na academia dele. Acha que ele retoma o cinturão para o Brasil?

Chegou a vez dele, está provado que é a hora dele. É a melhor fase da carreira do Vitor, é hora de o cinturão voltar para o Brasil. E não deve demorar, os dois estão bem fisicamente. De repente lá para março.
PVT

WEIDMAN DIZ QUE BLOQUEAR CHUTE COM O JOELHO FOI PROPOSITAL.


Imagem

Chris Weidman sabia exatamente o que estava fazendo quando usou o joelho para bloquear os chutes baixos de Anderson Silva. Na luta principal do UFC 168, realizado no sábado (28), Spider quebrou a perna ao tentar chutar o campeão, e a lesão deu a Weidman a vitória por nocaute técnico.

Em coletiva de imprensa realizada após o evento, Weidman revelou que treinou a técnica de bloqueio durante toda a sua preparação para a revanche.

“Na última luta ele realmente foi superior nos chutes na perna, então nós focamos em parar os chutes dele durante esta preparação. Meu treinador Ray Longo quebrou a perna de um cara no treino ao colocar o joelho na canela dele quando ele chutou. Ele chama isso de “cão”ruição". Eu fiz isso algumas vezes no treino, mas não quebrei a perna de ninguém. Eu não queria ver o Anderson Silva se machucando daquele jeito”, afirmou o americano.

Para Weidman, ou ele tentava a fatal manobra de bloquear chutes com o joelho, ou Anderson o machucaria com os chutes baixos.

“Eu não queria que ele se sentisse confortável ao me chutar. Se eu não tivesse colocado o joelho na canela dele, ele me chutaria e me machucaria. Não foi acidental. Se eu não tivesse bloqueado os chutes, eu provavelmente estaria com um grande hematoma na perna agora”, afirmou o campeão.

De acordo com o repórter Ariel Helwani, a equipe de Anderson afirmou que o osso do brasileiro trincou quando Weidman bloqueou um chute, e se partiu quando o campeão bloqueou o segundo golpe.
PVT

VITOR: "ESTOU CONFIANTE AQUELE CINTURÃO É MEU"!


Belfort fala sobre lesão de Spider

Vitor Belfort estava só esperando a luta entre Chris Weidman e Anderson Silva para saber quem seria seu próximo adversário.  E depois da derrota do brasileiro, o Fenômeno teve a confirmação de que será o americano. Após o duelo, Belfort, que esteve em Las Vegas acompanhando o duelo valendo o cinturão dos médios, falou para o Combate sobre a lesão de Spider e sobre a forma que a luta foi encerrada.

"Triste de terminar assim, imagino a dor que deve ser para um atleta sofrer uma lesão dessas. Lamentavel ver a dor dele no octógono. Senti uma dor dentro de mim, sei o quanto trabalhamos para isso, mas faz parte, são ossos do oficio, sabemos que pode acontecer. Triste saber que terminou dessa forma. Ali é um trabalho. A intenção não é quebrar ou machucar, é ganhar. Terminar de uma maneira dessa é triste, ficamos sentidos pelo atleta, somos atletas, sentimos na pele, só sabe quem passa ali dentro. É triste ", disse Belfort

Belfort também confirmou que será o próximo a lutar pelo cinturão e disse que acredita em uma vitória sua sobre Weidman.

"Esse ano, começo do ano com certeza (quando o duelo contra Weidman vai acontecer). A hora que me der a data, estou pronto. Essa luta já aconteceu aqui dentro (da cabeça de Belfort). Os fortes usam a inteligência, e os fracos usam a violência. A luta se ganha na mente, na inteligência. A humanidade está precisando ter a grande força que é ser inteligente, sábio, fazer a coisa certa. Agora é amassar as uvas para beber um bom vinho. Vamos trazer o cinturão para o Brasil, tenho confiança na vitória, sou confiante, não tenho arrogância, tenho plena confiança no talento que Deus me deu e trabalho duro. Na minha vida meu pai falou algo que mexeu muito comigo: Se alguém te der algo, tem o direito de tirar, mas se você conquistar, ninguém tira. E conquistei meu espaço ", disse.
Yahoo

RECUPERAÇÃO DE ANDERSON SILVA PODE DURAR 6 MESES.


Anderson Silva fraturou a perna após tentar um chute em Chris Weidman

O UFC divulgou na manhã deste domingo que a cirurgia de Anderson Silva foi um sucesso. A fratura na tíbia e na fíbula da perna esquerda de Spider surgiu após um chute do brasileiro em Chris Weidman. Com isso, a luta foi encerrada e o norte-americano manteve seu cinturão dos médios. O comunicado do UFC explicou como foi feito o procedimento de recuperação de Anderson.


"Depois da luta principal do UFC 168, o ex-campeão Anderson Silva foi levado a um hospital de Las Vegas, onde passou por cirurgia para reparar a perna esquerda que estava quebrada. A cirurgia foi um sucesso e foi realizada pelo Dr. Steve Sanders, cirurgião ortopédico do UFC, que inseriu uma haste intramedular na tíbia esquerda. A fíbula quebrada foi estabilizada e não vai precisar de uma cirurgia à parte".

O comunicado também explica que o tempo de recuperação do brasileiro vai variar de três a seis meses. De acordo com a nota, Spider já teve acesso aos recados dos fãs por meio das redes sociais. 

"Anderson vai continuar no hospital por um período curto, mas não passará por nova cirurgia. O tempo de recuperação para esse tipo de lesão pode variar de três a seis meses. Anderson está profundamente tocado pelas manifestações de apoio de seus fãs e de toda a comunidade do MMA. Não houve decisão imediata sobre o seu futuro e ele gentilmente pede privacidade neste momento, enquanto lida com a sua lesão e se prepara para voltar para casa para se recuperar"

Na manhã deste domingo, Anderson Silva pediu desculpas aos brasileiros através da sua conta nas redes sociais:

"Brasil, sinto muito, não queria ter desapontado vocês. Dei o meu melhor, eu juro", escreveu Spider no Twitter.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

CONHEÇA O QUE REPRESENTA AS CORES DAS FAIXAS.


História das faixas no jiu-jitsu

Existem muitas histórias sobre a tradição das faixas nas artes marciais, porém, a mais comum é a de que um novato começou seu treinamento com uma faixa comum de cor branca simplesmente com o objetivo de amarrar e segurar seu uniforme. Como ele treinou durante anos, a faixa tornou-se suja, o que a deixava com a cor preta e isso levou a grande “fama” do faixa preta.
Arte marcial na China Antiga
Antigamente na China o aluno que estudava artes marciais não tinha um tempo pré-determinado para avançar seu grau hierárquico, o mesmo ia evoluindo conforme a sua dedicação e capacidade de assimilação das técnicas ensinadas.
Arte marcial no Ocidente
Aqui no ocidente, devido a diferença de nossa cultura, a maioria das artes marciais acabou fracionando o conteúdo e dividindo este conteúdo em um sistema que é exigido de acordo com o seu grau dentro da arte marcial. Este sistema foi criado porque os praticantes ficavam desmotivados achando ao “perder” para o outro, uma vez que não ficava claro o tempo de cada um dentro da modalidade.
No jiu-jitsu este conhecimento é representado por faixas e graus. Se você quiser saber mais a respeito acesse o link sobre o sistema de graduação no Jiu-Jitsu.
Fonte: Site Tonlon
Aprenda o significado das cores das faixas
Faixa Branca
Essa é a cor do desprendimento.
O branco reflete todas as cores. A própria cor dessa faixa indica que o seu portador ainda possui a ingenuidade e deve procurar manter a mente limpa. Entretanto, ele tem em potencial, todas as cores das demais faixas posteriores e assim como o fogo está na pedra, cabe a ele, faze-lo brotar através da fricção do treino árduo.
A busca nesse grau é pela purificação e transformação, diante do infinito conhecimento que tem diante de si.Essa faixa nos diz que o iniciante deve buscar a humildade e a imaginação criativa, através da limpeza e da claridade dos pensamentos. É a cor síntese do arco-íris e a mais associada ao sagrado, pois simboliza paz, pureza, perfeição e especialmente o absoluto.
Ela nos diz que devemos buscar a pureza, sinceridade e a verdade; repelindo os pensamentos negativos, procurando elevá-los, para que encontremos o equilíbrio interior, segurança e desenvolvamos o instinto e a memória.
Para saber mais sobre faixa branca clique e confira o manual do faixa branca.
Faixa Azul e Roxa
O roxo é uma mistura das cores azul e vermelho.Essa é a cor usada pelos sacerdotes para refletir santidade e humildade.
Ela gera sentimentos como respeito próprio, dignidade e auto-estima.
Esta é uma cor metafísica. É também a cor da alquimia, das transformações e da magia. Ela é vista como a cor da energia cósmica e da inspiração espiritual.
A cor violeta é excelente para purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental.
Simboliza: dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação. Quando em mau aspecto determina manias e fanatismo.
Representa o mistério, expressa sensação de individualidade, influenciando emoções e humores, mas também simboliza a dignidade, a inspiração e justiça. Gera tensão, poder, tristeza, piedade, sentimentalidade.
Tendo isso tudo em mente, a cor desta graduação nos indica que devemos encontrar novos caminhos e a elevar nossa intuição espiritual.
Clique e saiba o que se espera de um faixa azul.
Faixa Marrom
É a cor da solidificação. Representa a constância, a disciplina, a uniformidade adquirida e a observação das regras mantidas até aqui.Representa a conexão do praticante com o patrono do estilo que lhe foi passado, representado por seus mestres.
Para criar essa cor, você precisa misturar o vermelho com o preto e, portanto, ela tem alguns dos seus atributos. Também representa a autocrítica e a dependência dos mestres para chegar até aqui. Significa que se está completando o processo de amadurecimento, tanto nos conhecimentos técnicos quanto no aspecto mental.
Essa faixa, pela sua cor, emana a impressão de algo maciço denso, compacto.
Sugere segurança e isolamento. Representa também uma poluição que deve sempre ser limpa, através da prática fiel aos princípios do Budô.
Uma pessoa que gosta de vestir-se com marrom por certo é extremamente dedicada e comprometida com seu trabalho, sua família e seus amigos.
A cor marrom gera organização e constância, especialmente nas responsabilidades do cotidiano. As pessoas que gostam de usar essa cor são capazes de ir “à raiz das coisas” e lidar com questões complicadas de forma simples e direta. São pessoas “sensatas”.
Faixa Preta
É a junção de todas as cores. Enfim o corpo e a mente chegaram ao final de uma jornada e ao início de outra mais elevada.
A faixa na cor preta, representa humildade, autocontrole, maturidade, serenidade, disciplina responsabilidade, dignidade e conhecimento. É a cor do poder, induz a sensação de elegância e sobriedade. Onde o que está fora não entra e o que está dentro não sai.
Observe que na maioria das sociedades ocidentais, o preto quase sempre é a cor da morte, do luto e da penitência, mostrando assim, o estado mental, para o mundo, de quem atingiu essa graduação.
Em geral, essa cor é usada por pessoas que rejeitam as regras convencionais ou são regidos por outras normas sociais, como é o caso dos padres ou dos guerreiros que seguem ao Budô.
Essa cor também nos dá uma noção de tradição e responsabilidade.É a ausência de vibração da “não cor” que dá a sensação de proteção ou afastamento.
Por outro lado, absorve, transmuta e devolve as energias negativas, transformadas em positivas.
A meditação nessa cor permite a introspecção, favorece a auto-análise e permite um aprofundamento do indivíduo no seu processo existencial.
Remove obstáculos, vícios e emoções não desejadas. O excesso traz melancolia, depressão, tristeza, confusão, perdas e medo. A cor preta relaciona-se ao elemento água que adapta-se a todas as formas e contorna todos obstáculos é o símbolo do máximo Yin.

domingo, 15 de dezembro de 2013

VITOR SERÁ O NOVO DESAFIANTE AO TITULO DOS MÉDIOS.



Vitor Belfort será o próximo desafiante ao cinturão dos médios do UFC. Dana White, presidente da organização, reafirmou que o “Fenômeno” vai enfrentar o vencedor do duelo entre Anderson Silva e Chris Weidman, programado para o próximo dia 28, pela edição 168, em Las Vegas, Estados Unidos.
O mandatário, em entrevista ao site da Fox Sports, na quinta-feira (12), afirmou que Anderson e Weidman não terão direito à revanche imediata, portanto, é chegada a hora de Belfort.
“Ed Soares (empresário de Spider) estava me dizendo que Anderson sabe que Vitor merece outra chance de disputar o título. O próximo passo para o Anderson é encarar Belfort. Mas, se ele perder, Weidman enfrentará Belfort”.
TATAME

MAIS POTIGUAR NO UFC, AGORA É A VEZ DE CLAUDINHA GADELHA.



Na última quarta-feira (11), o UFC anunciou a criação de uma nova categoria feminina, a palha. Com a parceria firmada com o Invicta FC – evento exclusivamente feminino -, 11 lutadoras irão se transferir para o Ultimate, dentre elas as brasileiras A POTIGUAR Claudinha Gadelha e Juliana Lima, a Ju Thai.

Em entrevista à TATAME, a mineira Juliana, que leva o apelido de Thai devido a sua origem no Muay Thai, falou sobre sua transferência para a maior organização de MMA do mundo.

“Não caí na real até agora. Passei a noite em claro. Estou realizando um sonho. Fiquei mais feliz ainda quando soube que a campeã do TUF iria ser, também, a campeã do UFC. Vou me dedicar ao máximo para conquistar esse título”, disse a lutadora.

Juliana fez sua primeira luta de MMA em 2010, no Brasil Fight 3 – no qual venceu por decisão dividida – e, de lá pra cá, não se afastou mais do esporte. A mineira, formada em Turismo, tinha emprego fixo há seis anos, e se afastou da labuta para se dedicar exclusivamente às artes marciais mistas.

“Eu sempre fui apaixonada pelo MMA. Depois dessa minha primeira luta, não teve jeito. Larguei meu trabalho para me dedicar ao esporte. Estava com a vida feita e deixei o emprego, no qual ganhava bem, para viver às custas do meu pai novamente”, concluiu a atleta, que tem seis vitórias e apenas uma derrota na carreira.

A campeã da categoria será definida na 20ª temporada do The Ultimate Fighter, que deve ser realizado em março do ano que vem, apenas com mulheres.
TATAME

Sonnen OFICIALIZA CONVITE PARA ANDERSON INTEGRAR SUA EQUIPE NO TUF BRASIL



Redação, Rio de Janeiro
Tatame

Chael Sonnen oficializou o convite a Anderson Silva para que o brasileiro integre sua equipe na terceira edição do TUF Brasil. O norte-americano, que já havia manifestado a vontade de contar com Spider, entrou em contato com Ed Soares, empresário do ex-campeão do UFC, para reafirmar seu desejo.

“Fiz um convite oficial ao Anderson para que ele seja um dos técnicos da minha equipe no TUF”, disse o falastrão, em entrevista ao site MMA Fighting, acrescentando que o manager ficou encarregado de repassar o convite. “O Ed respondeu que irá falar com o Anderson e vai me retornar”.

A amizade de Anderson Silva e Wanderlei Silva, que será o treinador do outro time do reality show, reduz ainda mais as chances de Spider aceitar a proposta. Na primeira edição do programa no Brasil, Anderson visitou o “Cachorro Louco”, à época, técnico que comandava o esquadrão rival ao de Vitor Belfort.

1 SANTANA CUP DE JIU JITSU

VENHA PARTICIPAR DE UMA COMPETIÇÃO RECHEADA DE ATRATIVOS E CONHEÇA AS BELEZAS DE UMA CIDADE MARAVILHOSA: SANTANA DO SERIDÓ-RN.


http://apdragoes.blogspot.com.br/2013/11/video-promociional-1-santana-cup-de-jiu.html?spref=fb

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

BIA MESQUITA NÃO DESCARTA INDA PARA O MMA



Campeã Mundial de Jiu-Jitsu, Bia Mesquita teve que se afastar por um tempo dos tatames para se submeter a uma cirurgia na coxa. Já recuperada, a faixa-preta da Gracie Humaitá voltou aos treinos, mas só pretende competir em 2014.

“Devo competir só no Pan-americano, em 2014. Quero estar 100% recuperada e bem preparada para vencer”, disse Bia, em entrevista à TATAME.

A atleta também falou sobre a possibilidade de migrar para o MMA, uma ideia que vem seduzindo muitos atletas da modalidade, como os campeões mundiais no pano Roger Gracie – que atuou no Strikeforce e no UFC - e Ronaldo Jacaré – que vive ótima fase entre os médios do Ultimate.

“Tenho muito medo de me machucar. Uso aparelho dentário e morro de medo de quebrar um dente. Sou muito ligada nessa questão estética. Mas se eu disser que não tenho vontade de lutar MMA estarei mentindo. Sempre tive vontade de me testar. Vai depender das propostas que eu receber e de como vou me sentir lutando”.

Outro grande nome da arte suave que revelou recentemente que pretende investir no MMA foi Gabi Garcia. Bia Mesquita, que perdeu para Gabi nas últimas finais do absoluto faixa-preta, brincou com a possibilidade e disse que, com certeza, teria vida mais fácil nos tatames com a ausência da adversária.

“Eu até falo para ela: ‘Se aposenta logo, vai pro MMA(risos)’. Tenho chegado nas finais, e a Gabi é a única que tem conseguido me parar. É claro que, com a Gabi fora do caminho, ficaria muito mais fácil conquistar o absoluto. Mas, mesmo assim, treino muito para superar esse obstáculo”.

RODOLFO VIEIRA FALA DA BANALIZAÇÃO DAS FAIXAS...



O termo “banalização” pode parecer forte demais, mas é o que muitos andam fazendo com as faixas do Jiu-Jitsu. A TATAME #213 trouxe o tema na capa da edição de novembro, abordando as polêmicas acerca da graduação na arte suave.
Sem fugir do assunto, Rodolfo Vieira, um dos maiores nomes do Jiu-Jitsu na atualidade, contou à TATAME o que acha do delicado tema. Para o faixa-preta da GFTeam, a banalização é, além de prejudicial ao esporte, vergonhosa.
“Não é só a faixa preta que é banalizada: a azul, a roxa, a marrom… Todas acabam sendo também. Há uns caras que você olha e pensa: ‘Meu Deus, como conseguiu sair da branca?’. A galera parece que não está muito preocupada com o nível dos alunos e sai distribuindo faixas. É uma vergonha! Não adianta ser bom e ser mal educado. Jiu-Jitsu não é só uma questão técnica: envolve o comportamento também. A técnica é fácil, é só treinar direto e pronto. Existem muitas outras coisas além disso para se tornar um faixa-preta de verdade”, relatou o tricampeão mundial.
Recentemente, Rodolfo, que ficou fora do ADCC devido a uma lesão no joelho, disse à TATAME em primeira mão que subiria de categoria. No Mundial de 2014, os fãs vão ver o desempenho da fera no meio dos super pesados.

POTIGUAR, CLAUDINHA GADELHA PODERÁ LEVAR MAIS UM CINTURÃO NO MMA.


Claudia Gadelha luta pelo cinturão do peso palha do Invicta neste sábado

POR : ALAN OLIVEIRA
Claudia Gadelha poderá levar mais um cinturão para a Nova União neste sábado. A peso palha luta pelo título da categoria contra a campeã Carla Esparza no Invicta 7, em Kansas, EUA, neste dia 7. Em entrevista ao PVT, a invicta lutadora revelou que não espera luta agarrada contra a americana.

“A Carla é uma wrestler que migrou para o MMA, gosta de botar a luta para baixo e trabalhar o ground and pound, mas também não é boba em pé. Eu e Dedé [Pederneiras] conversamos antes de o camp começar, e o treinamento foi feito com muita defesa de queda, com um chão muito bem trabalhado por baixo e por cima, e muito investimento na parte em pé, assim então estaremos prontos para o que ela trouxer. Não consigo imaginar uma luta de 5 rounds agarrada, apesar de sermos duas ‘grapplers’, acredito que acontecerá de tudo nessa luta”, analisou Claudinha, oriunda do jiu-jitsu, mas que tem dado ênfase na trocação, nocauteando em duas das últimas três lutas.

“Venho investindo muito na parte em pé para ninguém me deixar na desvantagem, quero ser uma lutadora completa, assim como meus companheiros de equipe”, disse a atleta de Mossoró, potiguar como o parceiro Renan Barão.

Sobre a responsabilidade de representar bem a Nova União no evento exclusivamente feminino, Claudia diz-se tranquila.

“Representar a Nova União é um orgulho para mim, isso não me pressiona, eleva minha confiança, pois recebo instruções das referências do MMA brasileiro e mundial. Quando termino o camp, sei que estou bem treinada, porque confio no trabalho da minha equipe, depois é só concentrar e lutar com o coração”, finalizou a desafiante, que terá os companheiros Marlon Sandro e Felipe Olivieri no córner.

Em entrevista ao site do Invicta FC, a adversária de Claudinha, Carla Esparza, revelou que espera luta dura.

“Acho que a Claudia vai começar a luta com tudo. Ela tem sete finalizações no 1º round, o que significa que não gosta de perder tempo. Estou à espera de um primeiro round muito difícil. Ambas temos um jogo de chão excelente, por isso espero que possamos fazer uma guerra técnica e estratégica no chão se a luta for para lá. Ela quer terminar a luta, eu vou deixar tudo de mim no cage. Treinei duro para essa luta e sei que ela também”, disse a humilde campeã.
A pesagem do evento acontece nesta sexta, e o show contará com duas outras duas lutas de título, e com a também brasileira Vanessa Porto. Confira o card abaixo.

Invicta FC 7
Ameristar Casino Hotel, Kansas City, EUA
Sábado, 7 de dezembro de 2013

Cinturão do peso mosca: Barb Honchak (c) vs Leslie Smith
Cinturão do peso palha: Carla Esparza (c) vs Claudia Gadelha
Título inaugural do peso galo: Lauren Murphy vs Miriam Nakamoto
Felice Herrig vs Tecia Torres
Joanne Calderwood vs Katja Kankaanpaa
Julia Budd vs Charmaine Tweet
Zoila Frausto Gurgel vs Vanessa Porto
Sarah D'Alelio vs Tonya Evinger
Munah Holland vs Nina Ansaroff

HENDRICKS ATACA GSP... "SE NÃO TEM CONDIÇÃO DE SER CAMPEÃO, PEDE PARA SAIR."


Hendricks

Ainda inconformado com a derrota para Georges Saint-Pierre no UFC 167 e, posteriormente, com o provável afastamento do canadense dos octógonos, Johny Hendricks resolveu “atacar” o rival na última semana. Em entrevista ao canal AXS, o norte-americano disse que todo mundo passa por dificuldades na vida, fato que não justifica a decisão do atual campeão dos meio-médios.
- Cara, eu tenho três filhos. Você sabe o que é isso? Alguém acha que eu durmo bem tendo três filhos pequenos? Todo mundo tem problemas na vida. É assim que as coisas são. Se você não consegue ser campeão, desista. Nós escolhemos estar no octógono, escolhemos não dormir.
Após relatar que subir nos octógonos tenha sido uma escolha deles, pois nunca foram forçados a seguir essa profissão, Hendricks ainda aproveitou para pedir uma revanche à Georges Saint-Pierre.
- Perdi as contas de quantas vezes fui dormir às 5h ou 6h da manhã, e acordei às 10h para correr 10km porque queria dar uma surra em Georges St-Pierre. E daí? Eu escolhi essa vida. Faça o que é preciso. Volte para aquele octógono comigo. Mal posso esperar pela revanche.
- See more at: http://torcedores.com/mma/hendricks-alfineta-gsp-se-nao-consegue-ser-o-campeao-desista#sthash.xYYJFf6F.dpuf

sonnen SE ASSUSTA COM PEGADINHA E PAGA GRITINHO, ASSISTA


sonnen

Por essa, o falastrão Chael Sonnen não esperava. Acostumado a deixar os outros sem-graça (em muitas vezes) nervosos com suas provocações, o lutador americano caiu em uma pegadinha do programa Fox Football Daily.
Sonnen foi conferir uma caixa de pizza, mas não esperava que um monstro estivesse dentro dela. O gritinho dele é impagável… O lutador ainda tentou disfarçar, afirmando que sabia que havia alguém dentro da caixa. Imagina se não soubesse! Assista:
- See more at: http://torcedores.com/mma/chael-sonnen-pegadinha-gritinho-susto#sthash.e8tPc6Al.dpuf


LUTADOR QUE ENFRENTARIA BRASILEIRO SOFRE PARADA CARDÍACA


Shane Del Rosario vs Lolohea Mahe

O lutador Shane Del Rosario (11 vitórias e 2 derrotas), que enfrentaria o brasileiro Guto Inocente no UFC 168 (dia 28 de dezembro), teve um ataque cardíaco e está internado na UTI. O lutador de 30 anos chegou ao hospital nos EUA com parada cardíaca, mas foi ressuscitado na sala de emergência.|
Veja a declaração do empresário do atleta:
“Declaração oficial: Shane Del Rosario sofreu um colapso cardiovascular catastrófico na manhã desta terça-feira em sua casa. Ele foi levado ao hospital com parada cardíaca. Ele foi ressucitado na sala de emergência e retornou ao ritmo cardíaco e pressão sanguínea normais. Ele está agora na unidade coronariana para pacientes críticos. Nossas orações estão com ele e sua família”.
- See more at: http://torcedores.com/mma/lutador-que-lutaria-ufc-168-sofre-parada-cardiaca#sthash.Pkp8Zz4w.dpuf

RIXA ENTRE WANDERLEI E sonnen NÃO TEM FIM.


