quinta-feira, 30 de setembro de 2010

TYASON CRITICA JAMMES TONEY

Um dos maiores pugilistas de todos os tempos, Mike Tyson não economizou nas críticas a James Toney, ex-campeão de Boxe que perdeu em sua estreia no MMA para Randy Couture, no UFC. “Você tem que admitir, Toney pareceu horrível, lento. Ele não parecia um lutador bem condicionado… De jeito nenhum, ele não se preparou para enfrentar um atleta de verdade como o Randy. Foi ridículo, ele não respeitou o Randy”, critica, em entrevista ao Canadian Press.
 Apesar de criticas a performance de Toney no UFC, Mike acredita que um lutador de Boxe pode se dar bem no MMA. “Acredito 100% que um boxer poderia vencer... Se aprendesse Grappling e Wrestling, poderia fazer muito bem. Você tem que ir lá respeitando o esporte, não apenas pensando que você vai nocautear as pessoas o tempo todo. É um esporte complicado, mas um bom boxer tem que ser um bom atleta de qualquer maneira”, finalizou. Confira abaixo um vídeo com alguns dos melhores momentos de Tyson nos ringues e responda: será que ele, no seu auge, teria sucesso no MMA?
Tatame

ASSUÉRIO EXPLICA POR QUE NÃO LUTOU COM ZULUZINHO

Ex-lutador do Pride e do UFC, o peso pesado Assuério Silva se envolveu numa polêmica na semana passada. Convocado para a luta principal do Mr. Cage contra Zuluzinho, outro veterano do Pride, Assuério chegou a entrar na jaula com seu oponente, mas a luta não aconteceu. Revoltado com a mudança de regras e o uso de caneleiras do oponente, Assuério se recusou a lutar e frustrou o público presente. Em e-mail enviado à TATAME, Assuério deu sua versão à história:

“Gostaria de esclarecer algumas coisas sobre essa luta que não houve entre eu e Zuluzinho. Ele tava com 220kg e eu aceitei. Os rounds eram de cinco minutos por dois de descanso, onde o certo é cinco por um de descanso. As regras só favoreciam a ele. Aí o cara me sobe com caneleiras... ‘Proteção para amortecer os meus chutes’, e ainda teve a cara de pau de falar que eram tornoseleiras. Não existe isso! O árbitro falou para ele tirar as caneleiras ele não quis tirar, aí a organização queria que eu lutasse assim mesmo. Eu falei que já estava aceitando o limite de peso de 105kg a mais e o tempo de descanso, que favoreciam a ele, mas não ia aceitar essa palhaçada. Ele não quis tirar as caneleiras e não houve luta. No outro dia o vi na frente do hotel. Pedi pra ele mostrar a perna ele mostrou, e o motivo dele ter usado caneleiras é que ele tem elefantíase, problemas de circulação e trombose nas duas pernas. Eu falei: “você é louco de lutar! Você não tem saúde, cara”. Ele teve sorte em não ter lutado comigo. Um cara desse não pode lutar. Os organizadores tiveram sorte de não ter rolado essa luta, eles iriam se complicar. E ainda tenho certeza que eles não iam pagar minha bolsa. Sinto o cheiro de furada de longe”.

ATLETA DA HIKARI NATAL LUTARÁ EM CURITIBA

Depois de anunciada a parceria entre os eventos Gladiators FC de Curitiba e Iron Man de Belém agora é chegada a hora do card ser praticamente finalizado. Como luta principal do evento dois strikers vão levantar o público curitibano. Sérgio Júnior (Hikari-Platinum) enfrentará Edval " Tico" Pedroso que tem um background bastante forte no Muay Thai e com a promessa de muita trocação.
Ainda estão presentes no card como visitantes os atletas de Belém Iliarde dos Santos, André Lobato, Ivan Pitbull e Amanda Lee que terá a dura tarefa de enfrentar a invicta Jennifer Maia, a mais nova sensação da academia Chute Boxe.
Entre os desafios das lutas casadas estará presente John Lineker que segundo a imprensa especializada fez o melhor combate do Shooto Brasil que aconteceu recentemente em Brasília e a tão esperada estréia de William "Galetinho" que com certeza atrairá muita atenção do exigente público curitibano.
O Gladiators FC II acontece no dia 16 de outubro na cidade de Curitiba, no Clube Morgenau com abertura dos portões as 17:00h e início dos combates as 18:00h, os ingressos já estão sendo vendidos em todas as academias participantes e nas lojas Garra Suplementos, antecipados a R$20,00 e no dia a R$ 25,00.
Acompanhe o card até o momento*

Desafio Norte/Nordeste vs Sul

Sérgio Júnior (RFT - Platinum) vs Tico Pedroso (World Strong)
Iliarde dos Santos (IronMan) vs Paulo Diniz (CM System)
André Lobato (IronMan) vs Rodrigo Dragão (Dragão MMA)
Ivan “Pitbull” (IronMan) vs Gilmar Dante “Manaus” (Noguchi)
Amanda “Lee” (IronMan) vs Jennifer Maia (Chute Boxe)

Lutas casadas

Diego Roberto (Chute Boxe) vs Patrick Felix (PRVT)
John Lineker (Emporium JJ) vs Felipe Alves (Arena Fight)
Juliano “Kuririn” (Gile Ribeiro) vs A ser anunciado
William Campos “Galetinho” (Gile Ribeiro) vs Davi (Chute Boxe)

MMA Amador
Luizão (Gile Ribeiro) vs Luiz Henrique (PRVT)

Muay Thai Amador
Maykol Iurk (Thai Boxe) vs Bruno (Dragão MMA)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

CRO COP SUSPENSO POR TEMPO INDETERMINADO...


Por motivo de segurança dos lutadores de vale-tudo, a Comissão Atlética dos EUA exige que os atletas sejam examinados antes e após as lutas e que eles fiquem afastados dos treinamentos e das competições caso algum problema seja identificado.
Como de costume, após a realização do UFC 119, no último final de semana, o evento divulgou a lista dos lutadores que foram provisoriamente afastados das atividades físicas em nota divulgada nesta segunda-feira (27).
O destaque fica por conta de Mirko Cro Cop, que foi suspenso por tempo indeterminado. Ele aguarda o resultado da tomografia computadorizada. Essa medida é comum entre atletas que são nocauteados.
O brasileiro Rogério Minotouro, que perdeu para Ryan Bader, também foi suspenso e ficará afastado por 30 dias para se recuperar dos traumas e cortes sofridos no combate.

Mirko Filipovic: suspenso por tempo indeterminado
Rogerio Minotouro: suspensão de 30 dias
Matt Serra: suspenso por tempo indeterminado
Evan Dunham: suspensão de 45 dias
Sean Sherk: suspensão de 30 dias
Joey Beltran: suspensão de 30 dias
Matt Mitrione: suspensão de 30 dias
Steve Lopez: suspensão de 30 dias
Sean McCorkle: suspensão de 30 dias
Mark Hunt: suspenso por tempo indeterminado

Fonte: R7.com

WAND: "CHEL SONNEN ELE VAI ESTÁ NA LISTA"

O ex-campeão dos pesos médios e do GP dos pesos médios do Pride, o brasileiro Wanderlei Silva, parece ter mais um lutador em sua lista de desafios futuros, se trata do americano e ex-contender dos pesos médios do UFC Chael Sonnen.
Isso claro depois do vídeo divulgado pela Wand Fight Team, onde o brasileiro dá uma lição de moral em Chael Sonnen, se você ainda não viu o vídeo confira aqui (Wanderlei Silva nos bastidores do UFN 22).
Em entrevista ao programa americano Tapout Radio, Wanderlei disse:
“Eu me sentei no carro e estava olhando para ele, eu olhei ele e me lembrei que ele tinha falado algumas coisas…”
Quando perguntado se o discurso no carro tinha sido antes ou depois da conferência de imprensa que antecedeu o UFC Fight Night 22, onde Sonnen se referir publicamente a Wanderlei como “alguém que costumava ser um lutador”, Wanderlei disse que a declaração foi depois do “bate papo” com Sonnen no carro.
“Este é o tipo de cara que… eu não sei, ele teve várias oportunidades de dizer isso no carro, mas ele não disse nada. Não sei o que aconteceu.”
“Vamos ver o que vai acontecer em seguida, ele fica na lista agora. Vamos ter que terminar isso no octogono. Eu quero fazer minha próxima luta com Leben e talvez depois lutar com ele, sem problemas. Eu vou esperar por ele também.”
Agora vamos ver o que é promover uma luta de verdade, porque para promover uma luta, ninguém melhor que Wanderlei Silva, e melhor que a luta seja outra vez na Califórnia, só pra certificar que o Sonnen não vai apelar para a testosterona de novo.

Fonte: MMA By Neko

TERERÊ: "ESTOU VOLTANDO AOS POUCOS"

Após uma longa batalha contra o vício, Fernando Tererê está recuperando a boa forma – e o ritmo forte de treinos. Em um verdadeiro tour pela Europa, o bicampeão mundial tem seminários marcados na Suécia, Espanha, Suíça, Itália e Portugal, mas já pensa adiante. “Depois vou dar uma descansada, mas não param de chegar propostas. Vou ver se fico morando um tempo com o (Rubens Charles) Cobrinha nos Estados Unidos”, conta o atleta à TATAME. “Será bom para treinar bastante, mas o bom mesmo é que estou voltando aos poucos”, finalizou.
Fonte: Tatame

CAMPEONATO BRASILEIRO DE BOXE OLÍMPICO

A cidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, recebe de 9 a 17 de outubro, o 65° Campeonato Brasileiro de Boxe Olímpico Masculino e o 3° Campeonato Brasileiro de Boxe Olímpico Masculino Cadete.
As pelejas dos torneios acontecem simultaneamente no Ginásio Municipal de Esportes Antonio Carlos Natalone, situado no Complexo Esportivo Dr. Wilson Romano Calil e a expectativa é de um número recorde de inscritos.
Meiaguarda.com

BELLATOR COM CARD FEMININO

A trigésima primeira edição do Bellator, acontece amanhã em Lake Charles, Louisiana, Estados Unidos.
O torneio contará com a disputa do GP feminino até 52kg. Entre as candidatas ao título, estão a japonesa Megumi Fujii que encara a experiente Lisa Ward, e a bela namorada do cearense Jorge Gurgel, Zoila Frausto, pegando a atleta da ATT Jessica Aguilar.
Confira abaixo o card completo do evento, que também conta com a estréia do polonês Michal Kita, que venceu 10 das suas 14 lutas por nocaute ou finalização, e o ex-UFC, Yoshiyuki Yoshida enfrentando Chris Lozano, pelo torneio dos meio-médios.
Bellator 31
Casino Resort in Lake Charles, Louisiana, USA
30 de setembro de 2010



GP até 52kg
Lisa Ward x Megumi Fujii
Jessica Aguilar x Zoila Frausto

Chris Lozano x Yoshiyuki Yoshida
Mark Holata x Shawn Jordan
John Harris x Kyle Miers
Tim Ruberg x Aaron Davis
Dave Herman x Michal Kita
Scott Stapp x Mike Chandler
meiaguarda.com

AQUECIMENTO E DESAQUECIMENTO

Fisioterapeuta e praticante de Jiu-Jitsu notei que o atleta, em geral, sempre realiza o aquecimento antes de seus treinos, porém nunca questionando quais os reais efeitos disso em seu corpo, portanto, acredito ser de extrema importância abordar este assunto.

Aquecimento
A importância de um programa de exercícios propriamente estruturado pode render e resultar em níveis de preparo mais altos para os atletas, otimizando assim o desempenho e os resultados nas modalidades esportivas praticadas, tanto nos treinos quanto nas competições.
Um componente desse programa de exercícios é o aquecimento, extremamente difundido por parte dos treinadores e atletas na rotina diária de treinamento, no entanto pouco se fala a respeitos dos objetivos, efeitos fisiológicos e prescrição dos exercícios de aquecimento.
Deve-se saber que, fisiologicamente, há um atraso entre o início da atividade e os ajustes corporais necessários para suprir as demandas físicas do corpo, sendo o objetivo do período de aquecimento fornecer ajustes necessários antes da atividade física.
O alongamento deve ser realizado de forma gradual e suficiente para ocorrer um aumento da temperatura muscular e central, em média um período de dez minutos, tendo o cuidado para não reduzir as reservas de energia ou mesmo levar o atleta à fadiga. O intervalo ideal entre o final do aquecimento e o inicio da atividade é de 5 a 10 minutos. O efeito do aquecimento perdura de 20 a 30 minutos. Após 45 minutos a temperatura corporal já retomou sua temperatura de repouso.
Pode-se dividir o alongamento em duas categorias, sendo elas:
· Aquecimento geral: tem como principal propósito aquecer o corpo como um todo, utilizando exercícios que exijam ação de grandes grupos musculares, podendo ser realizados por meios de movimentos corporais gerais, alongamento e corrida, entre outros.
· Aquecimento específico: tem como objetivo preparar uma musculatura específica exigida em determinada modalidade,além de proporcionar um treinamento das habilidades que serão utilizadas na atividade pós-aquecimento. Pode-se citar como exemplo, um atleta do muay-thai ou boxe que realizaria o aquecimento através de socos ou chutes em menor intensidade.
Os Os principais objetivos do aquecimento são:
- Aumentar a temperatura muscular, central e preparar o sistema cardiovascular e pulmonar para a atividade e desempenho esportivo;
- A temperatura muscular mais elevada, aumenta a eficiência da contração muscular, reduzindo a viscosidade do músculo e aumentando a velocidade de condução nervosa;
- Dilatação dos capilares aumentando a emissão de oxigênio para os músculos ativose minimizando o déficit de oxigênio e formação de ácido lático (ácido relacionado a dores musculares e câimbras);
- A prevenção de lesões deve-se também com o aumento da temperatura, pelo qual há uma redução da resistência elástica e da resistência do atrito, portanto as estruturas como músculos, ligamentos e tendões tornam-se mais elásticos e menos susceptíveis a lesões ou rupturas. Também há mudanças nas articulações, apresentando estas com maior produção de líquido sinovial - líquido interno das articulações que lubrifica as mesmas e permite um movimento mais suave e indolor – tornando-se mais resistentes às forças e pressões;
- Também como efeito do aquecimento, a ativação nas estruturas do sistema nervoso central, conseqüentemente melhorando o estado de alerta e de atenção, favorecendo assim, o aprendizado técnico, a capacidade de coordenação e precisão de movimentos, requisitos fundamentais no treinamento de um atleta.

Desaquecimento, resfriamento ou volta à calma
Tão importante quanto o aquecimento, porém pouco utilizado por parte dos treinadores e atletas, encontra-se o período de desaquecimento necessário após os exercícios, com o objetivo de:
- Prevenir o acúmulo de sangue nos membros, continuando a usar os músculos para o retorno venoso;
- Auxiliar na reposição das reservas de energia;
- Evitar desmaios aumentando o retorno do sangue para o coração e cérebro;
- Auxílio no retorno da pressão arterial aos níveis de repouso e auxilia no relaxamento das estruturas envolvidas na atividade anteriormente executada.
As características são semelhantes às do aquecimento, sendo priorizados exercícios corporais totais e com duração média de 5 a 10 minutos.
Por fim, deve-se lembrar que nem todos os indivíduos possuem o mesmo preparo físico, cabendo ao profissional credenciado a progressão adequada e segura dentro da tolerância de cada atleta.

Espero que essas informações colaborem para a melhora do programa de treinamento assim como no desempenho dos atletas, tendo em vista sempre os melhores resultados!

Bons treinos e até a próxima!
OSS!
Luís Felipe Minechelli
Fisioterapeuta esportivo, especializando em Fisioterapia Esportiva pelo CETE/UNIFESP
Tel: (11) 9233-9531

terça-feira, 28 de setembro de 2010

V OPEN TORRE FORTE DE JIU-JITSU


CURRAIS NOVOS JÁ SE PREPARA PARA O ENCONTRO DE PRATICANTES DA ARTE SUAVE,VENHA FAZER E REVAR AMIGOS NO MAIOR EVENTO DE JIU-JITSU DO INTERIOR DO ESTADO!

