segunda-feira, 29 de agosto de 2011

BUSTAMENTE - "TOQUINHO É INGÊNUO"

Rousimar Toquinho venceu Dan Miller na decisão dos juízes, mas a vitória do mineiro poderia ter sido avassaladora. Diante de 17 mil fás na HSBC Arena, no UFC Rio, Rousimar levou o norte-americano a knockdown com um belo chute alto e castigou com socos no chão, até que parou de bater e foi comemorar. Detalhe: o árbitro não tinha encerrado a luta.

Acompanhando de perto a polêmica, Murilo Bustamante, treinador da fera na Brazilian Top Team, comentou o caso. “Ele me disse que parou porque o oponente disse ‘stop, stop’ quando ele estava batendo, então ele parou de bater e achou que a luta tivesse acabado, então foi comemorar”, explica. “Quem pode dizer que o Toquinho não é um lutador justo? Ele é apenas muito ingênuo, mas tem um coração grande”.

Curiosamente, esta não foi a primeira confusão de Toquinho no UFC. Contra Tomasz Drwal, o mineiro foi punido com suspensão pela Comissão Atlética por “segurar uma finalização por muito tempo” após o adversário ter desistido, e contra Nate Marquardt ele acabou nocauteado após se “distrair” ao reclamar com o corner sobre uma possível vaselina nas pernas do oponente.

Apesar da polêmica envolvendo seu atleta, Bustamante aprova o UFC Rio.

“O Rio passou no teste com louvor! Que venham outros eventos! Não só do UFC, porque lutador bom o Brasil está cheio. Os lutadores brasileiros deram show ontem junto com a torcida. Eu já fui a muitos UFCs e nunca tinha visto tanta vibração dentro de uma arena... A arena já estava cheia desde a primeira luta, coisa que não é comum, e torcendo com educação pelos seus ídolos. Esse evento foi um divisor de águas do MMA no Brasil”, finaliza.

Tatame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails