sábado, 14 de janeiro de 2012

RIVALIDADE DE FLAMENGO E VASCO AGITA O UFC 142.


Torcedor fanático do Flamengo e atleta patrocinado pelo Rubro-Negro, José Aldo viu Chad Mendes, adversário pelo cinturão dos peso penas do UFC 142 do próximo sábado, provocá-lo ao longo da preparação com uma foto em que vestia a camisa do Vasco. Quem motivou Mendes foi o vascaíno e treinador Fabio Pateta, que nos últimos meses tratou de apimentar o duelo.

Procurando desestabilizar o brasileiro, o americano pretende entrar no octógono com a bandeira cruzmaltina na HSBC Arena (RJ), local da luta. Porém, na coletiva de impressa do evento, nesta quinta, foi a vez da ala flamenguista provocar os vascaínos.
O rubro-negro Vitor Belfort, que enfrentará Anthony Johnson no mesmo evento, não perdeu a oportunidade e alfinetou o Gigante da Colina.
- O Brasil inteiro quer essa vitória e contamos com a torcida. Nunca vi nenhum vascaíno deixar de torcer pelo Vasco porque está perdendo, principalmente eles, que estão sendo sempre vice (risos) – brincou.
Procurado pelo LANCENET!, Fabio Pateta, rebateu.

- O Belfort fez essa provocação mas já precisou muito do Vasco lá na época do Pride, quando ele usou e beijou a camisa vascaína. Que flamenguista é esse que usa a camisa do Vasco? Tem creonte (gíria usada pelos lutadores quando alguém troca de uma academia para outra. O chamado vira-casaca) no mundo do futebol também? – afirmou Fabio.

PROVOCAÇÕES NÃO SÃO BEM DIGERIDAS POR JOSÉ ALDO

O brasileiro afirmou que rival no UFC Rio não conhece a rivalidade entre Vasco e Flamengo e que faltou com respeito com a instituição cruz-maltina por não conhecer a história do clube.
- Eu não vejo problema nessa provocação. Ele que vai arcar com as consequências lá em cima, pelo fato dele estar mexendo com algo que ele nem sabe o que é. O Chad não sabe o que é a instituição Vasco da Gama. Para mim foi uma falta de respeito da parte dele. Ele não é torcedor do clube, não sabe o tamanho da rivalidade que nós temos aqui. Com certeza ele acabou caindo na pilha de alguém para tomar essa atitude. Mas não tem problema não, lá dentro a gente vai resolver isso - garantiu Aldo, em entrevista ao LANCENET!.

Detentor do cinturão dos penas do UFC, o atleta sempre fez questão de deixar clara a sua paixão pelo Flamengo. Questionado se fica mais nervoso em uma decisão do seu time ou para defender seu titulo de campeão da maior organização de MMA, o manauara não titubeou.

- Com toda certeza assistindo uma final do Flamengo. Pelo fato de ali não estar nas minhas mãos. Você depende de outras pessoas, que nós não sabemos se estão bem ou não. Já defendendo o cinturão, sou eu quem estou ali, então eu posso ter o controle da situação – concluiu.

RELEMBRE AS PROVOCAÇÕES DO AMERICANO

Em meados de outubro do ano passado, Chad Mendes postou em sua página no Facebook uma foto com o treinador de jiu-jitsu, Fabio Pateta, ambos vestindo a camisa do Vasco.

Já na primeira coletiva de imprensa do UFC 142, no inicio de dezembro, o americano fez questão de destacar que não tentou provocar Aldo.

- Esta foto foi tirada há oito meses. Eu estava saindo do treino e não tinha camisa, então meu técnico Fábio Pateta (vascaíno) me deu a camisa para usar. Eu adoro futebol e também sei do tamanho da rivalidade entre os clubes – afirmou.

Também em dezembro, Fabio revelou que seu pupilo iria utilizar materiais de uma torcida organizada do Cruz-Maltino. O brasileiro ainda aproveitou para promover o Vasco x Flamengo no UFC.

- Eles já enviaram camisa, boné, faixa. Acabei de receber aqui na Califórnia. Mandaram vários materiais. O José Aldo é flamenguista e nós somos vascaínos. O couro vai comer - disse Pateta.

O treinador ainda postou na internet uma foto com toda sua equipe posando com camisas de uma uniformizada do Vasco. E afirmou ter sido procurado pelo clube carioca.

- Fomos procurados pelo marketing do Vasco, que quer fazer uma grande festa para o Chad Mendes. Ele deverá visitar São Januário e receber uma camisa oficial das mãos do Felipe, que é meu amigo de infância.


Recentemente, Mendes disse que pretende contar com o apoio dos vascaínos na hora do combate.
- Gosto do time e, se meus patrocinadores permitirem, farei a minha entrada com a bandeira do Vasco nas mãos. Adoraria levar comigo. Tenho várias camisas do clube e são lindas - disse o desafiante do cinturão.

Fonte: Lancenet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails