terça-feira, 31 de janeiro de 2012

MURILO BUSTAMENTE DE VOLTA DIA 31 DE MARÇO.


Foto: Maurício Bazílio
Depois de anunciar o combate entre Ronnys Torres e o francês Ferrid Kheder, a organização do Amazon Forest Combat acaba de confirmar mais dois combates para a segunda edição que acontece no dia 31 de março, na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus, AM.
“Vamos reeditar dois grandes combates”, revela Fabrício Cavalcante, CEO do AFC.
Na luta principal da noite, Murilo Bustamante (14-8-1) enfrenta o americano Dave Menne (45-16-2), repetindo o confronto pelo UFC 35, no ano de 2002, válido pelo cinturão dos médios e vencido pelo brasileiro por nocaute. Murilo não luta desde 2010 quando acabou derrotado após sentir-se mal durante combate pelo evento Impact FC, na Austrália. Já Menne, vem de duas vitórias sendo a última no ano de 2011.
Ex-atleta do UFC, Thales Leites (19-4) tem a chance da revanche contra o americano Matt Horwich (26-20-1). No primeiro confronto, Horwich acabou finalizando o combate com um mata-leão durante o evento PWP – War on the mainland - em agosto de 2010. Ao contrário de Murilo, Thales Leites acumula duas vitórias seguidas enquanto seu adversário perdeu seus três últimos compromissos.
O MMA Mano a Mano

DIA 4 DE FEVEREIRO TEM NATALENSE NO UFC

Carlos Condit foi campeão meio médio do WEC e poderá se sagrar campeão interino do UFC (Foto: UFC)

Carlos Condit retornará ao octógono no dia 4 de fevereiro para fazer o principal combate do UFC 143, em que enfrentará Nick Diaz em confronto que valerá o cinturão interino da categoria meio médio do Ultimate Fighting Championship.
Carlos foi um dos atletas que migraram do WEC para o UFC e estreou com derrota no maior palco do MMA, mas em vez de se deixar abater, emendou sequência de quatro vitórias sobre os talentosos Jake Ellenberger e Rory McDonald – promessas da categoria – e ainda sobre Dan Hardy e Dong Hyung Kim.
Para o confronto do próximo sábado, Condit reconhece em Diaz um adversário difícil, com técnica tanto na luta de solo como em pé, mas acredita que possui mais armas em seu arsenal para bater o faixa preta de Cesar Gracie.
“Nick Diaz é muito bom com as mãos. Ele faz o que faz muito, muito bem. E ele não somente luta bem com as mãos como imprime um implacável ritmo com cardio sem fim. No geral, estou impressionado com o quanto ele é duro. Ele possui ótimas qualidades: bom boxe, bom jiu-jitsu e tem espírito guerreiro”, reconheceu.
“Sinto que sou um lutador mais técnico que o Nick Diaz. Tenho mais armas no meu arsenal e trarei diferentes aspectos para a mesa. Possui boa movimentação, uso ângulos diversos. O Diaz, na maior parte, vem direto pra cima. Tenho treinado para essa luta desde julho e estou trabalhando pesado. Estou empolgado para mostrar aos fãs e a todos os lutadores da categoria o novo Carlos Condit. Derrotarei Nick Diaz e serei o campeão meio médio do UFC”, afirmou.
Confira o card completo do evento que marca o retorno de Fabrício Werdum ao UFC e que terá ainda as participações de Renan Barão e Rafael Natal:
Luta principal
Carlos Condit vs. Nick Diaz
Card principal
Roy Nelson vs. Fabricio Werdum
Josh Koscheck vs. Mike Pierce
Renan Barao vs. Scott Jorgensen
Ed Herman vs. Clifford Starks
Card preliminar (Transmitido pelo canal Fuel)
Max Holloway vs. Dustin Poirier
Matt Riddle vs. Henry Martinez
Alex Caceres vs. Edwin Figueroa
Matt Brown vs. Chris Cope
Card preliminar (Transmitido pelo Facebook)
Rafael Natal vs. Michael Kuiper
Dan Stittgen vs. Stephen Thompson
Siga blog Mano a Mano

CONFIRA AS EQUIPES DE WAND E BELFORT

Foto: Belfort e Wanderlei (Divulgação/UFC)
Vitor Belfort e Wanderlei Silva divulgaram a lista de treinadores que formarão as respectivas equipes do reality show The Ultimate Fighter, que será realizado pela primeira vez fora dos Estados Unidos. As gravações do programa começarão em março e a Rede Globo transmitirá os episódios aos domingos.



Confira a seguir os treinadores dos respectivos times:
Team Silva
Rafael Cordeiro (Muay Thai e MMA)
Fabrício Werdum (Jiu-jitsu)
Renato Babalu (Wrestling e MMA)
André Dida (Boxe)
Team Belfort
Rodrigo Artilheiro (Wrestling)
Francisco Filho (Karatê)
Luiz Carlos Dórea (Boxe)
Gilbert Durinho (Jiu-jitsu)
*Com informações da TATAME
Pergunta aos leitores do blog: Qual a melhor equipe?
Blog Mano a Mano

DEBATE: sonnen E EVANS SERÃO CAPAZES DE DESTRONAR ANDERSON SILVA E JONES?

Foto: Sonnen e Evans (Montagem/UFC)
O UFC on Fox 2 não atendeu as expectativas dos fãs que estavam ansiosos pelos combates que definiriam os próximos desafiantes aos cinturões das categorias meio-pesado e médio do Ultimate Fighting Championship.
No primeiro duelo da noite, Demian Maia não conseguiu impor o jogo de chão que o distingue entre os demais lutadores até 84kg e teve que praticamente fazer uma luta em pé contra Chris Weidman.
Demian provou que está evoluindo na trocação mas também deixou claro que não possui pegada suficiente para abalar o adversário. Pior, não conseguiu aplicar nenhuma queda, e quando foi derrubado, foi o oponente quem levou a melhor no chão.
O brasileiro tem que trabalhar o wrestling para poder levar a luta para o seu território. No solo, Demian é indiscutivelmente um dos melhores na atualidade mas se insistir em lutar como um strike estará fadado ao insucesso no UFC.
O aspecto físico também deve ser estudado pela equipe do faixa preta já que ele visivelmente se cansou no último round, quando poderia ter definido a luta já que Weidman também estava morto mas mesmo assim resistiu e venceu por decisão.
O mais aguardado confronto do evento foi o encontro entre Chael Sonnen e Michael Bisping, que fizeram a co-luta principal do card. Sonnen era apontado como amplo favorito contra o inglês mas não foi bem isso o que aconteceu durante a luta.
O americano partiu para cima de Michael, encurtou a distância e trabalhou o clinche pressionando o rival contra as grades. Não demorou muito e Chael conseguiu derrubar o atleta da Wolfslair e mostrou superioridade técnica controlando o antagonista no solo.
Se no primeiro round Chael foi o senhor da contenda, Bisping cresceu no segundo mantendo-se em pé e tentando ser mais ofensivo no clinche. Ainda que tenha controlado a disputa, “The Count” não aplicou golpes contundentes nem foi amplamente melhor.
O round final começou como o primeiro com Chael Sonnen dominando Michael Bisping durante a maior parte dos cinco minutos finais. O inglês reagiu somente quando a luta estava por acabar, quando conectou boas cotoveladas mas não havia tempo para mais nada.
A vitória de Chael Sonnen por decisão unânime garantiu ao americano a revanche contra o campeão peso médio Anderson Silva, nessa que é a luta mais aguardada das artes marciais mistas na atualidade.
A luta entre Rashad Evans e Phil Davis, assim como as demais lutas do card principal, não empolgou. “Suga” entrou no octógono com a missão de conquistar a disputa do cinturão até 93kg e conseguiu alcançar o objetivo.
Em combate de cinco rounds, “Suga” foi melhor no wrestling e no chão, onde dominou Davis, mas faltou a Rashad a atitude de quem já foi campeão, faltou o instinto finalizador, de querer acabar com a luta a qualquer preço.
Evans venceu com ampla margem de pontos mas criou uma incógnita com a apresentação do sábado passado: Ele é bom o suficiente para destronar Johnny Bones? Essa resposta será dada no UFC 145 quando os ex-companheiros de equipe se enfrentarão.
BLOGMANOAMANO

sábado, 28 de janeiro de 2012

ANDERSON SILVA vs SONNEN


Chael Sonnen provocou, apareceu na mídia com uma réplica do cinturão, mas apesar de certo sufoco, terá a chance de ter a aguardada revanche contra Anderson Silva. O polêmico norte-americano encarou o inglês Michael Bisping no UFC on Fox 2, evento realizado neste sábado (28), em Chicago, nos Estados Unidos, e levou a fatura na decisão unânime dos juízes. Na luta mais importante da noite, Rashad Evans dominou a luta contra Phil Davis e também garantiu o triunfo na decisão unânime dos juízes. Com o resultado, Evans será o próximo desafiante ao cinturão de Jon Jones na categoria de pesos meio-pesados.
O programa de lutas do show contou ainda com dois brasileiros em ação. No card preliminar, Charles do Bronx’s estreou na divisão pesos penas em grande estilo. O lutador paulista não tomou conhecimento de Eric Wisely e encerrou a disputa com uma belíssima chave de panturrilha. Já Demian não conseguiu se encontrar contra o invicto Chris Weidman e foi derrotado na decisão dos juízes.
Sonnen bate Bisping e terá revanche contra AndersonFoi mais sofrido que o esperado, mas o polêmico Chael Sonnen terá a esperada revanche contra o brasileiro Anderson Silva. No UFC on Fox 2, o norte-americano encontrou dificuldades contra o inglês Michael Bisping, que conseguiu defender algumas tentativas de queda e complicar o combate na trocação. Depois de levar leve vantagem no primeiro assalto, Chael manteve a luta em pé no segundo round e foi acertado por bons socos do atleta britânico. Recuperado no terceiro e decisivo assalto, Sonnen partiu para a queda e derrubou Bisping. Mostrando o alto nível no wrestling, o norte-americano conseguiu estabilizar a posição e chegar a montada. Apesar de um último suspiro do inglês, Sonnen ficou com a vitória na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 29×28)
Demian perde para Weidman em luta fracaNa primeira luta do card principal, o brasileiro Demian Maia não conseguiu repetir o sucesso de seu compatriota Charles do Bronx’s. Diante de Chris Weidman, que foi convocado as pressas para o combate, o faixa-preta tupiniquim manteve o duelo na trocação diante do norte-americano, que acertava mais golpes. A história se repetiu no segundo round, com Weidman arriscando algumas quedas, apesar de não manter Maia no solo. No último round, os atletas já demonstravam bastante cansaço e o ritmo da luta caiu. Mesmo assim, Demian tentou levar a disputa para o solo, sem nenhum sucesso. Ao final de 15 minutos, Chris Weidman levou a fatura na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)
Charles na estreia nos pesos penas com vitóriaPrimeiro brasileiro a subir no octógono, Charles do Bronx’s chegou na categoria de pesos penas em grande estilo. Diante de Eric Wisely, o brasileiro começou a disputa melhor na trocação, acertando boas combinações de golpes de boxe com chutes baixos. Depois de defender um chute do norte-americano, Charles segurou as pernas do adversário e levou a disputa para solo. De lá, acertou alguns socos por cima e partiu para o ataque na chave de joelho. Wisely até defendeu bem, mas acabou surpreendido com uma espetacular chave de panturrilha e foi forçado a desistir da peleja
Card principal:
Rashad Evans derrotou Phil Davis na decisão unânime dos juízes;
Chael Sonnen derrotou Michael Bisping na decisão unânime dos juízes
Chris Weidman derrotou Demian Maia na decisão dividida dos juízes;
Card preliminar
Evan Dunham derrotou Nik Lentz por nocaute técnico no R2.
Mike Russow derrotou John-Olav Einemo na decisão unânime dos juízes;
Charles do Bronx’s finalizou Eric Wisely com uma chave de panturrilha no R1;
Cub Swanson derrotou George Roop por nocaute no R2;
Michael Johnson derrotou Shane Roller na decisão unânime dos juízes;
Lavar Johnson derrotou Joey Beltran por nocaute no R1;
Chris Camozzi finalizou Dustin Jacoby com uma guilhotina no R3;

PACAEMBU SERÁ PALCO DE UMA EDIÇÃO DO UFC

O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido por Estádio do Pacaembu, será o palco do UFC em São Paulo no dia 16 de junho. Quem garante é o secretário municipal de Esportes, Bebeto Haddad, em entrevista ao site iG.

“Uma coisa é certa: a cidade de São Paulo quer o UFC. A estimativa é que ele possa ser acompanhado por até 1,2 bilhão de pessoas no mundo com as transmissões da Globo, Globo Internacional e FOX. Será o maior evento de MMA da história por isso. É uma grande chance de mostrar a cidade para o mundo”, afirmou o secretário.

Uma das lutas já confirmadas para o card é o duelo entre os treinadores do TUF Brasil, Wanderlei Silva e Vitor Belfort, em revanche do duelo que aconteceu em 1998 na única edição do UFC em São Paulo. Anderson Silva também deve lutar no evento, contra o vencedor de Chael Sonnen x Michael Bisping.

O estádio terá espaço para aproximadamente 40 mil pessoas, não garantindo ao UFC o novo recorde de público (o recorde é de 55 mil fãs, no Canadá). Outra preocupação da prefeitura é com relação ao horário, uma vez que o UFC Rio, de janeiro deste ano, terminou às três da manhã.

“Pode passar um pouco da 1h, mas não chegará às 2h. No Rio de Janeiro, ele passou das 3h. Mas não podemos deixar extrapolar por causa do som e estamos negociando o limite do horário com eles. Explicamos a nossa parte e ouvimos a deles. Vamos chegar a um consenso”, disse.



Fonte: Tatame         

LYOTO RESPONDE A ANDERSON SILVA

Lyoto Machida responde a Anderson Silva: "Acredito no meu trabalho"
Carateca brasileiro disse ter condições de bater o campeão Jon Jones no UFC

Nos últimos dias, Anderson Silva virou notícia pela polêmica declaração de que não via nenhum atleta brasileiro com condições de vencer o campeão meio-pesado (93 kg) do UFC Jon Jones.

Último adversário do americano no octógono, no UFC 140, em dezembro, o carateca Machida afirmou em entrevista ao site da revista Tatame que, apesar de respeitar a opinião do amigo, não concorda com a afirmação, e que ele próprio tem capacidades de bater o jovem campeão.

- Não concordo. É a visão é do Anderson, temos que respeitar. Mas acho que temos atletas que podem vencer [Jon Jones]. Eu bem treinado posso fazer frente. Acredito no meu trabalho, mas é lógico que o meu próximo passo não é o Jones.

Ainda em recuperação de uma cirurgia logo após sua última apresentação no evento, Machida já pensa no retorno, que não deve demorar muito de acordo com suas expectativas.

- Já estou treinando. Faço um trabalho forte de fisioterapia. Acredito que em 20 dias estarei 100% para iniciar um treinamento para luta.

Apontado como um dos favoritos pelo público para competir no evento de junho, em São Paulo, o paraense manifestou seu desejo de estar no card, mas pediu por mais confrontos, arriscando possíveis oponentes.

- Estou esperando lutar em abril ou maio. Vou sugerir o Dan Henderson. Sei que ele está na boca do cinturão, mas é uma lenda dentro do esporte e gostaria de testar minha técnica contra a dele.

FONTE: http://esportes.r7.c...html?question=0

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

HENDERSON DESMENTE BELFORT "ELE DEVE ESTÁ FICANDO LOUCO"

Foto: Henderson (Divulgação/UFC)
Vitor Belfort enfrentou o Anthony Johnson no UFC 142 e ficou satisfeito com sua performance contra o americano que pesou cinco quilos acima do limite da categoria peso médio um dia antes da luta.
O “Fenômeno” discorda das pessoas que assistiram a luta e que disseram que ele havia começado o combate levando a pior. Na opinião do carioca, a única coisa que o americano fez foi derrubá-lo duas vezes, deixando claro que iria evitar a luta em pé.
Em entrevista à TATAME, Vitor disse que Johnson era um cara temido no Ultimate Fighting Championship e declarou que Dan Henderson – um dos maiores cascas grossas da organização, havia se recusado a enfrentá-lo.
A declaração de Belfort chegou aos ouvidos de Henderson que desmentiu o brasileiro através do treinador Ricardo Feliciano. “Isso é mentira, essa luta nunca foi oferecida a mim. Os esteróides devem estar acabando com os neurônios do Vitor, ele deve estar ficando louco para dizer uma coisa dessas”, respondeu à revista especializada em lutas.
Dan e Vitor se enfrentaram em 2006 no extinto evento PrideFC e o veterano levou a melhor sobre Belfort por decisão dos juízes. Após aquele confronto, o brasileiro acabou sendo flagrado no exame antidoping e agora Henderson e isso explica o porquê do veterano ter citado o uso de esteróides.
Siga o blog Mano a Mano

FOX VETA PATROCINIO LIGADO A ARMAS NO UFC

O UFC anunciou em 2011 uma grande parceria com a Fox, e o canal de televisão norte-americano já começa a mostrar seu poder junto a maior organização de MMA do mundo. Nesta quinta-feira, a emissora vetor o patrocínio da “The Gun Store”, famosa loja de armas nos Estados Unidos, em todos os eventos e atletas da organização.
“Como fazemos eventos internacionais, muitos dos outros países não permitem esses anúncios na TV. Existem muitos problemas com esse tipo de patrocínio. Foi divertido enquanto durou”, afirmou Dana White.
A The Gun Store já, inclusive, patrocinou atletas de ponta do UFC, como o brasileiro Wanderlei Silva e o norte-americano Randy Couture.
PVT

sonneNGADOR CRITICA OS RELIGIOSOS DO UFC

“Você sabe, esses caras ficam falando sobre Deus. ‘Oh, eu quero agradecer a Deus por essa vitória. Quero agradecer a Deus’. Ouça, eu sou um homem temente a Deus, vou à igreja todos os domingos, desde que eu era um menino. Mas se por acaso eu levar alguns socos na minha luta de sábado à noite e descobrir que Deus tem algo a ver com isso, eu ficarei profundamente decepcionado que isso me faria repensar todo o meu sistema de crença”, afirmou Chael Sonnen ao site MMAFighting.

http://oneround.com....igiosos-no-ufc/
PVT

ANDERSON SILVA "LOUCO" PARA PEGAR O sonneNEGADOR


Foto: AP
Chael Sonnen tem como costume provocar o campeão do peso médio do UFC, Anderson Silva, em toda ocasião possível. Em busca de uma revanche, o americano enfrentará o britânico Michael Bisping no UFC on Fox 2, no próximo sábado, e em caso de vitória conseguirá sua nova chance ao título. Mas segundo o ex-atacante Ronaldo, Sonnen terá problemas pela frente.
“Ele falou muita besteira. O Anderson falou que está louco para pegar ele. Não vai finalizar a luta não, vai fazer o rapaz sofrer”, disse o ex-jogador ao Sportv. Ronaldo tem em Anderson Silva um dos clientes de sua empresa de marketing, e vem fazendo aparições em eventos do UFC.
Siga o blog Mano a Mano

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

PINK FIGHT SÓ LUTAS FEMININAS - E TEM NATALENSE NO CARD.


Foto: Bete Tavares (Divulgação/RFT)
Um dos principais pontos turísticos de Porto Seguro, a Passarela do Descobrimento será palco de uma inovação na história do MMA brasileiro. No próximo domingo (29/01), às 18h (de Brasília), estreia o Pink Fight, primeiro evento de MMA exclusivamente feminino feito no Brasil. Presidente do Pink, Wallid Ismail vai manter a já consagrada política do Jungle Fight de distribuição de ingressos, como forma de popularizar o MMA.
A luta principal será um duelo Rio de Janeiro x São Paulo, na categoria até 57kg. Atleta do renomado Márcio Cromado e especialista em luta-livre, Bete Tavares medirá forças com a potente striker Kalindra Faria, que representa a Gibi Thai. Juliana Aguiar e Weyde Ventura fazem a co-luta principal em combate de feras da trocação.
“Pouca gente no Brasil sabe que estive na negociação para colocar luta feminina na grade do Showtime (canal de TV americano que transmitia o Pro Elite e hoje transmite o Strikeforce). Falei diretamente com o Ken Hershman, antigo gerente geral da empresa. Agora vamos trazer um evento exclusivamente feminino para o Brasil e fico muito feliz em comandar isso também. O Pink Fight certamente vai revelar novos talentos e estimular as mulheres a treinarem forte e se profissionalizarem na luta”, celebrou Wallid.
Incentivador do MMA no Brasil, o senador Magno Malta só vê benefícios para o esporte com a criação do Pink Fight. “Um país com tanta vocação para campeões e campeãs merecia ter um evento exclusivamente feminino.  Não nos faltam exemplos a serem seguidos: a Cris Cyborg é a melhor lutadora do mundo, temos uma presidente mulher e muitos esportes que trazem medalhas e agora é a vez da luta ganhar seu espaço entre as brasileiras. Também vamos continuar o trabalho de combate às drogas e de nocautear a pedofilia”, frisou.
Pink Fight 1
Domingo, 29 de janeiro de 2012, às 18h (horário de Brasília)
Passarela do Descobrimento - Porto Seguro (BA)
57kg: Bete Tavares (RFT/RJ) x Kalindra Faria (Gibi Thai/SP)
60kg: Juliana Aguiar (Junior Aguiar Team/SC) x Weyde Ventura (PRVT/PR)
58kg: Alline Serio (Diogo Tavares/RJ) x Mylla Souza (Power Lotus/SP)
58kg: Alessandra Silva (Combate Absoluto/PR) x Hérica Tiburcio (Inside/Gato Team-SP)
57kg: Rosana “Chun-Li” (Pitbull Brothers/RN) x Cristiane Schmitz (PRVT/RS)
55kg: Deize “Gorila” (Garra MMA/PA) x Kaká Naja (Nova União/SE)
Siga o blog Mano a Mano

WAND SOBRE LUTA CONTRA VITOR DIZ QUE VITOR NÃO TEM VANTAGEM

Imagem Postada
Enquanto Vitor Belfort suava para finalizar Anthony Johnson, no último dia 14, Wanderlei Silva assistia tudo de perto na primeira fila de cadeiras do UFC Rio 2. Os atletas brasileiros, que marcaram seus nomes na história do MMA, serão os técnicos da primeira edição do TUF Brasil, e após o reality show irão se enfrentar em uma revanche agendada para o dia 16 de junho, em São Paulo.
Em conversa com o SUPER LUTAS, Wand, que lutou pela última vez no UFC 139, em novembro, afirmou não vê vantagem de Belfort devido a sua inatividade e promete um grande duelo contra o compatriota.
“Eu não vejo vantagem do Vitor, ele não tem vantagem nenhuma. É um longo tempo entre as lutas e será igual para os dois”, afirmou Silva, que comentou o que espera a revanche contra Belfort. ”Vai ser lindo, um sonho lutar num estádio de futebol. Espero que seja uma das maiores lutas de todos os tempos”, completou.
Já sobre o The Ultimate Fighter, que pela primeira vez será realizado fora dos Estados Unidos, Wand disse que o reality show em terras brasileiras será um dos melhores de todos os tempos.
“O UFC me disse que o nível é realmente muito grande, muito alto, e estão esperando uma das melhores temporadas do The Ultimate Fighter”, afirmou.
O combate entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva é uma das revanches mais esperadas pelo público brasileiro. No primeiro confronto, realizado em 1998, em São Paulo, a vitória ficou com Belfort, por nocaute, em apenas 44 segundos.

http://www.superluta...enhuma-vantagem

CHEFÃO DO UFC GARANTE QUE SE sonnenGADOR VENCER BISPING ENCARA O ANDERSON SILVA



Chael Sonnen afirmou ter certeza que, mesmo se vencer Michael Bisping, no próximo sábado, seu arquirrival e campeão dos pesos-médios, Anderson Silva, encontrará uma forma de não enfrentá-lo de novo. No entanto, o presidente e chefão do UFC, Dana White, garantiu, com veemência, que se Sonnen derrotar o inglês em Chicago, seu próximo adversário será mesmo o ''Spider''.

- Eu garanto 100% que, se Chael Sonnen vencer Bisping, Anderson Silva será seu próximo oponente. Não existem dúvidas. Está certo - confirmou White, em entrevista ao canal Fuel TV.

Questionado sobre a possibilidade de levar a defesa de título do brasileiro para a Inglaterra, caso o britânico Mike Bisping vença Sonnen e conquiste o direito de enfrentar Anderson, Dana White deixou claro que seu objetivo é colocar o ''Spider'' para lutar novamente no Brasil e exaltou o crescimento meteórico do MMA no país.

- Com sinceridade, eu deixaria o evento no Brasil. Você tem milhares de opções de estádios de futebol enormes e ainda transmite para 50 milhões de pessoas na televisão. É uma loucura no Brasil. É a nova meca do MMA - completou White.

Sonnen já teve uma chance de título contra o brasileiro, no UFC 117, em agosto de 2010, mas foi derrotado no fim por finalização quando dominava amplamente o combate. Desde então, ele tem provocado constantemente o "Spider" para conseguir a tão esperada revanche.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

EX LUTADOR DE MMA SALVA MULHER EM SHOPPING


Foto: Divulgação/PrideFC
O ex-lutador do UFC e do Pride Guy Mezger voltou a ser notícia após ter desarmado um homem armado com faca no estacionamento de um shopping center. Mezger viu um homem agredindo uma mulher severamente e imediatamente resolveu intervir na situação.
Ao vê-lo, o homem sacou uma faca e o atacou. Mezger sofreu cortes profundos na mão mas conseguiu desarmar e neutralizar o meliante. O incidente foi revelado pelo radialista Bob Carson, que descreveu o fato no fórum americano The Underground:
“Primeiramente o Guy está okay, embora tenha sofrido sérios cortes na mão causados pela faca. Não quero preocupar ninguém com o título do tópico”, explicou. “Entretanto, o cara que tentou usar a faca nele está muito pior com múltiplas fraturas faciais e nos ossos do braço por ter tido o traseiro literalmente chutado no estacionamento do shopping onde Guy o encontrou atacando a mulher”.
“Guy interveio em uma agressão pública e tomou a faca do sujeito. O cara apanhou do Rei do Pancrase [Organização pela qual Mezger lutou] a ponto de quase morrer, e quando os policiais apareceram, acabou que o cara estava em liberdade condicional após ter sido preso por sérios crimes”.
Guy Mezger estreou no MMA no UFC 4, em 1994, muito antes da Zuffa ter adquirido a franquia e quando a competição ainda não possuía regras. O lutador em seguida foi competir no Pancrase e no PrideFC e se aposentou em 2006 com trinta vitórias no cartel, das quais se destacam os confrontos contra Tito Ortiz e Semmy Schilt.
Siga o blog Mano a Mano

RESULTADO DA LUTA DE ERICK SILVA SERÁ MANTIDO

Erick Silva após a desclassificação no UFC 142 (Foto: Divulgação/UFC)


Momento em que o árbitro Mario Yamasaki interrompeu o combate (Foto: UFC)

O agente Wallid Ismail informou ao MMAJunkie.com que o resultado da luta entre Erick Silva e Carlo Prater, ocorrida no UFC 142, será analisado pelo Vice-Presidente de Relações e Controle Marc Ratner.
Os atletas se enfrentaram no HSBC Arena, no Rio de Janeiro, e Erick começou o combate de forma agressiva, conectando um soco de direita seguido de uma joelhada que levou Carlo ao chão, praticamente vencido.
O atleta da X-Gym deu sequência ao fulminante ataque com socos na cabeça de Prater até a peleja ter sido interrompida aos 0:29 de luta. O aluno de Josuel Distak vibrou junto com a torcida, que ensandecida pela atuação, gritava seu nome da arquibancada do ginásio.
Todos os presentes se surpreenderam quando Mario Yamasaki comunicou que iria desqualificar Silva por ter aplicado golpes irregulares atrás da cabeça do adversário. “Erick não perdeu a luta. De maneira alguma ele perdeu a luta”, insistiu Wallid.
Dana White, presidente do Ultimate Fighting Championship, disse durante a coletiva pós-evento que apelaria sobre o resultado da luta se o fato tivesse ocorrido com ele e que o sparring de Anderson Silva receberia a bolsa integral como se tivesse derrotado Prater.
Nos países em que não existem Comissões Atléticas, o próprio UFC age como regulador de seus eventos. Ratner confirmou que ainda não assistiu o tape da luta mas que irá fazer isso durante esta semana.
O replay instantâneo não estava disponível no UFC Rio mas a organização planeja implementá-lo nos eventos fora dos Estados Unidos, além de expandir o uso nos eventos realizados naquele país. “Esperamos que mais estados adotem o replay para ajudar o esporte”, disse Ratner.

Siga o blog Mano a Mano

TOQUINHO EM EXEMPLO DE SOLIDARIEDADE VISITA CRIANÇAS COM CANÇER

Foto: Divulgação
O lutador peso médio do Ultimate Fighting Championship Rousimar Palhares visitou o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer [GRAACC] em companhia do treinador Murilo Bustamante.
O GRAACC é uma instituição sem fins lucrativos que foi criada em 1991 com a finalidade de garantir às crianças e adolescentes com câncer o direito de alcançar a cura com qualidade de vida dentro do mais avançado padrão científico, com diagnóstico, tratamento e desenvolvimento do ensino e pesquisa.
O hospital da instituição realiza dois mil e quinhentos atendimentos por mês, entre sessões de quimioterapia, consultas, procedimentos ambulatoriais, cirurgias, transplantes de medula óssea e outros.
“Foi muito especial. Todo carinho é pouco para quem está ali dentro. Poder levar um sorriso e quem sabe uma motivação a mais para a criançada que já está cheia de vontade de viver, é o mínimo que posso fazer. Espero que o GRAAC continue com esse trabalho maravilhoso dando o suporte, combatendo e vencendo o câncer infantil.”, comentou Palhares, emocionado.
Confira mais fotos da visita:




“Toquinho” fez sua apresentação mais recente no UFC 142, evento que marcou a segunda edição da organização americana no Rio de Janeiro, e precisou de apenas um minuto e três segundos para finalizar Mike Massenzio, no HSBC Arena. O atleta recebeu proposta para enfrentar Demian Maia no UFC on Fox 2, mas recusou-se a enfrentar o compatriota.
Siga o blog Mano a Mano no

A MELHOR ARMA DE sonnen É A BOCA

Michael Bisping já foi treinador do The Ultimate Fighter em duas ocasiões e busca a vitória sobre Chael Sonnen para disputar o cinturão da categoria peso médio. (Foto: Divulgação/UFC)

Logo após o Ultimate Fighting Championship ter anunciado o confronto entre Michael Bisping e Chael Sonnen, os dois lutadores deram início às tradicionais provocações que os fizeram famosos entre os fãs das artes marciais mistas, seja pela identificação com as declarações polêmicas ou pela antipatia.
Sonnen disse que arrancará fora os dentes do inglês, que por sua vez declarou que o americano já foi chutado do mercado imobiliário, da política e que agora será chutado da categoria peso médio.
Bisping também falou sobre os pontos fortes do rival e frisou que a arma principal de Sonnen, a boca, não o ajudará no combate marcado para o dia 28 de janeiro, no UFC on Fox 2.
“Não há duvida sobre isso. Ele é um oponente duro, tem excelente wrestling e é uma máquina de moer [no ground and pound, técnica em que o lutador bate por cima do adversário no chão]“.
“Mas ele não possui defesa de finalização e a melhor arma do Chael é a boca dele e isso é algo que absolutamente não terá uso nessa luta. Vejo um futuro brilhante para o Chael Sonnen em breve como vendedor de carros usados”, disse ao UFC.com.
Pergunta aos leitores do blog: Qual é o melhor provocador do MMA: Sonnen ou Bisping?
Siga o blog Mano a Mano

NOVO ADVERÁRIO PARA O BRAZUCA DEMIAN MAIA

Chris Weidman tem três vitórias no UFC, sendo duas por finalização e uma por decisão, nas três vezes em que lutou em 2011. (Foto: Divulgação/UFC)

Após a contusão de Mark Munoz, Michael Bisping foi escalado para enfrentar Chael Sonnen no dia 28 de janeiro, no UFC on Fox 2. O Ultimate Fighting Championship agiu rapidamente e anunciou Chris Weidman como novo adversário de Demian Maia, que enfrentaria o inglês.
No twitter, Dana White revelou que havia oferecido a Rousimar Palhares a oportunidade de enfrentar Demian mas o atleta da Brazilian Top Team recusou a proposta do dirigente. Weidman está invicto na carreira com sete vitórias, sendo três no UFC, todas conquistadas no ano passado.
Após as mudanças, o card do UFC on Fox 2 ficou assim:
Principal
Rashad Evans x Phil Davis
Chael Sonnen x Michael Bisping
Demain Maia x Chris Weidman
Preliminar
Evan Dunham x Nik Lentz
Jon Olav Einemo x Mike Russow
Johnny Bedford x Mitch Gagnon
Cub Swanson x George Roop
Charles “Do Bronx” Oliveira x Eric Wisely
Michael Johnson x Shane Roller
Joey Beltran x Lavar Johnson
Chris Camozzi x Dustin Jacoby

Manoamano

domingo, 15 de janeiro de 2012

ANTHONY JOHNSON É DEMITIDO DO UFC APÓS DERROTA PARA BELFORT.

Imagem PostadaDepois de não conseguir alcançar o limite de pesos da categoria de médios, e colocar em risco a luta contraVitor Belfort no UFC Rio 2, o norte-americano Anthony Johnson foi demitido do UFC. O lutador se apresentou na pesagem quase cinco quilos acima dos 84kg. permitidos pela categoria, e além disso foi finalizado com um mata-leão no evento realizado neste sábado, na Arena HSBC.
VEJA TAMBÉM
- Em noite brasileira, Aldo nocauteia Mendes e vai para os braços da torcida
Já na coletiva de imprensa, o presidente do UFC, Dana White, não perdoou o americano, que já não tinha conseguido bater o limite de peso em outras duas oportunidades.
“A atitude de Anthony (Johnson) foi uma das maiores faltas de profissionalismo que eu já vi em toda a minha vida. Seguramente foi o maior desastre da história das pesagens do UFC”, disse White. “Eu sempre digo que no UFC é assim: três estragos e você está fora. Johnson cometeu três erros então, está fora. Coisas assim não podem acontecer em uma organização como o UFC”, completou o irritado presidente.

EMOÇÃO NA COLETIVA DE IMPRENSA PÓS EVENTO

Foto Eduardo Ferreira

Momento de alegria por conta das vitórias brasileiras no UFC 142, a coletiva de imprensa, realizada logo após o evento de sábado, também foi tomada pela emoção. O peso médio Vitor Belfort, que finalizou Anthony Johnson, relembrou o sequestro da irmã, Priscilla, cuja imagem foi colocada em um pôster em seu córner, antes do combate.

“Quem perde um parente sofre uma morte diária. Não há palavras pra descrever essa dor, nem para pais que perdem filhos. Quando um filho perde um pai ou uma mãe, dizem que ele é órfão. E quando um irmão perde a irmã?”, disse, emocionado, recebendo o apoio de José Aldo, que estava ao seu lado.

O “Fenômeno” desfez ainda a possibilidade de a lutar contra “Rumble” não acontecer, em função dos problemas do americano com a balança.

“Eu nunca deixaria o Dana (Whiter) e o Lorenzo (Fertitta) na mão, ainda mais no meu país. Eu ia relembrar os velhos tempos de UFC, quando eu lutava com caras bem maiores do que eu”.

José Aldo oferece vitória à mãe

Mais dono do que nunca do cinturão dos penas, José Aldo poderia ter dedicado a vitória a seu filho (a), já que sua mulher, Viviane, está grávida de poucos meses. Mas, o brasileiro concedeu o triunfo do duelo contra Chad Mendes para sua mãe, que aniversaria dia 14 de janeiro.

"Vim com esse espírito, queria dar isso para vocês. Aqui é minha casa, me sinto muito bem aqui dentro. Estava esperando o momento certo para dar a joelhada. Queria dedicar a vitória à minha mãe, já que hoje (sábado) é aniversário dela”.

Patrocinado pelo Flamengo, o manauara, que pulou o octagon para comemorar o nocaute, comentou ter esquecido de exibir bandeira do clube por conta da euforia e que uma das ações da parceria, que era lançar camisas rubro-negras para o público, foi feita.
Tatame

DANA CONFIRMA EDIÇÃO DO UFC EM SÃO PAULO


Foto Guilherme Cruz

Presidente do UFC, Dana White, enfim, confirmou a realização de uma edição do Ultimate na cidade de São Paulo, embora não tenha definido a data e o local. A declaração foi dada na coletiva de imprensa, após o UFC Rio. O cartola disse ainda que, em função do sucesso do MMA no Brasil, existe a possibilidade de uma terceira edição acontecer ainda em 2012.

“Faremos uma edição no meio do ano, durante o verão americano, em São Paulo. Mas, do jeito que o UFC está fazendo sucesso, é possível fazermos outra até o fim do ano”.

O mandatário criticou ainda o lançamento de copos vindos das arquibancadas, mas ressaltou que a situação melhorou em relação a 2011. Ele também pediu desculpas pelo resultado da luta de Erick Silva, a quem irá pagar a bolsa equivalente a da vitória.

sábado, 14 de janeiro de 2012

RIVALIDADE DE FLAMENGO E VASCO AGITA O UFC 142.


Torcedor fanático do Flamengo e atleta patrocinado pelo Rubro-Negro, José Aldo viu Chad Mendes, adversário pelo cinturão dos peso penas do UFC 142 do próximo sábado, provocá-lo ao longo da preparação com uma foto em que vestia a camisa do Vasco. Quem motivou Mendes foi o vascaíno e treinador Fabio Pateta, que nos últimos meses tratou de apimentar o duelo.

Procurando desestabilizar o brasileiro, o americano pretende entrar no octógono com a bandeira cruzmaltina na HSBC Arena (RJ), local da luta. Porém, na coletiva de impressa do evento, nesta quinta, foi a vez da ala flamenguista provocar os vascaínos.
O rubro-negro Vitor Belfort, que enfrentará Anthony Johnson no mesmo evento, não perdeu a oportunidade e alfinetou o Gigante da Colina.
- O Brasil inteiro quer essa vitória e contamos com a torcida. Nunca vi nenhum vascaíno deixar de torcer pelo Vasco porque está perdendo, principalmente eles, que estão sendo sempre vice (risos) – brincou.
Procurado pelo LANCENET!, Fabio Pateta, rebateu.

- O Belfort fez essa provocação mas já precisou muito do Vasco lá na época do Pride, quando ele usou e beijou a camisa vascaína. Que flamenguista é esse que usa a camisa do Vasco? Tem creonte (gíria usada pelos lutadores quando alguém troca de uma academia para outra. O chamado vira-casaca) no mundo do futebol também? – afirmou Fabio.

PROVOCAÇÕES NÃO SÃO BEM DIGERIDAS POR JOSÉ ALDO

O brasileiro afirmou que rival no UFC Rio não conhece a rivalidade entre Vasco e Flamengo e que faltou com respeito com a instituição cruz-maltina por não conhecer a história do clube.
- Eu não vejo problema nessa provocação. Ele que vai arcar com as consequências lá em cima, pelo fato dele estar mexendo com algo que ele nem sabe o que é. O Chad não sabe o que é a instituição Vasco da Gama. Para mim foi uma falta de respeito da parte dele. Ele não é torcedor do clube, não sabe o tamanho da rivalidade que nós temos aqui. Com certeza ele acabou caindo na pilha de alguém para tomar essa atitude. Mas não tem problema não, lá dentro a gente vai resolver isso - garantiu Aldo, em entrevista ao LANCENET!.

Detentor do cinturão dos penas do UFC, o atleta sempre fez questão de deixar clara a sua paixão pelo Flamengo. Questionado se fica mais nervoso em uma decisão do seu time ou para defender seu titulo de campeão da maior organização de MMA, o manauara não titubeou.

- Com toda certeza assistindo uma final do Flamengo. Pelo fato de ali não estar nas minhas mãos. Você depende de outras pessoas, que nós não sabemos se estão bem ou não. Já defendendo o cinturão, sou eu quem estou ali, então eu posso ter o controle da situação – concluiu.

RELEMBRE AS PROVOCAÇÕES DO AMERICANO

Em meados de outubro do ano passado, Chad Mendes postou em sua página no Facebook uma foto com o treinador de jiu-jitsu, Fabio Pateta, ambos vestindo a camisa do Vasco.

Já na primeira coletiva de imprensa do UFC 142, no inicio de dezembro, o americano fez questão de destacar que não tentou provocar Aldo.

- Esta foto foi tirada há oito meses. Eu estava saindo do treino e não tinha camisa, então meu técnico Fábio Pateta (vascaíno) me deu a camisa para usar. Eu adoro futebol e também sei do tamanho da rivalidade entre os clubes – afirmou.

Também em dezembro, Fabio revelou que seu pupilo iria utilizar materiais de uma torcida organizada do Cruz-Maltino. O brasileiro ainda aproveitou para promover o Vasco x Flamengo no UFC.

- Eles já enviaram camisa, boné, faixa. Acabei de receber aqui na Califórnia. Mandaram vários materiais. O José Aldo é flamenguista e nós somos vascaínos. O couro vai comer - disse Pateta.

O treinador ainda postou na internet uma foto com toda sua equipe posando com camisas de uma uniformizada do Vasco. E afirmou ter sido procurado pelo clube carioca.

- Fomos procurados pelo marketing do Vasco, que quer fazer uma grande festa para o Chad Mendes. Ele deverá visitar São Januário e receber uma camisa oficial das mãos do Felipe, que é meu amigo de infância.


Recentemente, Mendes disse que pretende contar com o apoio dos vascaínos na hora do combate.
- Gosto do time e, se meus patrocinadores permitirem, farei a minha entrada com a bandeira do Vasco nas mãos. Adoraria levar comigo. Tenho várias camisas do clube e são lindas - disse o desafiante do cinturão.

Fonte: Lancenet

DAN HEDERSON EXPLICA PORQUE NÃO LUTOU CONTRA MINOTOURO

Quando foi noticiado que Dan Henderson recusou uma luta com Antônio Rogério Nogueira, muitos se perguntaram por que o ex-atleta olímpico não quis uma revanche com Minotouro. Em vez disso, Nogueira está escalado para lutar com Alexander Gustafsson no primeiro card do UFC na Suécia.

Henderson deu uma entrevista de rádio para a Clinch Gear Radio nessa semana para explicar a recusa:


"Eu estava com a impressão de que ele [Dana White] estava meio que em cima do muro sobre se ele me colocaria para enfrentar Rashad ou não. Isto assumindo que Rashad vença. Ele me ofereceu uma luta com Minotouro e eu não achei que os fãs estariam interessados nessa luta e não é tanto tempo quanto eu gostaria para me preparar para uma luta de cinco rounds, então eu o disse que iria esperar e ver o que acontece com a luta do Rashad. Eu preferiria lutar com Jones agora ao invés de ter aceitado essa luta com Minotouro. Se aceitasse, eu não lutaria com Jones por mais outros oito, nove meses. Eu estou tranquilo em esperar um pouco. Era mais uma questão de ter tempo para me preparar e eu averiguei para dizer "ei, eu estaria interessado em lutar nessa se fosse uma luta de três rounds, eu poderia ter tempo para me preparar."


http://www.bloodyelb...ht-with-lil-nog

REVANCHE ACONTEÇE DIA 16 DE JUNHO

Imagem Postada
Um dos grandes nomes do MMA, Wanderlei Silva marcou presença na praia da Barra da Tijuca, nesta quarta-feira, local em que foi realizado o treino aberto com as estrelas do UFC Rio, agendado para este sábado (14), na HSBC Arena. Treinador do reality show “The Ultimate Fighter”, o “Cachorro Louco” declarou que a revanche contra Vitor Belfort, treinador da equipe adversária, será dia 16 de junho. Embora Wand não tenha confirmado, a expectativa é de que o duelo aconteça em São Paulo.

Wanderlei Silva afirmou ainda que espera a vitória do Fenômeno sobre Anthony Johnson, neste sábado, para enfrentar o compatriota após um resultado positivo.

“O Vitor foi muito corajoso de aceitar essa luta contra o Anthony Johnson. O americano não é muito conhecido no Brasil, mas é conhecido nos Estados Unidos. Ele é muito grande, já treinei com ele há uns sete ou oito anos. É uma luta difícil, mas espero que o Vitor vença porque quero pegá-lo vindo de vitória”.

http://www.tatame.co...dia-16-de-junho

EM ENTREVISTA ANDERSON SILVA REVELA NOVA LESÃO...

Em entrevista ao 'Bom Dia Brasil' desta sexta-feira, lutador afirma estar
com problema na lombar e brinca com o apresentador Chico Pinheiro

Anderson Silva não luta desde agosto, quando derrotou o japonês Yushin Okami e manteve o cinturão dos médios no UFC Rio, e pelo jeito não tem previsão para voltar ao octógono. O lutador concedeu entrevista ao "Bom Dia Brasil", da TV Globo, na manhã desta sexta-feira, e revelou que sofreu recentemente uma nova lesão, desta vez na lombar. Ele já estava se recuperando de um problema no ombro

- Não tenho ainda certeza de quando eu volto, até porque estou com uma lesão no ombro, uma outra lesão que surgiu há pouco tempo na minha lombar, então estou me tratando.

Anderson também brincou com o apresentador do telejornal, Chico Pinheiro. Questionado pelo repórter Marcelo Courrege se Chico poderia fazer um “treino leve” com ele, o "Spider " provocou em tom de bom humor:

- Chico, pode aparecer que é o seguinte. Vou apertar seu pescoço. Se eu não conseguir, tem dois (filhos) e mais um sobrinho de contrapeso.

O apresentador entrou no clima da brincadeira e não se intimidou. Ele fez referência à música de sucesso do cantor Michel Teló, que estourou no mundo inteiro:

- Ai, se eu te pego, Anderson Silva. Ai se eu te pego.

Imagem Postada
Anderson Silva vai falar sobre regras do MMA no Jornal Nacional desta sexta (Foto: Reprodução / Facebook)

O lutador, que será comentarista do UFC 142 na TV Globo, ao lado do locutor Galvão Bueno, na madrugada de sábado para domingo, ainda analisou brevemente o duelo principal do evento, entre o brasileiro José Aldo e o americano Chad Mendes:

- São duas características diferentes. O José Aldo é um atleta que vem em uma crescente muito grande. Vem mantendo um nível de resultados positivos. O adversário dele é completo, tem grande habilidade no chão, grande habilidade em pé.

Na luta principal do UFC 142, neste sábado, no Rio de Janeiro, José Aldo defende o cinturão peso-pena contra o americano Chad Mendes. A TV Globo e o canal Combate transmitem ao vivo, e o SPORTV.COM acompanha tudo em Tempo Real. O evento contará ainda com o duelo entre Vitor Belfort e o também americano Anthony Johnson, pelos pesos-médios.

Fonte: http://sportv.globo....resentador.html

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

RIVAL DE ALDO PROVACA: ELE NUNCA LUTOU COM ALGUÉM COM MEU NIVEL.


Foto: Getty Images
Dono de um retrospecto respeitável de 11 lutas e 11 vitórias, Chad Mendes desembarcou na terça-feira no Rio de Janeiro para tentar alcançar a maior glória da carreira: derrotar o brasileiro José Aldo no próximo sábado, na HSBC Arena, e conquistar o cinturão dos pesos penas do Ultimate Fighting Championship. Azarão na disputa, o americano assegurou ao chegar à capital carioca que sairá do Brasil com o cinturão.
“Estou indo ao Brasil para tirar o cinturão do José Aldo. Eu serei o novo campeão dos pesos penas. Isso acontecerá neste sábado e é hora de provar que posso”, discursou o desafiante.
Grande wrestler, Chad Mendes planeja neutralizar o ímpeto agressivo de José Aldo com um jogo “amarrado” de quedas. “Eu consigo neutralizar esses caras que são faixas pretas de jiu-jitsu por causa da minha capacidade atlética e da minha força. Eu acho que será muito duro para ele tentar qualquer tipo de finalização enquanto eu estiver na guarda socando a cara dele. Eu não acredito que ele terá essa grande vantagem no chão”, disse.
A extrema confiança torna o americano um dos rivais mais falastrões de José Aldo dentro do UFC. Mendes elogiou o brasileiro, mas menosprezou os antigos adversários do atual campeão - entre os rivais anteriores do manauara está um dos treinadores do desafiante, o carismático peso galo Urijah Faber.
“José Aldo é um grande campeão, mas eu não acho que ele lutou contra alguém com minha capacidade atlética, minha força e a base de wrestling que eu tenho. Eu não chuto, eu infernizo as pessoas com os pés por causa dos meus takedowns”, relatou o competidor.
Chad Mendes, como ele próprio disse anteriormente, se descreve como um lutador trabalhador, extremamente atlético e eficiente para neutralizar os adversários dentro do octógono. O desafiante ao cinturão crê que as suas características serão suficientes para surpreender a torcida brasileira no próximo sábado e deixar o UFC 142 com o título de campeão dos pesos penas.
“Eu acredito nas minhas habilidades e acho que eu treinei muito duro e certo. Coisas acontecem quando você trabalha, eu acredito nisso”, emendou.
Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA

sonneNGADOR ENSINANDO A MAUS MODOS A ALUNOS.

Chael Sonnen video (Foto: Reprodução)
Em vídeo, Chael Sonnen dá dicas bizarras para
alunos de como vencer no MMA (Foto: Reprodução)

 Sonnen tem lá seus métodos de atrair a atenção dos fãs do MMA e da mídia em geral. Nesse quesito, ninguém pode dizer que ele não é bem sucedido. Um vídeo divulgado por um site americano nesta quarta-feira mostrou que ele realmente não mede as palavras para se promover. Durante uma conversa com alguns alunos sobre como atuar dentro do octógono, o polêmico lutador fez uma brincadeira de gosto duvidoso ao dar algumas dicas para os pupilos. Entre os conselhos, sobrou espaço até para alguns métodos nem um pouco convencionais:
- Se você está em uma luta e o cara ganha intensidade, ganhe intensidade de volta, bem na hora, tão duro quanto ele ou mais, e ele irá parar. Faça algo para superá-lo. Se ele te dá um tapa, dê um soco nele. Ele te dá um soco, chute-o. Se ele te chuta, dê uma facada nele. Se ele te dá uma facada, atire nele. Se ele atira em você, mate a família dele. Supere-o e faça isso bem na hora. É uma maneira de pensar, não estou falando em machucar ninguém - disse em vídeo gravado pelo site "Floresting".
Famoso por pegar no pé de Anderson Silva, Sonnen irá enfrentar o também americano Mark Muñoz no UFC do dia 28 de janeiro, em Chicago, nos Estados Unidos. Se vencer, conseguirá o que tanto procura: uma revanche com o brasileiro, para quem perdeu no UFC 117, em agosto de 2010. Na ocasião, ele foi finalizado com um triângulo no fim do quinto round, após castigar o rival durante todo o combate. Desde então, ele se autoproclama o campeão dos médios e provoca constantemente o "Spider" por meio das mais polêmicas declarações.
http://sportv.globo.com/site/eventos/combate/noticia/2012/01/flagra-mostra-sonnen-ensinando-vencer-esfaquear-atirar-matar.html

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

FÁBIO MALDONADO SE LESIONA, E UFC CANCELA LUTA DE BRASILEIROS NO RJ


Foto: Getty Images
O card do UFC 142, que será disputado no próximo sábado no Rio de Janeiro, na HSBC Arena, terá uma luta a menos. Na noite deste domingo, seis dias antes do evento, a organização do Ultimate Fighting Championship confirmou o cancelamento do combate preliminar entre os meio-pesados Fábio Maldonado e Caio Magalhães.
Maldonado, por motivo de lesão, não poderá entrar no octógono para lutar pela primeira vez no Rio de Janeiro sob a marca do UFC. Em virtude da proximidade do evento, não há tempo hábil para escolher um adversário disposto a enfrentar Caio Magalhães.
Agora fora do card em virtude de uma lesão, Maldonado já enfrentará a mudança repentina de adversário por lesão. Antes de o Ultmate definir o brasileiro Caio Magalhães para dividir o octógono, o rival do experiente lutador seria o búlgaro Stanislav Nedkov, que atuou no UFC Rio, em agosto do ano passado, quando nocauteou Luiz “Banha” Cane e se tornou o único estrangeiro a bater um atleta nacional no evento.
Com Maldonado e Nedkov, chega-se a cinco ausências por conta de lesão. O primeiro lutador descartado acabou sendo o afegão Siyar Bahadurzada, primeiramente agendado para enfrentar Erick Silva (Carlo Prater é o substituto). O peso pesado inglês Rob Broughton também precisou abdicar do combate contra Ednaldo “Lula” Oliveira. O veterano Gabriel Gonzaga foi escalado.
A ausência mais importante era a do “caveira” Paulo Thiago. O soldado do Bope de Brasília acabou descartado para o UFC carioca por conta de uma lesão. No lugar do peso meio-médio, a organização escalou Ricardo Funch para encarar o americano Mike Pyle. Paulo Thiago
Siga o blog Mano a Mano

DANA DIZ QUE JONES QUER VOLTAR A LUTAR UM MAIS RAPIDO POSSIVEL


Foto: Divulgação/UFC
Jon Jones falou sério quando disse que queria fazer quatro lutas em 2012. O campeão meio-pesado do Ultimate Fighting Championship havia declarado após a vitória sobre Lyoto Machida no UFC 140 que queria alguns meses de férias mas mudou de idéia três semanas ter mantido o cinturão naquela que foi a quarta vitória conquistada no ano passado.
“Jones ligou há quatro dias e disse ‘okay, vamos lá, chega de férias’”, disse Dana White à ESPN FM, em Las Vegas. “Ele disse que queria um tempo de férias e então eles me ligaram quatro dias atrás dizendo que ele quer lutar o mais rápido possível. Ele está pronto”.
De acordo com o presidente da organização, Jon Jones deverá enfrentar Dan Henderson ou o vencedor do combate entre Rashad Evans e Phil Davis. “O que poderia acabar acontecendo seria o Dan Henderson lutar com o Jon Jones primeiro ou então vamos ver o que acontece com a luta do Rashad Evans contra o Phil Davis e o Rashad o enfrentaria antes”.
A notícia não poderia ser melhor já que os campeões Junior dos Santos, Georges Saint Pierre e Anderson Silva estão fora de combate devido a lesões. Para Jon Jones confirmar o desejo de lutar quatro vezes este ano [Leia mais aqui], terá que retornar ao octógono até abril.

CONFIRA COMO SERÁ A SEMANA DO UFC - RIO


O Ultimate Fighting Championship divulgou a agenda de eventos que antecedem a realização do UFC 142, que acontecerá no HSBC Arena, no Rio de Janeiro, dia 14. A partir da próxima quarta-feira, os fãs das artes marciais mistas terão o privilégio de assistir treinos abertos, participar de entrevistas e tirar fotos com os maiores ídolos brasileiros no esporte.
Confira a programação completa:
Quarta-feira, 11 de Janeiro - Treinos abertos para o UFC RIO™ na Praia da Barra da Tijuca
11h – 14h Fãs brasileiros poderão assistir enquanto José Aldo, Vitor Belfort, Chad Mendes e Anthony Johnson treinam e se preparam para suas lutas na Praia da Barra da Tijuca.Os atletas convidados do UFC e as Octagon Girls também estarão presentes.
Praia da Barra da Tijuca
Em frente à Praça São Perpétuo (conhecida como “Praça do Ó”) – Av. Sernambetiba 1998-2068, próximo ao Posto 3.
11h Participação dos lutadores convidados e das Octagon Girls
12h – 12h30 Anthony Johnson
12h30 – 13h Chad Mendes
13h – 13h30 Vitor Belfort
13h30 – 14h00 José Aldo
19h – 21h Sessão de autógrafos com Wanderlei Silva na loja Centauro do Shopping Leblon. Fãs terão a oportunidade de conhecer a lenda do UFC e treinador do primeiro TUF brasileiro, Wanderlei Silva
Centauro Leblon
Av. Afrânio Melo Franco
290 – Leblon
Rio de Janeiro - RJ, CEP: 22430-060
Quinta-feira, 12 de Janeiro
19h – 21h Sessão de autógrafos com Rogério “Minotouro” Nogueira na Paquetá Esportes, no Norte Shopping
Paquetá Esportes
Norte Shopping
Av. Dom Hélder Camara, 5474
Cachambi - Rio de Janeiro - RJ
19h – 21h Sessão de autógrafos com Demian Maia em São Paulo, na loja Centauro do Bourbon Shopping
Loja Centauro, Bourbon Shopping
Rua Turiassú, 2100
São Paulo – SP - CEP: 05005-900
Sexta, 13 de Janeiro PESAGEM DO UFC RIO
HSBC Arena
Avenida Embaixador Abelardo Bueno
3401-Barra da Tijuca
Rio de Janeiro, Brazil
16h Abertura dos portões ao público
16h30 – 17h30 Fãs terão a oportunidade única de conhecer todos os lutadores convidados do UFC que estão na cidade para o UFC Rio: Júnior “Cigano” dos Santos, Lyoto Machida, Wanderlei Silva, Rogério “Minotouro” Nogueira, Gray Maynard e Diego Brandão. Todos assinarão autógrafos das 16h30 às 17h30 na HSBC Arena.
Sábado, 14 de Janeiro UFC RIO
HSBC Arena
Avenida Embaixador Abelardo Bueno,
3401-Barra da Tijuca
Rio de Janeiro, Brasil
20:30hs - Abertura dos portões do HSBC Arena ao público.
22:05hs - Início do card preliminar.
01:00hs - Previsão de início do card principal
Confira o card atualizado do evento
Principal
José Aldo x Chad Mendes
Vitor Belfort x Anthony Johnson
Edson Barboza x Terry Etim
Rousimar “Toquinho” Palhares x Mike Massenzio
Erick Silva x Carlo Prater
Preliminar
Thiago Tavares x Sam Stout
Mike Pyle x adversário a ser definido
Felipe “Sertanejo” Arantes x Antonio “Pato” Carvalho
Yuri “Marajó” Alcântara x Michihiro Omigawa
Ednaldo “Lula” Oliveira x Gabriel “Napão” Gonzaga

sábado, 7 de janeiro de 2012

UFC 142: VITOR SE DIZ PRONTO E ANTHONY MAIS EXPLOSIVO.


Foto: Belfort e Johnson (Divulgação/UFC)
Vitor Belfort foi confirmado com um dos treinadores do reality show The Ultimate Fighter, que será gravado pela primeira vez no Brasil, com transmissão da Rede Globo. Ao final da temporada, o “Fenômeno” enfrentará Wanderlei Silva, treinador rival, mas antes o carioca enfrentará Anthony Johnson, na co-luta principal do UFC 142, dia 14 de janeiro.
Vitor falou sobre honra de lutar  no País: “Essa é uma luta como em qualquer outro lugar, é o meu trabalho e é o que eu faço. A melhor coisa a fazer é fazer o que você faz em qualquer lugar que vai. O octógono é do mesmo tamanho em todo lugar e essa é uma competição. Nós treinamos duro e é uma honra lutar em nosso País, em nossa cidade. Estou muito feliz por ser parte do passado, do presente e do futuro”, disse na teleconferência de imprensa do evento.
Belfort novamente afirmou que o MMA ultrapassará o futebol em popularidade no Brasil. “Sim, se não agora, cedo ou tarde. O UFC tem tudo [para passar o futebol]. Não apenas o esporte por si só mas pelo que está por trás, as histórias, os atletas os vídeo games. Não é apenas para superar o futebol, mas como o Dana [White] estava dizendo, isso superará todos os esportes do mundo. Estamos provando agora e ninguém pode negar isso. Vai levar algum tempo mas as coisas estão acontecendo neste momento”.
Sobre o confronto contra o estreante da categoria peso médio, falou: “Me sinto pronto, vou dar um passo de cada vez. Tenho o Anthony Johnson no dia 14 e isso que está na minha mente. Estou atravessando a rotina agora, cortando peso para o dia da luta. Estou curtindo cada momento. É assim que vejo isso”.
Adversário de Belfort mais explosivo
Anthony também se sente honrado por atuar no berço das artes marciais mistas e promote trazer o melhor de suas habilidades para o ‘quintal’ do adversário. “Lutar no Brasil é uma honra. Foi lá onde tudo começou. Não me importo de ir ao quintal de ninguém, fazer um show e lutar o melhor da minha capacidade”.
Johnson, que lutava na categoria meio médio [até 77kg], está com 97kg e diz que está ainda mais explosivo. “Estou pesando 97kg agora e me sinto ótimo. O peso não será problema. Termino de cortar peso um dia antes da pesagem. Isso é fácil. Vai ser muito divertido para mim e não tenho que baixar o peso que tinha que cortar antes”.
“Estou mais explosivo e estou chegando no ponto mais alto [da preparação] na hora certa. A categoria peso médio é onde estou agora. Não me preocupo em enfrentar lutadores peso médio porque posso comer mais agora. Me sinto mil vezes melhor do que quanto lutava na divisão até 77gk”.

CRIS CIBORG PEGA NO EXAME ANTIDOPING

Imagem PostadaUma notícia vinda dos EUA pegou o MMA de surpresa nesta sexta-feira. A campeã do Strikeforce na categoria até 66kg (145 lbs) Cris Cyborg foi pega no antidoping pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC, na sigla em inglês) e está suspensa.

A atleta teve a licença de lutadora suspensa, sem prazo definido, e foi multada pela comissão. Confira a nota emitida pela CSAC:


A Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC) suspendeu a licença da lutadora de Artes Marciais Mistas (MMA) Cristiane Justino Santos, mais conhecida no meio do MMA como Cris Cyborg, e a multou em 2.500 dólares como resultado de um teste positivo para uma substância banida.

O tesde de Santos, realizado no dia 16 de dezembro de 2011, retornou positivo para estanozolol. CSAC recebeu o resultado do teste no dia 23 de dezembro e suspendeu a licença de Santos retroativamente ao dia 16 de dezembro de 2011. De acordo com a Regra 368, o resultado de sua última luta contra Hiroko Yamanaka será alterada para “Sem Decisão”.


O diretor-executivo da CSAC, George Dodd, disse que “o principal interesse da comissão é a saúde e a segurança dos lutadores”. Ele completou: “Agentes anabolizantes e outras substâncias banidas colocam não só os usuários destes agentes em risco, mas também seus oponentes. A comissão simplesmente não vai tolerar o uso.”
PVT

BRASILEIRO, EX-UFC É CONDENADO A PRISÃO POR ABUSO SEXUAL.


Foto: J. Kopaloff/Getty Images
O cearense Hermes França, 37 anos, foi condenado nesta sexta-feira a 42 meses de prisão nos Estados Unidos, no condado de Clackamas, Oregon. Veterano do UFC, o lutador foi punido por abuso sexual contra uma menor em sua escola de artes marciais no estado americano, ocorrido em dezembro de 2010, segundo informações do jornal Oregon Live.
O brasileiro mora na cidade de Jupiter, na Flórida, e ainda terá que cumprir quatro anos e meio sendo monitorado pelas autoridades locais, além de ser registrado como criminoso sexual. Sua última luta foi em 29 de abril de 2011, em Recife, um revés para o compatriota Thawa Ril pelo evento International Fighter Championship (IFC).
França detém um cartel de 22 vitórias e 12 derrotas em 35 lutas. O brasileiro participou de sete eventos do UFC, entre eles uma derrota na disputa do cinturão dos pesos leve contra o americano Sean Sherk em 2007. O cearense, porém, foi flagrado no exame antidoping depois do combate - assim como o vencedor da disputa -, e recebeu suspensão de um ano.

CAMPEÃO DO STRIKEFORCE QUER ENTRAR NO CAMINHO DE ANDERSON SILVA


Foto: Divulgação/Strikeforce
O campeão peso médio do Strikeforce Luke Rockhold fará hoje sua primeira defesa de título contra o ex-lutador do UFC Keith Jardine. Luke, assim como outros atletas daquela organização, sonha em migrar para o maior palco do MMA na atualidade - o Ultimate Fighting Championship.
Rockhold também quer enfrentar os melhores lutadores do mundo e em sua categoria, até 84kg, é dominada pelo campeão Anderson Silva que está a treze dias de completar seis anos invicto no esporte. O americano se diz cansado de ocupar o segundo lugar e lançou o seguinte desafio ao “Aranha”.
“Eles dizem que o Anderson Silva só tem mais quatro lutas e eu quero ser um desses quatro, quero entrar nesse caminho e enfrentar quem eu tiver que enfrentar para estar lá, é isso o que eu desejo”, disse ao USAToday.com.
“Sempre foi um sonho lutar contra os melhores do mundo. É para isso que vivo. Eu odeio o segundo lugar. Eu odeio ser o segundo melhor. Eu quero desafiar a mim mesmo contra os melhores do mundo e agora os mais bem ranqueados estão no UFC”, disse.
Um confronto entre Anderson e Rockhold seria motivado pela conquista de cinturão do atleta do Strikeforce sobre Ronaldo Jacaré, companheiro de equipe de Silva, que foi derrotado em setembro de 2011.
Confira o card completo do Strikeforce “Rockhold vs Jardine”
Disputa do cinturão peso médio
Luke Rockhold vs Keith Jardine
Card Principal
Robbie Lawler vs. Adlan Amagov
King Mo vs. Lorenz Larkin
Tyron Woodley vs. Jordan Mein
Tyler Stinson vs Tarec Saffiedine 
Lutas preliminares
Nah-Shon Burrell vs. James Terry
Gian Villante vs. Trevor Smith
Ricky Legere vs. Chris Spang
Estevan Payan vs. Alonzo Martinez 
PVT

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

OS 5 MELHORES COMBATES DE 2011

Imagem Postada
Por Fernando Zanchetta, do Yahoo! Esportes
Foto UFC

O ano de 2011 foi repleto de combates memoráveis nos maiores circuitos de MMA do mundo. Teve para todos os gostos e estilos, com peculiaridades e grau de importância variados. Assim, a tarefa de escolher as cinco melhores foi extremamente complicada, mas aí vai a lista. Comente abaixo e faça a sua também!

Maurício Shogun x Dan Henderson — UFC 139

Cinco assaltos eletrizantes, knockdowns em ambos os lados e uma decisão que, para muitos, gerou polêmica (vitória de Hendo nos pontos). A disputa principal da edição 139 terminou em tom épico e ficará marcada durante um bom tempo na memória dos fãs como uma das batalhas mais disputadas do MMA moderno. Shogun já pediu revanche contra o veterano norte-americano.

Frank Edgar x Gray Maynard — UFC 125 e 136

O terceiro episódio dos desafios entre a dupla aconteceu no melhor 'estilo Rocky Balboa'. Da mesma forma que no combate de janeiro, Maynard se mandou ao ataque pra valer e ficou em vantagem nos primeiros instantes. Mostrando recuperação sobrehumana, Edgar aos poucos equilibrou a luta, mandou um soco sem defesa no quarto assalto que nocauteou o adversário, e provou que é campeão de verdade.

Dominick Cruz x Urijah Faber — UFC 132

Muitos fãs de categorias mais pesadas torceram o nariz quando a luta entre os galos (até 61kg) foi definida como principal da noite. Mas as rusgas entre os atletas, que aconteciam desde a época em que se enfrentaram pelo WEC, em 2007 (vitória de Faber, por finalização), se acentuou ainda mais na nova empreitada. Com isso, o combate foi dinâmico, disputado palmo a palmo e provou por a+b que os pesos mais leves têm capacidade de encabeçar qualquer evento do Ultimate. Com o padrão calculado e incansável característico, Cruz (detentor do cinturão) conseguiu impor volume de luta mais eficiente nos cinco rounds. No fim, manteve o cinturão e deu o troco no rival.

Vitor Belfort x Anderson Silva — UFC 126

Tá bom, tá bom. Esta luta não foi propriamente um primor, mas tem méritos de sobra para integrar a lista no quesito 'importância'. Os poucos minutos em disputa estavam mornos. Mas Anderson salvou o combate ao aplicar o nocaute antológico (chute frontal no queixo) do adversário e, com isso, dar o empurrãozinho que faltava para iniciar a popularização massiva do MMA no Brasil. Ponto para o Spider.

Cheick Kongo x Pat Barry — UFC Live 4

Aqui, valeu um dos resultados mais inusitados de todos. Logo no primeiro assalto, Barry conectou cruzado de direita que mandou Kongo a knockdwon. O castigo continuou com mais golpes no chão. Cheick consegue se levantar, leva outra bomba e desmorona novamente, mas não desiste. Semi-nocauteado, coloca-se de pé mais uma vez e aproveita o ímpeto do adversário (que partia para cima sem parar) para mandar sequência cruzado/upper que desmonta Berry e decreta uma das viradas mais impressionantes na história das lutas.

Menções honrosas: Chael Sonnen x Brian Stann (UFC 136), Ben Henderson x Clay Guida (UFC On FOX), José Aldo x Mark Hominick (UFC 132).
Related Posts with Thumbnails