A rixa entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen é de longa data. Após a derrota do norte-americano para Rashad Evans no UFC 167, disputado no último sábado (16),  o brasileiro resolveu provocá-lo. Por meio do perfil oficial do Instagram, o “Cachorro Louco” postou uma foto do desafeto em momento de apuros durante o combate.

sonnen_wand
Não satisfeito apenas com a imagem, Wand ainda desenvolveu uma paródia de poema muito escutado no Brasil. De forma direta, ele procurou dizer na legenda da imagem que Sonnen fala muito, mas faz pouco durante as lutas.
- Batatinha quando nasce, “esparrama” pelo chão. Quando está falando, ruge mais que um leão. Mas quando a porta do octógono fecha, vemos que não passa de um tremendo de um…
Essa não é a primeira vez que o brasileiro arma pra cima do técnico rival do próximo TUF Brasil. Em outra oportunidade, Wanderlei Silva chegou a dizer que quebraria o nariz do norte-americano em luta agendada para o dia 17 de agosto. E não para por aí. Os arquirrivais já quase brigaram em evento de fisiculturismo nos Estados Unidos. Fora isso, Sonnen tem o costume de provocar o curitibano
- See more at: http://torcedores.com/mma/wanderlei-silva-provoca-sonnen-apos-derrota-no-ufc-167#sthash.nB8Yp8NT.dpuf

COREANO DIZ NÃO AO UFC

Nam Yui Chul. Esse é o nome daquele que provavelmente é o único lutador nos últimos anos a ter coragem de recusar o UFC. Claro que Fedor sempre foi um sonho de Dana White, mas não há provas que ele realmente tenha se negado a lutar na organização.
nam_yui_chul_rob_hill_ko_460Não é o caso de Chul. Segundo comunicado liberado pelo Road FC, evento de MMA do qual ele é campeão dos pesos leves, o sul-coreano foi procurado por Dana White, mas preferiu continuar distribuindo seus golpes no desconhecido evento.
“Não fiquei animado tanto quanto eu esperava. Achei que esta não é a hora de ir para o UFC. Tenho muitas vantagens no Road FC. Sou reconhecido como um campeão e tenho uma condição estável. Certamente não desisti do UFC, mas simplesmente ampliei meus horizontes não levando em conta os ganhos a curto prazo”
Aos 32 anos, Chul tem 17 vitórias, 4 derrotas e 1 empate na carreira. E entrou para a história como o lutador que disse não ao UFC.

- See more at: http://torcedores.com/mma/historico-lutador-coreano-recusa-contrato-com-o-ufc-nao-fiquei-animado#sthash.CwRxTrpO.dpuf

MEDALHISTA OLÍMPICO CHAMA POPÓ PARA PORRADA, ENTENDA


Yamaguchi_Falco_-_medalha_em_Londres_-_Reproduo

Medalha de bronze na Olimpíada de Londres em 2012, Yamaguchi Falcão chamou Acelino Popó Freitas para a porrada. Em entrevista ao site da Fox Sports, Falcão ficou revoltado ao saber que Popó havia lhe chamado de burro e rebateu dizendo que “gostaria de dar um pau nele”.
A briga entre os dois boxeadores acontece porque Falcão negou assinar contrato com a empresa de Popó. O baiano queria agenciar a carreira do jovem atleta, mas o medalhista olímpico preferiu fechar com a Golden Boy, responsável, entre outras, pelas lutas de Floyd Mayweather. Indignado, Popó perdeu a compostura e resolveu xingar.
“Tem gente que nasce para ser burro e pode ser que morra burro. Ele faria a estreia em novembro e já adiaram. Começou mal.”
Ao saber das palavras de Popó, Yamaguchi falou que a proposta do baiano era muito pior do que a da empresa americana e chamou o ex-campeão para a porrada.
“Se eu pudesse, gostaria de dar um pau nele.”
“Se tentasse subir comigo no ringue, Yamaguchi sairia com a vitória”
Não sei não, mas gostaria muito de ver uma luta entre os dois. E, apesar dos 38 anos, acho que Popó teria sim condições de fazer bonito contra o jovem de 25. Quem você acha que ganharia?
Related Posts with Thumbnails