WILL RIBEIRO SEGUE NA LUTA PARA VOLTAR AOS RINGUES


Por Eduardo Cruz,
Will Ribeiro – ex-atleta do WEC – sofreu acidente de motocicleta em dezembro de 2008 e teve sequelas no cérebro que até hoje exigem cuidados especiais. Na época, muitos disseram que o lutador estaria definitivamente acabado para o esporte mas Will tem lutado bravamente para derrotar os problemas de saúde.
 Em primeira mão ao blog Mano a Mano, o atleta compartilhou mensagem de seu médico, o Dr. Edelto Antunes, especialista em cirurgias cranianas. Will Acredita na possibilidade de realizar o maior sonho de sua vida: voltar aos ringues! Confira o teor do e-mail na íntegra.
 Nós estamos esperando a aprovação e liberação da ANVISA para que cirurgias como a que faremos no Will possam ser realizadas aqui no Brasil e no mundo, se Deus quiser.
 Já há dez, quase 11 anos, eu venho realizando cirurgias e ajudando a desenvolver técnicas e materiais para a correção de defeitos ósseos complexos do crânio e da face.
 Sempre tive as devidas liberações para atuar como cirurgião e pesquisador nesse campo da pesquisa.
 Atualmente, por exigências de padrões internacionais e do governo brasileiro (ANVISA), estamos tendo que nos adequarmos às novas regras para que tudo isso seja também conhecido e aceito no Brasil e também no mundo.
 Por isso, não podemos nos antecipar a essas exigências / liberações e operarmos já os nossos pacientes, sob pena e risco de invalidarmos todo o processo.
 Para você ter uma idéia, a prótese e todo o material da cirurgia do Will já estão prontos há + três meses. E não só dele, de outros também.
 Com o cumprimento dessas novas etapas junto ao Governo, estaremos prontos e liberados  para realizarmos as cirurgias e iniciarmos o treinamento de outros grupos”.
 “Eles (médicos) me disseram o seguinte: que a prótese é de material rígido, feita de silicone, e que será colocada na caixa craniana. Minha cabeça vai ficar normal como antes, vai aguentar tudo como antes. Serei o primeiro paciente do Rio de Janeiro a receber esse tipo de prótese. Minha cabeça ficará nova, pronta para outra” comentou Will Ribeiro, bem humorado como sempre apesar das adversidades.
 A fera segue em tratamento fisioterápico e tem atuado como árbitro de combates de MMA, atividade que o mantém próximo ao esporte que ama e no qual pretende voltar a brilhar um dia.
 A grande notícia é que o valoroso atleta foi convidado a dar aulas de boxe no BOPE do Rio de Janeiro. O convite foi feito pelo Capitão Ivan Blas, que vê em Will um excelente instrutor para a corporação militar de repressão ao crime.
 “Nunca vi um atleta como ele no Shooto, preciso e guerreiro. Sou fã dele” disse o oficial da PM-RJ.
 Wanderlei Silva e Michael Costa compraram a briga e trabalham em uma campanha com a parceria de uma revista americana para arrecadar fundos para ajudar na reabilitação de Will, que emocionado, comentou:
 “O Michael Costa doou uma bermuda de luta para ser leiloada. Ele e o Wanderlei vão tentar fazer a campanha para me ajudar. O Wanderlei é um cara muito bacana. Não imaginava que ele fosse tão gente boa assim. O cara nem me conhece e está fazendo isso por mim”.
 Caso você queira colaborar com o tratamento, aquisição de remédios, transporte e demais despesas destinadas à recuperação do lutador, faça seu depósito na conta a seguir detalhada.
 Nome: Will Marco Pessoa Ribeiro
Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 0201
Conta Poupança: 01300006328-7
Fone (rádio): (21) 7889-7776

ALDO E GAMBURYAN DIA 30 DE SETEMBRO

Pronto para colocar o cinturão do WEC em jogo pela segunda vez na carreira, José Aldo conversou com repórteres nos Estados Unidos e disse estar tranquilo para a luta contra Manny Gamburyan, duelo que acontece nesta quinta-feira (30) no WEC 51. “Ele é um grande lutador, e terá a oportunidade de ter o que eu tenho. É lógico que ele traz perigos, mas eu treinei certinho e estou tranquilo... A pressão existe pelo fato de ser campeão, mas eu entro lá e esqueço isso”, garante, revelando que ainda pensa em subir de peso para lutar no UFC. “Pensar, eu penso, mas não depende só de mim, mas também do meu treinador e minha equipe”.
Por outro lado, o ex-participante do reality show do UFC, Gamburyan tenta promover sua luta contra a máquina de lutar da Nova União. “Para ser sincero com você, eu respeito José Aldo. Ele é um verdadeiro campeão. Ele é um lutador fenomenal, mas o que ele puder fazer, eu também posso. Ele é um striker melhor, mas, definitivamente nós todos sabemos que eu posso trocar também. Eu posso bater forte”, conta Manny ao site MMA Nation. “Eu venho trabalhando o meu Wrestling, meu Jiu-Jitsu, meu condicionamento e eu estou pronto. Mal posso esperar para o dia chegar e eu finalmente ganhar o cinturão... Eu estou mais rápido e mais em forma agora. Eu venho fazendo muito trabalho de condicionamento. Eu estou em um camp por quase cinco meses e eu já estou enjoado disso. Eu só quero ir lá e acabar com ele”, conclui o atleta.
O evento, que acontece no dia 30 de setembro, terá cobertura em tempo real da TATAME. Prepare-se para o evento acompanhando, abaixo, um vídeo da TATAME TV no treino com José Aldo. Será que Gamburyan aguenta a pressão?

FEDOR APAGANDO VELINHAS

Hoje a lenda do MMA completa 34 anos, depois de quase uma decada de invencibilidade, Fedor perdeu seu ultimo combate para o brasileiro Werdum no Strikeforce, mesmo assim tem ainda um dos melhores cartéis do MMA, 32v-2l-1nc.
Cartel:

Loss 32–2 (1) Fabricio Werdum
Win 32–1 (1) Brett Rogers
Win 31–1 (1) Andrei Arlovski
Win 30–1 (1) Tim Sylvia
Win 29–1 (1) Hong-Man Choi
Win 28–1 (1) Matt Lindland
Win 27–1 (1) Mark Hunt
Win 26–1 (1) Mark Coleman
Win 25–1 (1) Wagner Martins
Win 24–1 (1) Mirko Filipovic
Win 23–1 (1) Tsuyoshi Kohsaka
Win 22–1 (1) Antônio Rodrigo Nogueira
NC 21–1 (1) Antônio Rodrigo Nogueira
Win 21–1 Naoya Ogawa
Win 20–1 Kevin Randleman
Win 19–1 Mark Coleman
Win 18–1 Yuji Nagata
Win 17–1 Gary Goodridge
Win 16–1 Kazuyuki Fujita
Win 15–1 Egidijus Valavicius
Win 14–1 Antônio Rodrigo Nogueira
Win 13–1 Heath Herring
Win 12–1 Semmy Schilt
Win 11–1 Chris Haseman
Win 10-1 Lee Hasdell
Win 9–1 Ryushi Yanagisawa
Win 8–1 Bobby Hoffman
Win 7–1 Renato Sobral
Win 6–1 Kerry Schall
Win 5–1 Mihail Apostolov
Loss 4–1 Tsuyoshi Kohsaka
Win 4–0 Ricardo Arona
Win 3–0 Hiroya Takada
Win 2–0 Levon Lagvilava
Win 1–0 Martin Lazarov

SUL BRASIL CUP

Faltam 12 dias para a segunda edição do Sul Brasil Cup, que rola no dia 09 de outubro, em Blumenau, Santa Catarina. A competição acontece paralela a tradicional festa do Chopp, a Oktober Fest, e com o grande atrativo de oferecer cinco mil reais em premiações.
O torneio que premiará em dinheiro todos os campeões absolutos, inovou na categoria livre do Master Preta, dando R$ 500 para quem triunfar entre os veteranos. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 06 de outubro.
O evento acontecerá no Ginásio Galegão, que fica ao lado da Proeb onde acontece a farra da cerveja. O Galegão esta situado no Parque Ramiro Ruediger e conta com internet wi-fi liberada, 40 mil m2 de puro lazer, parque para as crianças, quadras de esporte, mini-academia, ciclovia, entre outros atrativos.
A organização do evento esta contratando pessoas para trabalhar com arbitragem, prancheta e como mesários. Todas as funções serão remuneradas. Interessados entrar em contato com Marcos no tel: 047-8408-1007/8806-0452
Quem estiver interessado em competir no campeonato tem que correr para fazer reservas nos hotéis, porque a cidade vai estar lotada de turistas devido ao festival. Para mais informações e sobre como expor seu material de divulgação no Sul Brasil Cup, entre em contato pelos telefones (47) 9618-5217 (47) 8408-1007 ou pelo e-mail sulbrasilcup@gmail.com
meiaguarda.com.br

ASSUÉRIO SILXA E ZULUZINHO ACABOU EM PIZZA!

Uma noite quase que perfeita. Assim podemos denominar o Mr. Cage 4, que possuía um excelente card, nele estavam grandes feras locais em disputas de cinturão e lutas casadas, além de dois lutadores de nível internacional escalados para a super luta. O promotor do evento Samir Nadaf, escolheu mais uma vez as luxuosas instalações do Diamond Convention Center para sediar seu show de MMA, que teria tudo para ser perfeito se não fosse a ausência daquela que seria a luta mais esperada pelos presentes ao evento. O lutador Assuério Silva, que faria a luta principal contra Zuluzinho, desistiu do combate após entrar na jaula alegando que seu adversário estaria usando uma caneleira, fato que causou grande frustração ao público, que esperavam ansiosos pelo confronto de pesos pesados. Zuluzinho se defendeu mostrando que usava apenas um tensor e uma tornozeleira, para proteger a trombose que tem nas pernas, e que foi comprovado pela organização, e garantiu que em nenhum momento usaria chutes contra Assuério, mas de nada adiantou.

RESULTADOS COMPLETOS:

Mr. Cage 4
Manaus
Sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Lutas casadas:
- Augusto Pedra finalizou Sidney Lima com uma guilhotina no R2;
- Adriano Lima finalizou Fábio Trindade com uma guilhotina no R2;
- Alan Ferreira derrotou Wiliam Couto na decisão dos juízes;

Final do GP até 80kg:
- Sergio Sousa nocauteou Paulo Vitor no R1;

Cinturão até 60kg:
- Diego D'Avila finalizou Léo Jacaré com um mata-leão;

Final do GP até 75kg:
- Helderson Leal derrotou Mamed Jezini por nocaute técnico;
Tatame

Cinturão até 65kg:
- Naldo Faveloso derrotou Weliton Santos na decisão dividida dos juízes

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

”AQUELE QUE VENCE A SI MESMO É INVENCIÍVEL

                  "Aquele que vence a si mesmo é invencível"

Aquele que vence a si mesmo é invencível”, essa frase de um trecho do livro a Arte da guerra de Sun Tzu, pode ter uma grande aplicação prática no nosso Jiu-Jitsu . Nos treinos você vence a si mesmo se tornando invencível, quando você vence o seu medo de perder, de evitar lutas realmente difíceis, onde você treina isso pode e deve acontecer, e se ao invés de você evitar esses confrontos você for buscar essas lutas como “incentivo” ou “objetivo a ser alcançado” será o melhor caminho para o seu Jiu-Jitsu evoluir. É claro que ganhar é melhor do que perder, isso é inqüestionável, mas quantas vezes evitamos lutar com certos lutadores por não querer perder, ou por acreditar que a derrota será o mais provável? Essa atitude representa evitar uma provável constatação de nossas falhas ou a certeza que ainda não estamos em certo nível, técnico, físico ou ambos. Então quase inconscientemente procuramos certos colegas de treino e evitamos outros.
Quando tomamos consciência desse sentimento e o usamos como referência, ele poderá ser útil em nosso desenvolvimento técnico, físico e mental. Porque começamos a usar nossa mente com sabedoria, o primeiro passo é procurar determinado treino que você considere como um lutador a ser “batido”, que você julgue ser melhor do que você. No seu íntimo você pode achar que ele tem tudo para te finalizar, mas você também tem um percentual de chance de vitória, isso é importante acreditar, e caso não ganhe, pense na luta, na dinâmica dela, para tirar observações e conclusões. Porque a derrota pode mostrar onde estão seus pontos fracos e onde deve trabalhar para corrigir os defeitos. Estudar novas posições ou estratégias, melhorar condicionamento físico, buscar um equilíbrio mental para não “fechar a mente” na hora da luta, todos esses fatores são importantes para um lutador, independente se é competidor ou não.
Então ao você se lançar nesse “auto-desafio”, você provocará uma puxada no seu rendimento em todos os aspectos, e aos poucos seu Jiu-Jitsu estará sendo refinado e seu nível subindo, em todos os aspectos. Existem lutadores que têm como meta principal “não perder”, acho que o ponto principal, é buscar sempre a vitória. Vencer em todos os níveis, sentir que você está se superando, aquele cara que te esmagava, num treino de academia, te finalizava duas ou três vezes, agora te finaliza uma quando consegue! Daqui a pouco você sente que quase o finalizou, e em breve a vitória irá chegar fruto do seu esforço. Nos treinos na sua academia, treine com a mente aberta, arrisque, busque novas posições e vá melhorando sua rotina de luta. Mesmo que na hora, você não tenha certeza do sucesso do seu movimento, faça, arrisque, assim que é o caminho da evolução. É só fazendo, experimentando posições na hora dos treinos na sua academia que você vai desenvolver o seu Jiu-Jitsu.
Luiz Vitor, GAS JJ

CRO COP AO "PÉ DO OUVIDO" DE MIR

Instantes antes de ser nocauteado na luta principal do UFC 119, evento que aconteceu no último sábado nos Estados Unidor, Mirko “Cro Cop” Filipovic conversou ao pé do ouvido com Frank Mir, enquanto estavam presos no clinche. Em entrevista ao site croata Index, o striker falou que só deve voltar ao octagon em 2011, e ainda revelou o que ele e seu algoz conversaram:

Cro Cop: “Me deixe ir, vamos para o centro (do octagon) e lutar”
Mir: “Vamos para o chão”
Cro Cop: “Ok, se eu ficar por cima”
Mir: ‘Nós vamos ficar no clinche”

Fonte: Tatame

I COPA JIU-JITSU SEM QUIMONO EM ENGENHO DE DENTRO

O faixa-preta de jiu-jitsu e líder da filial da Brazilian Fight no bairro Méier, na capital fluminense, confirmou para o dia 09 de outubro (sábado) a realização do I Copa Jiu-Jitsu sem Quimono. As competições acontecerão durante todo o dia no Ginásio do Sesc, em Engenho de Dentro, com início a partir das 9 horas da manhã.
Vão ser concedidas medalhas para os três primeiros lugares em cada categoria e mais 1 kit fornecido pelos patrocinadores para os campeões. As inscrições custão R$ 20 e vão até o dia 05 de outubro (terça-feira). Maiores informações podem ser obtidas através do email-joaoclaudiobjj@ig.com.br.
meiaguarda.com.br

COPA BRASIL DE HAPKIDO EM RECIFE

 Federação Pernambucana de Hapkido e a prefeitura de Recife, realizam nos dias 09 e 10 de outubro, a Copa do Brasil Hapkido. O torneio acontece no Círculo Militar do Recife, localizado na Av. Governador Agamenon Magalhães, na capital pernambucana.
"O objetivo do torneio é trazer para Pernambuco a experiência de outros estados no Hapkido, esporte bastante difundido no Centro-Sul do país, América Latina, Europa e Ásia." comentou Mestre Paulo Silva, Bi-campeão mundial da modalidade.
O evento contará com quatrocentos atletas de dezessete estados, disputando o título da competição. Maiores informações podem ser obtidas através dos telefones-(81) 9751-1918/9639-2475 e 8631-3683.
meiaguarda.com

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

POLÍCIA INVESTIGA CAUSA DA MORTE DE LUTADOR DE JIU-JITSU NO INTERIOR DE SP

A polícia investiga a causa da morte de um professor de jiu-jitsu em Pederneiras, a 340 km de São Paulo. O corpo de André Luis Andrade, de 31 anos, foi enterrado nesta terça-feira (21) à tarde. Ele pode ter morrido por ingestão de álcool e calmante. O lutador foi várias vezes campeão paulista e brasileiro da modalidade.
Foi a namorada de André, que está grávida de quatro meses, que percebeu que ele não estava bem. “Ele consumiu bebida com remédio. Daí, ele caiu e levantou. Eu acabei dormindo. Quando eu levantei eu vi que ele estava na mesma posição. Foi quando eu percebi e chamei a polícia, a ambulância”, contou. Ela disse que o namorado fazia tratamento para depressão.
O lutador foi encaminhado ao Pronto Socorro de Perdeneiras, onde, segundo a polícia, já chegou sem vida. De acordo com o boletim de ocorrência, André misturou medicamentos com bebidas alcoólicas. “Nós encaminhamos todas as perícias necessárias. Aguardaremos o laudo do IML de Bauru e estamos intimando os familiares e outras pessoas para concluirmos e esclarecermos os fatos”, disse o delegado Eduardo Herrera.
 G1

FRANK MIR, CRO COP, E MINOTOURO EM AÇÃO AMANHÃ.

Por Marina Ivo, assessora do UFC no Brasil:

Amanhã o octógono vai ferver pela primeira vez em Indiana, nos Estados Unidos, com o UFC 119. Frank Mir, duas vezes campeão na categoria peso pesada, enfrenta a lenda das artes marciais mistas, o croata Mirko Cro Crop.
O brasileiro Rogério Minotouro (irmão gêmeo de Rodrigo Minotauro) pega a estrela em ascensão Ryan Bader.   Ainda nesta edição, a revanche entre o ex-campeão dos meio-médios Matt Serra e Chris Lytle, nativo de Indianápolis. O evento será realizado na Conseco Fieldhouse em Indianapolis, Indiana.
 No Brasil, o show será exibido ao vivo no Combate às 23h, e também em alta definição no Combate HD. Uma hora antes, o assinante do canal à la carte especializado em lutas da Globosat, confere o Countdown to UFC 119, programa que traz toda a preparação dos principais lutadores da noite.
 Inicialmente, Frank Mir enfrentaria o brasileiro Rodrigo Minotauro na edição 119. Por causa de uma lesão no quadril, sofrida durante os treinos no mês passado, Minotauro foi substituído pelo croata Mirko Cro Cop.
 “Eu estava muito motivado para lutar com o Rodrigo Minotauro. Mas era alguma coisa que eu já tinha feito na edição 92. Se eu entrasse no octógono e não o nocauteasse em 7 minutos ou ganhasse na decisão dos juízes, para mim, seria como uma derrota”, disse Mir, que venceu o brasileiro em dezembro de 2008. “Com o Cro Cop é algo totalmente novo. Eu fico intrigado com a idéia de se eu cometer um erro, a luta acaba”, completou.
 “Talvez Frank seja o melhor grappler do UFC hoje e, definitivamente, eu não vou testar a minha sorte no chão. Isso não é um segredo, é algo que todo mundo sabe, eu vou tentar manter o Frank em pé”, revelou o Cro Cop.
 Conhecido pelas suas mãos pesadas e seu jogo mortal no solo, o brasileiro Rogério “Minotouro” Nogueira é perigoso em qualquer tipo de jogo. Em apenas 1min56s ele nocauteou Luiz Cane na sua estréia no UFC em novembro passado. Em maio deste ano, ele venceu na decisão dividida dos juízes contra Jason Brilz. Agora, encara o seu adversário mais duro, o invicto meio pesado Ryan Bader. O lutador acumula quatro vitórias consecutivas desde que começou no UFC e vem de um nocaute contra o veterano Keith Jardine no UFC 110.
 Matt Serra contra Chris Lytle é outra luta que promete. Os dois se enfrentaram no The Ultimate Fighter 4, em 2006 e, como eram companheiros de equipe, Serra e Lytle conheciam o jogo um do outro. Enfim, depois de quase quatro anos, os fãs poderão ver a revanche e checar o crescimento dos dois lutadores no octógono.
 Nas lutas preliminares, o brasileiro Thiago Tavares volta a trilhar o caminho da vitória. Quando começou em 2007, obteve uma vitória espetacular contra Jason Black na sua segunda luta na organização e passou a ser chamado de Fenômeno. Depois de um ano fora do evento, enfrenta o estreante Pat Audinwood.  “Vou mostrar que no UFC estão os melhores do mundo. Quem chegar vai ter que perder dos veteranos”, disse o brasileiro.

Card Principal
Frank Mir X Mirko Cro Crop
Ryan Bader X Rogério Minotouro
Matt Serra e Chris Lytle
Sean Sherk X Evan Dunham
Melvin Guillard X Jeremy Stephens

Card Preliminar (Não Haverá Transmissão Pela Tv)
CB Dollaway X Joe DoerksenMatt Mitrione X Joey Beltran
Thiago Tavares X Pat Audinwood
Steve Lopez X Waylon Lowe
TJ Grant X Julio Paulino
Mark Hunt X Sean Mccorkle
Manoamano

TERERÊ "APRENDENDO" AS NOVIDADES DO PANO.

Fernando Tererê dispensa apresentações. Ídolo de várias gerações, o faixa-preta está recuperando o tempo perdido com o que sabe fazer melhor: Jiu-Jitsu. “Venho de uma doença muito grave na minha carreira e estou tendo a oportunidade de estar treinando de volta”, comemora Tererê, que roda a Europa com diversos seminários, visitando filiais da Alliance e de outras academias.
 “Todos os amigos que eu estou visitando estão me recebendo muito bem... Está sendo bom para mim porque, depois dos seminários, estou sempre pegando algumas novidades de treinos com eles, fora o carinho da galera que gosta do meu estilo de luta... Isso já me deixa bastante feliz”, conta o bicampeão mundial de Jiu-Jitsu, dando atenção aos pequenos detalhes de todas as posições. “Nos lugares aonde vou pretendo, depois disso tudo, treinar e me dedicar em repetições de posições. Sei que estou em uma equipe boa, com tem vários talentos, onde posso aprender e pegar a base e o tempo do negócio de novo”, disse, feliz. Neste domingo, Tererê se reencontra com Alan Finfou, amigo do Rio de Janeiro, para alguns seminários na Suécia.
Tatame

MINOTO-CONFIO NO MEU JIU-JITSU PARA SEGURÁ-LO

Rogério Minotouro encara Ryan Bader neste sábado, em Indiana, quando acontece o UFC 119.
“Um lutador muito duro, com uma qualidade técnica impressionante no wrestling e muito forte. Ele é muito veloz, o que é muito importante no MMA, e também consegue misturar isso a uma boa trocação. O wrestling dele é muito forte, mas confio no meu Jiu-Jitsu para segurar isso e acho que o meu boxe é melhor”, analisa Minoto em entrevista a repórter Paula Sack, no site do UFC.
Vindo de uma vitória em luta parelha contra Jason Brilz, no UFC 114, Minotouro sabe que precisa convencer para seguir firme rumo ao cinturão.
“Esse é o plano, mas realmente tem muita gente boa no páreo, como o Lyoto Machida, Rashad Evans, o Rampage e o próprio Bader. É muita gente boa e serão grandes desafios pela frente. Tenho certeza que vou me dar bem e correr atrás desse cinturão”, aposta.
A luta vai ser transmitida ao vivo pelo canal Combate, mas todos os detalhes estarão aqui no GRACIEMAG.com. Para aumentar a expectativa, Minoto promete raça dentro do octagon.
“Peço a galera para fazer uma corrente positiva, que vai ser uma grande luta. O Ryan é um atleta duro, mas vai encontrar uma pedreira pela frente”, encerra.
Meiagurada

IRMÃOS "PITBULL" NO BELLATOR

Depois de fazer três grandes lutas no Bellator, Patricio “Pitbull” já tem data marcada para retornar à Terra do Tio Sam. Desta vez, o brasileiro enfrentará o americano Anthony Morrison na Filadélfia, no dia 21 de outubro. Segundo o presidente do Bellator, Bjorn Rebney, Pitbull fará este combate para não perder o ritmo, já que o atleta já tem vaga garantida no próximo GP até 66kg do Bellator. Patrício “Pitbull” Freire possui um recorde de 14 vitórias com apenas uma derrota e já sonha em ver seu irmão, Patricky Pitbull, também assinado com o Bellator. “Juntamente com meu empresário conversamos com o presidente do evento e ele disse que é praticamente certa a presença do meu irmão no GP até 70kg. Estou muito contente em lutar no Bellator e com a possibilidade do meu irmão entrar também”, afirmou o atleta.
Tatame.

IV COPA FORTALEZA DE JIU-JITSU

A IV Copa Fortaleza de jiu-jitsu, competição válida pela quarta etapa do circuito estadual FJJO-CE, será disputada nos dias 14 e 15 de novembro, no ginásio da Faculdade Marista na região central da cidade de Fortaleza, no Ceará.
O evento contará com combates nas categorias mirim até a sênior, em todas as faixas e as inscrições podem ser realizadas até o dia 12 de novembro ao preço de R$25 para todas as graduações, menos a maior que esta isenta da taxa. Quem quiser competir no absoluto, terá que desembolsar R$ 10 da branca á marrom e R$ 50 para a faixa-preta.
O campeões, vices e terceiros colocados nas categorias serão premiados com lindas medalhas, já os que triunfarem nos absolutos da branca a marrom, receberão além das medalhas, suplementos da DNA. Na categoria maior da faixa-preta os três primeiros serão recompensados com kimonos e kits de suplementos, com o campeão ainda levando uma bike zerinha.
Atletas do interior do Ceará e de outros estados podem efetuar o pagamento através de depósito bancário e enviá-lo junto com a ficha de inscrição corretamente preenchida para o email fjjoce@hotmail.com. Para maiores informações sobre o torneio é só ligar para (85) 8803-1088.
Conta para depósito das inscrições:
Banco do Brasil
Conta- 13.619-0
Agência- 3140-2
Favorecido-FJJO/CE
meiaguarda.com.br

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

5.000 MIL REAIS EM PREMIOS



MEGA EVENTO DE SUBMISSION NO RIO GRANDE DO NORTE COM PREMIAÇÃO QUE ULTRAPASSA 5MIL REAIS.
MAIORES INFORMAÇÕES NO E-MAIL: xhinno@hotmail.com

PARABÊNS A DENNYS O GRANDE RESPONSÁVEL POR ESSE EVENTO QUE COM CERTEZA IRÁ FICA NA HISTÓRIA DAS LUTAS NO RN.

WAND PARA SONNEM "RESPEITO É BOM E CONSERVA OS DENTES"

De Wanderlei Silva para Chael Sonnen:
- Você pode fazer um desafio, falar da luta, promover, tudo bem, mas você tem que tomar cuidado com o que você falar, sobre o Brasil. Você fica falando coisas ruins sobre o Brasil… Você não conhece o Brasil. Você tem que respeitar o que você não conhece. Eu ouvi você falando sobre os irmãos Nogueira. Esses caras são a história do esporte. Você tem que respeitá-los. Não faça mais isso, é perigoso. No Brasil nós temos um ditado: quem respeita não perde os dentes.
Para os desavisados, entre outras baboseiras Sonnen soltou a peróla que segue abaixo antes de encarar Anderson pelo UFC 117:
- Ele (Anderson Silva) tem uma faixa preta dada pelos irmãos Nogueiras. Eu realmente não entendo qual é a grande coisa nisso. Um deles (Minotauro) é um saco de pancadas e o outro (Minotouro) é simplesmente ignorado, ele é realmente irrelevante.
Veja aqui o vídeo onde, cara a cara, Wanderlei bota moral no americano que quase tomou o cinturão dos médios das mãos de Anderson Silva. 
Manoamano

SPORTV TRANSMITIRÁ O DUELO DE LYOTO E RAMPAGE

No Sensei SporTV do dia 25 de setembro exibiremos um super especial com o ex-campeão dos meio-pesados do UFC Lyoto Machida. Em preparação para a épica batalha contra Quinton Rampage Jackson, no UFC 123, que terá transmissão ao vivo do SporTV, em 20 de novembro, o carateca recebeu nossa equipe e falou tudo que seus fãs sempre quiseram saber desde que o Dragão foi abatido em voo por Maurício Shogun. Será a segunda vez que o Canal Campeão exibirá uma luta do casca-grossa. Na primeira, ele nocauteou seu compatriota Thiago Silva. Confira uma galeria de fotos do dia com a simpática família Machida:
Sensei.

POTIGUAR NUMERO UM DO MUNDO LUTA HOJE

Número um dos pesos moscas no MMA, Jussier Formiga voltará aos ringues no dia 4 de dezembro, data em que estreia no MMA norte-americano contra Danny Martinez. Enquanto não chega a hora da luta, o potiguar segue competindo em outras modalidades.
Realizando sua segunda edição no Brasil, o evento Gladiators of the Night, programado para acontecer hije em Natal, contará com Formiga em ação, colocando seu título em jogo contra Edimar Cruz, atleta que está invicto nas regras do Muay Thai. “Adoro lutar, por mim eu lutava toda semana, pois é o que melhor sei e gosto de fazer... Na minha categoria não é fácil fechar lutas de MMA por isso me mantenho sempre lutando, seja no Jiu-Jitsu, no Boxe, Submission, Wrestling ou K-1, como é o caso do Gladiator”, conta Formiga.
“Vou fazer a minha primeira defesa de cinturão no evento contra o Edimar Cruz, que está invicto nas regras do K-1 e venceu a última edição do evento, se classificando para a disputa”, conta, analisando o jogo do oponente. “Edimar é um atleta bem agressivo e que trabalha bem o Boxe, mas me preparei bem na Kimura Nova União com o nosso professor de Boxe, Netinho Pegado, pai do Renan Barão, e espero fazer um grande combate, pois vou partir para cima e buscar terminar o combate antes do tempo previsto”, promete.
 Organizador da edição brasileira do evento, Helinho Fidélis se mostra otimista com o crescimento do esporte. “O evento está crescendo cada vez mais no Brasil e este ano vamos fazer mais uma edição em novembro, cumprindo os três eventos por ano que havíamos programado, já que a nossa intenção é fazer com que o Gladiator faça parte do calendário de lutas de Natal e em seguida do calendário nacional”, comemora. Segundo informações, o evento selecionará dois atletas para disputar o cinturão europeu do evento, em fevereiro de 2011 em Lisboa, Portugal.
Tatame

Ex-lutadores do Pride e UFC, Zuluzinho e Assuério Silva fazem um duelo de peso na luta principal do Mr. Cage, evento que acontece hoje à noite em Manaus. Confira abaixo o card completo, que conta com diversos cinturões em jogo, e garanta o seu ingresso através dos telefones (92) 3213-5254 e (92) 3084-1034.

CARD COMPLETO (sujeito a modificações):


Mr. Cage
Manaus
Quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Cinturão até 85kg:
- Adriano enfrentará Fábio Trindade;    

Cinturão até 60kg:
- Diego D'Avila enfrentará Léo Jacaré;

Cinturão até 70kg:
- Elifrank Nascimento enfrentará Erick Silva;

Cinturão até 65kg:
- Weliton Santos enfrentará Naldo Faveloso;

Final do GP até 80kg:
- Sergio Sousa enfrentará Paulo Vitor;

Final do GP até 75kg:
- Mamed Jezini enfrentará Helderson Leal;

Lutas casadas:
- Jean Silva enfrentará Augusto Pedra;
- Wiliam Couto enfrentará Alan Ferreira;

Cinturão dos pesos pesados:
- Assuério Silva enfrentará Zuluzinho.
Tatame

CELSINHO TEM A MISSÃO DE CONTINUAR COM EQUIPE RYAN GRACIE

Logo após a morte de Ryan Gracie, Celsinho Venicius recebeu a missão de seguir com o trabalho de Ryan em São Paulo. Desde que se mudou para Sampa, o tricampeão mundial dava aulas no bairro de Moema, mas revelou que a equipe voltará a treinar na matriz, no bairro do Itaim Bibi.
"Estamos nos mudando para a matriz, onde o Luizinho já dava aulas. Agora, além dele, eu, Gabriel Vella e o Russo também estaremos dando os treinos da equipe lá", contou Celsinho, que espera que mais de 300 alunos passem diariamente pela academia.
 Enquanto arruma a mudança, Celsinho faz planos para voltar aos tatames. "Ajeitando isso, volto e treinar e espero lutar ate o final do ano", conta o faixa-preta, que neste domingo (26) fará um seminário na filial da equipe na Rua das Hortências, em Santo André. Os interessados podem mandar um e-mail para celsinhogjj@gmail.com.

AMIGOS E ATLETAS DA NOVA UNIÃO IRÃO DISPUTAR O CINTURÃO

Luta entre amigos é assunto delicado no MMA, e o caso fica ainda mais complicado quando os atletas treinam na mesma equipe. Porém, quando há cinturão em jogo a coisa muda de figura. Atual campeão até 83kg do Shooto Sul-Americano, Carlos Índio vem de derrota para o afegão Siyar Bahadurzada na disputa do título mundial, mas já se prepara para colocar o título continental em jogo. O desafio, marcado para o começo de dezembro, será contra Leandro Batata, campeão do GP do Fury e companheiro de treinos na Nova União.
Tatame

terça-feira, 21 de setembro de 2010

VITOR A UMA LUTA DA DISPUTA DO CINTURÃO


O UFC 122 acontecerá no König-Pilsener Arena, em Oberhausen, Alemanha, no dia 13 de novembro. Vitor Belfort fará a principal luta da noite contra Yushin Okami, e o vencedor será o próximo desafiante ao cinturão da divisão dos médios (até 84Kg), atualmente em posse de Anderson Silva.
 Marshall Zelasnik, Diretor de Desenvolvimento Internacional do Ultimate Fighting Championship, teceu o seguinte comentário:
 “Estamos felizes por voltar à Alemanha com o UFC 122 para premiar os nossos fieis fãs alemães. Tanto o Vitor Belfort quanto o Yushin Okami estão a uma vitória da disputa do título da categoria dos médios e vêm com o propósito de vencer ou perder. Esse é um evento esportivo de significância internacional tremenda e estamos satisfeitos por termos sido capazes de trazer o espetáculo para Oberhausen”.
 Já Marek Lieberberg da MLK, parceira promocional do Ultimate na Alemanha, declarou:
“Estamos empolgados por trazer o esporte de combate mais popular do mundo de volta para a Alemanha, seguindo o nosso ótimo evento do verão passado (UFC 99 “The Comeback”). Belfort e Okami são dois dos melhores no mundo e essa é uma excelente atração principal. Vitor é faixa preta em judo e jiu-jitsu e competiu como boxer profissional enquanto o Yushin é extremamente bom”.
 O “Fenômeno” possui vitórias sobre Tank Abbott, Wanderlei Silva, Randy Couture e Matt Lindland, sem falar no mais recente nocaute aplicado sobre Rich Franklin, em menos de três minutos.
 “É um prazer ir para outras partes do mundo e lutar para os fãs de lá” comentou o brasileiro. “Estou aqui para reconquistar meu legado como um dos melhores lutadores do mundo. Tenho conquistado muitas coisas na minha carreira mas sempre estou feliz por estar na academia treinando para ficar ainda melhor”.
 “Os fãs alemães assistirão uma performance 100% contra o Okami. Estou ansioso para nocatear. Sempre busco o nocaute. Sei que o Okami é o tipo de cara que bate um tanto forte e que também possui estilo judoca, mas estou numa missão para me tornar o campeão do UFC novamente” finalizou a fera que possui dezenove vitórias ao longo de sua vitoriosa carreira no esporte.
 O japonês Yushin Okami (26-5) finalmente terá a oportunidade de disputar o cinturão, caso derrote o ex-campeão meio pesado. O “Thunder” já derrotou Mike Swick, Evan Tanner, Dean Lister e mais recentemente Mark Munhoz, e reconhece que uma vitória sobre um ícone do calibre de Belfort solidificará seu status de desafiante.
 “Estou ansioso pela oportunidade de lutar com um excelente lutador como o Vitor Belfort no principal confronto de um grande card” disse o nativo de Kanagawa. “Ele ainda é meu ídolo e por isso estou muito empolgado. Ele vai exigir o melhor de mim. Vitor é um ótimo atleta mas sinto que tenho certas vantagens que posso usar na luta. Surpreenderei os fãs em todo o mundo com a minha apresentação”.  

RICKSON GRACIE TRAZ CONCEITO DO JIU-JITSU INVISÍVEL PARA O GRANDE ABS.

Durante a carreira, Rickson Gracie subiu em tatames e ringues 460 vezes oficialmente. Venceu todas e adquiriu status de lenda.

A seu lado, o companheiro fiel em todas as empreitadas: o jiu-jitsu, arte marcial japonesa repaginada no Brasil por seu pai, Hélio, e praticada como religião pelos inúmeros membros do clã há mais de 80 anos.
Hoje aos 51 anos, a idade e consequências físicas mais severas dos anos como competidor finalmente o fizeram ‘pedir água', mas apenas de forma indireta. Para sanar a obsessão por vitórias e manter a motivação em dia, persiste em lapidar a joia mais preciosa da família.
Após quase duas décadas em Los Angeles (EUA), voltou ao Rio de Janeiro e caiu na estrada para ministrar seminários pelos quatro cantos do País. No fim de semana, esteve em São Bernardo, onde transmitiu conhecimentos para cerca de 100 alunos.
Como próximo passo, o retorno ao Japão, onde lançará O Caminho da Invencibilidade, seu primeiro livro de auto-ajuda. "Tudo na vida é baseado em estratégias, você precisa ser assim (invencível) em muita coisa no dia-a-dia", ele diz. "Chamo isso de conceito do poder invisível. Em nosso caso basicamente utiliza a parte teórica e filosófica do jiu-jitsu como base para melhorar a rotina em aspectos de cumplicidade, perseverança, paciência e sucesso."
O tom doutrinário de Rickson segue na prática de cada movimento do seminário. O foco recaiu sobre detalhes específicos e relativamente esquecidos em cada fundamento. "Essência e base são fatores que fazem as pessoas compreender valores. O segredo é sempre esse", explica.
EXTREMO DEMAISParticipante do vale-tudo na época em que as disputas eram travadas praticamente sem regras e sem tempo de duração determinado, Gracie desaprova o panorama do MMA atual. Para ele, as disputas do tipo ainda deveriam manter o propósito para o qual foram criadas: saber qual luta é a mais eficiente. Ele categoriza a modalidade de hoje como "um esporte extremo demais" e calcado no puro atleticismo.
"Todos treinam do mesmo jeito e sabem as mesmas coisas. Com tempo curto de cada round, não há mais como traçar táticas defensivas e baseadas na paciência, que é o que prega nossa arte (jiu-jitsu). O MMA é quase todo baseado na loteria de trocar golpes. Aí dá para ter um campeão por semana", criticou.
"Eles (campeões de MMA) pensam que são bons, mas não sabem se defender. Aquela postura do (Rodrigo) Minotauro, do ‘bate na minha cara que bato na sua', é incondizente. Lutador de jiu-jitsu tem de subir no ringue para aproveitar os erros do adversário e sair de cara limpa. Paciência não é passividade. A precisão técnica da arte que permitia sobreviver nas situações mais difíceis se perdeu."
Mesmo desfavorável à dinâmica atual do esporte, Rickson destaca o paulista Demian Maia como grande representante da arte suave dentro do MMA.
"Ele (Maia) ainda mantém a semente. Mas se ficar muito nessa de aprender boxe, vai se confundir. Meu pai sempre disse que nunca lutou para vencer, e sim para não ser derrotado. Isso resume tudo que acreditamos", concluiu.

CRO COP E A GUERRA CONTRA FRAN MIR NO UFC 119

Uma contusão no olho sofrida durante a preparação para enfrentar Frank Mir colocou em risco a participação do veterano Mirko Filipovic no UFC 119, que acontece no próximo sábado, dia 25, em Indiana, Estados Unidos.
 “Cro Cop” estava de férias e recebeu o convite para enfrentar o ex-campeão da categoria peso pesado. Em respeito aos fãs e para fazer um favor ao UFC, decidiu aceitar o desafio apesar de reconhecer que a proposta da organização foi irrecusável.
 “Tive uma má sorte nos treinamentos. No último treino, no último minuto, machuquei um olho mas acho que dará tudo certo” disse ao Yahoo!Sports. O experiente atleta acrescentou que não cancelaria o combate sob qualquer circunstância.
 “Eu não aceitaria essa luta em qualquer outra organização senão no UFC. Estou pronto para assumir o risco mas afirmo que todo o dinheiro do mundo não compensa o olho ferido. Mas a essa altura, não há condição de voltar atrás”.
 “Frank Mir será o meu adversário mais difícil no UFC. Não será fácil. Seria mais fácil para mim se tivesse tido tempo para fazer um ciclo de treinamento completo, mas no final das contas, é problema meu. Aceitei a luta sob essas condições”.
 “Estava de férias quando eles me ligaram e não pude dizer não a eles. Não por causa do dinheiro mas por causa do respeito aos caras do UFC. Eles me ofereceram tudo e eu assegurei a minha vida financeira lutando para eles. Para ser honesto, o dinheiro foi muito bom e posso garantir que ninguém recusaria aquela oferta”.
 “Tentarei fazer o meu melhor, como uma luta de rotina, se a luta for para o terceiro round será desvantagem para mim. Mas como se sabe, na vida nada é ideal. Novamente, para ser  honesto, quando se tem 70 lutas suas prioridades mudam. Existe o medo de contusões mas afirmo que farei o meu melhor. Certamente irei para vencer mas acho que já fiz muito em aceitar essa luta. É a minha opinião” finalizou.
 No segundo combate mais importante do card, Antonio Rogério Nogueira terá pela frente Ryan Bader e uma vitória significará um passo importante para “Minotouro” em sua busca pelo cinturão da categoria meio-pesado. Confira o card completo:
 
Card principal
Frank Mir vs. Mirko Cro Cop
Ryan Bader vs. Antonio Rogerio Nogueira
Evan Dunham vs. Sean Sherk
Chris Lytle vs. Matt Serra
Melvin Guillard vs. Jeremy Stephens
Preliminares transmitidas pela Spike TV
C.B. Dollaway vs. Joe Doerksen
Joey Beltran vs. Matt Mitrione
Card preliminar
T.J. Grant vs. Julio Paulino
Steve Lopez vs. Waylon Lowe
Pat Audinwood vs. Thiago Tavares
Mark Hunt vs. Sean McCorkle

*Todas lutas confirmadas pelo UFC
MANOAMANO

LUTADOR DE JIU-JITSU FOI ENCONTRADO MORTO EM PEDERNEIRAS

O lutador e professor de jiu-jítsu André Luiz Andrade, 31 anos, foi encontrado morto na madrugada desta terça-feira em Pederneiras (a 38km de Bauru). Segundo o delegado Eduardo Herrera, que conduz as investigações, o socorro foi acionado pela companheira de André, cujo nome é preservado.
O corpo estava um dos quartos da casa no Jardim Marajoara, bairro de classe média, quando foi retirado por volta das 3h20 rumo ao Pronto-Socorro Central, mas já era tarde.
Mistura de álcool e remédio é apontada como causa, diz polícia.
Agência BOM DIA
Foto: Arquivo pessoal

A VEZ DAS CRIANÇAS NO JIU-JITSU NA JORDÂNIA

A Jordânia, país que incentiva a prática da arte suave entre as crianças, dá mais um importante passo na evolução do Jiu-Jitsu no Oriente Médio. Nos dias 24 e 25 de setembro, será realizado o primeiro campeonato de Jiu-Jitsu para crianças entre 4 e 14 anos na região árabe. “Daremos oito Playstation 3 para as crianças que ficarem em primeiro lugar, quimonos Keiko para os segundo colocados e medalhas para os que ficarem em terceiro”, conta o faixa-marrom Mohammed Bilbeisi, organizador da competição, confirmando a participação de atletas da Síria, Iraque, Egito e Palestina, além da própria Jordânia.
Tatame

KARATECA DE 44 ANOS DEIXA CIÊNTISTAS CURIOSOS

Após driblar as drogas, Ciça Maia, atleta de 44 anos, vira objeto de estudo, com frequência cardíaca surpreendente e velocidade de reação melhor que a dos homens.
Um perfil físico que remete a histórias de super-heróis e chega a intrigar cientistas e pesquisadores da saúde. Assim pode ser definida a definição da carreira de Maria Cecilia de Almeida Maia, a Ciça do Karatê. Pouco lembrada, para não dizer esquecida, a lutadora chega aos 44 anos com um desempenho superior ao de muitas atletas mais jovens. À sombra do sucesso, a tricampeã mundial se torna objeto de estudo. O motivo? A jovialidade de uma garota.
Apesar da idade avançada para a modalidade, Ciça luta até hoje nas categorias livre e peso médio (55kg a 61kg). E é justamente este fato que deixa os pesquisadores da Escola de Educação Física do Exército e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EsEFEx) sem entender o que se passa com o corpo da atleta.
- Um fato que sempre nos chamou a atenção é como ela tem uma frequência cardíaca menor que a de meninas muito mais novas. E outro: como a velocidade de reação dela é tão mais rápida que a dos homens, essa questão do reflexo. Não é a toa que ela chegou cinco vezes à final do mundial - disse o instrutor de lutas da EsEFEx e um dos que estudam o caso, Capitão Pedro Ivo.
Outro fato curioso é que, mesmo em um esporte de tanto contato físico, Ciça, que compete há 25 anos, nunca sofreu uma lesão. Mas a vida da atleta nem sempre foi de pontos positivos. Além dos problemas de falta de patrocínio e das dificuldades no meio esportivo, Ciça sofreu durante a infância e a adolescência.

Vida complicada desde a infância
Filha de Ângela Augusta de Almeida, uma diarista mãe de sete filhos que hoje tem 65 anos, Ciça nem chegou a conhecer o pai. Aos 7 anos, morou na rua por um tempo, quando sua família foi despejada da casa onde morava, no Centro do Rio de Janeiro, por falta de pagamento. Sem condições de criar os filhos, Ângela deixou as crianças com uma vizinha, que se solidarizou com a história. Mas Ciça, com seu comportamento rebelde, não se adaptou e deixou a casa. Foi morar então com outra família, onde permaneceu por 11 anos. Lá, cuidava de uma criança. Certo dia, ao buscá-la na creche onde estudava, foi convidada a trabalhar lá. Com seu primeiro salário, se inscreveu em uma academia, onde conheceu o Karatê.
Quando cheguei lá e vi aquilo falei: 'É isso que eu quero”. Assisti à primeira aula numa sexta-feira, voltei com um quimono emprestado e me matriculei. Daí foi uma ascensão muito rápida. Em oito meses o treinador me botou para competir no Campeonato Carioca. Tive um desempenho que surpreendeu todos – conta.
Com os colegas dando apoio, Ciça foi convidada a integrar a seleção carioca para disputar um torneio em Minas Gerais. Lá, a “Trombadinha do Rio”, como era chamada, brilhou e ganhou a chance de disputar uma vaga na seleção brasileira. Quando atingiu esse nível, passou a se destacar também em competições internacionais.

Na linha tênue entre o sucesso e o fim
No entanto, o que parecia ser o ápice da carreira se transformou em pesadelo em pouco tempo. Ciça conheceu um italiano, com quem passou a dividir um apartamento. Certo dia, o companheiro sumiu de casa. A lutadora conta que só foi descobrir o seu paradeiro alguns anos depois. E a notícia que chegou não era nada animadora: o italiano, portador do vírus HIV, tinha morrido. Desesperada, Ciça foi buscar refúgio nas drogas e quase se rendeu ao mundo do crime. Mas foi no próprio esporte que encontrou a recuperação.
- Eu caminhava nessa linha tênue, era um precipício que estava do meu lado, mas eu cai no lugar raso e me salvei. Nos treinos, eu extravasava. Comecei a canalizar de uma maneira muito positiva toda essa minha raiva da vida. Poxa, por que logo comigo, que já tinha sofrido tanto? De uma certa forma, minha vida foi melhorando, fui conhecendo outras culturas e isso foi gerando em mim um sentimento de conquista - explica.
"Enquanto se respira e tem vida, podemos continuar sonhando, essa é a força que não me deixa desanimar" diz Ciça Maia. Focada no sucesso, voltou a conquistar vitórias, títulos e amigos. Mas o reconhecimento parece nunca ter se aproximado muito da lutadora. Mesmo tricampeã mundial (92, 98 e 2008), pentacampeã sul-americana, tetracampeã pan-americana, 13 vezes campeã brasileira, 13 vezes estadual, campeã dos Abertos de Paris, África do Sul e Angola, ela não perde a humildade. Aliás, perder é um verbo que a atleta tenta não conjugar. Foram apenas três Brasileiros perdidos em 25 anos de carreira.
A lutadora teve uma longa história também no Vasco. Defendeu a Cruz de Malta por dez anos. Com o fim da modalidade no clube, Ciça se diz decepcionada, mas não magoada com os cruzmaltinos.
- Quando você dedica suor, sangue, lágrimas, esforço e vê tudo indo embora é triste. Mas tenho um carinho muito grande pelo Vasco. Tenho gratidão por ter sido o único clube no Rio a abrir as portas e proporcionar a cada um de nós a possibilidade de sonhar - conta.
Hoje mãe de três filhos - todos lutadores de Karatê -, Ciça espera continuar lutando, apesar da idade. Para ela, ficar grávida não atrapalhou sua carreira. Pelo contrário, foi um incentivo.
- É engraçado, porque depois que tive meus filhos senti que meu rendimento melhorou muito. Foi como a quebra de um mito. Acho que é porque melhora muito a cabeça - argumenta.
Vencedora na vida e nos tatames, Ciça tem planos de encerrar a carreira em breve. A intenção é de se tornar treinadora e voltar a estudar, já que parou ainda no primeiro grau. Entre as opções, faculdades de Educação Física, Fisioterapia e Psicologia.
- Pena que perdi muito tempo. Mas enquanto se respira e tem vida, podemos continuar sonhando, essa é a força que não me deixa desanimar - conclui a vencedora lutadora.
Fonte: http://globoesporte.globo.com
Related Posts with Thumbnails

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

EX-BBB IRÁ DISPUTAR CINTURÃO INTERNACIONAL.

Marcelo Zulu, que venceu recentemente no MMA em São Luis, no Maranhão, ganhou a chance de lutar pela primeira vez nos ringues internacionais. Segundo o empresário Thiago Okamura, o ex-BBB enfrentará o americano Brian Green pelo cinturão peso médio do Panama Fighting Championship, que acontece no dia 8 de outubro. “Essa é a primeira luta internacional de MMA do Zulu, que no passado competiu internacionalmente em sua modalidade de origem, a luta greco-romana”, conta o manager.
Tatame

MUSA DO BBB SE APAIXONA PELO MMA

Priscila Pires é a entrevista do “Total Shock” desta semana, programa do canal Combate. A ex-BBB contou para a repórter Viviane Ribeiro que começou a treinar Muay Thai há nove anos para combater uma depressão após a morte de sua mãe. Hoje, ela pratica MMA, quer aperfeiçoar o Jiu Jitsu e, sempre que pode, acompanha eventos de luta na TV. A entrevista vai ao ar nesta quinta-feira, dia 23, às 20h.
Tatame
Related Posts with Thumbnails