terça-feira, 31 de janeiro de 2012

DEBATE: sonnen E EVANS SERÃO CAPAZES DE DESTRONAR ANDERSON SILVA E JONES?

Foto: Sonnen e Evans (Montagem/UFC)
O UFC on Fox 2 não atendeu as expectativas dos fãs que estavam ansiosos pelos combates que definiriam os próximos desafiantes aos cinturões das categorias meio-pesado e médio do Ultimate Fighting Championship.
No primeiro duelo da noite, Demian Maia não conseguiu impor o jogo de chão que o distingue entre os demais lutadores até 84kg e teve que praticamente fazer uma luta em pé contra Chris Weidman.
Demian provou que está evoluindo na trocação mas também deixou claro que não possui pegada suficiente para abalar o adversário. Pior, não conseguiu aplicar nenhuma queda, e quando foi derrubado, foi o oponente quem levou a melhor no chão.
O brasileiro tem que trabalhar o wrestling para poder levar a luta para o seu território. No solo, Demian é indiscutivelmente um dos melhores na atualidade mas se insistir em lutar como um strike estará fadado ao insucesso no UFC.
O aspecto físico também deve ser estudado pela equipe do faixa preta já que ele visivelmente se cansou no último round, quando poderia ter definido a luta já que Weidman também estava morto mas mesmo assim resistiu e venceu por decisão.
O mais aguardado confronto do evento foi o encontro entre Chael Sonnen e Michael Bisping, que fizeram a co-luta principal do card. Sonnen era apontado como amplo favorito contra o inglês mas não foi bem isso o que aconteceu durante a luta.
O americano partiu para cima de Michael, encurtou a distância e trabalhou o clinche pressionando o rival contra as grades. Não demorou muito e Chael conseguiu derrubar o atleta da Wolfslair e mostrou superioridade técnica controlando o antagonista no solo.
Se no primeiro round Chael foi o senhor da contenda, Bisping cresceu no segundo mantendo-se em pé e tentando ser mais ofensivo no clinche. Ainda que tenha controlado a disputa, “The Count” não aplicou golpes contundentes nem foi amplamente melhor.
O round final começou como o primeiro com Chael Sonnen dominando Michael Bisping durante a maior parte dos cinco minutos finais. O inglês reagiu somente quando a luta estava por acabar, quando conectou boas cotoveladas mas não havia tempo para mais nada.
A vitória de Chael Sonnen por decisão unânime garantiu ao americano a revanche contra o campeão peso médio Anderson Silva, nessa que é a luta mais aguardada das artes marciais mistas na atualidade.
A luta entre Rashad Evans e Phil Davis, assim como as demais lutas do card principal, não empolgou. “Suga” entrou no octógono com a missão de conquistar a disputa do cinturão até 93kg e conseguiu alcançar o objetivo.
Em combate de cinco rounds, “Suga” foi melhor no wrestling e no chão, onde dominou Davis, mas faltou a Rashad a atitude de quem já foi campeão, faltou o instinto finalizador, de querer acabar com a luta a qualquer preço.
Evans venceu com ampla margem de pontos mas criou uma incógnita com a apresentação do sábado passado: Ele é bom o suficiente para destronar Johnny Bones? Essa resposta será dada no UFC 145 quando os ex-companheiros de equipe se enfrentarão.
BLOGMANOAMANO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails