terça-feira, 24 de julho de 2012

WEIDMAN: SOU O PIOR ADVERSÁRIO PARA ANDERSON SILVA

A vitória de Chris Weidman sobre Mark Munoz no UFC on Fuel 4 o colocou entre os principais concorrentes ao cinturão da categoria peso médio do Ultimate Fighting Championship. Invicto no MMA com nove vitórias, “The All American” não pensava em disputar o título da divisão até 84kg até a vitória por nocaute sobre o filipino mas agora quer se tornar um jovem campeão do UFC.
“Eu lutei com o Munoz para mostrar do que sou capaz e felizmente tive uma grande atuação, que me coloca bem perto do meu sonho. Eu quero me tornar um jovem campeão e ter esse cinturão por um bom tempo comigo. Já arrisquei bastante no UFC e estou disposto a me arriscar contra o Anderson. É impossível ser recompensado sem correr grandes riscos. Eu venci bem Munoz, um dos três melhores lutadores da categoria, então não tenho nada a perder ou temer. Estou pronto para desafios maiores” – disse ao MMAFighting.com.
O empresário do atleta já está em conversação com a organização americana para a promoção da luta do jovem talento contra o maior atleta da atualidade – Anderson Silva. Apesar da vontade de medir força e técnica contra o “Aranha”, Chris não está certo se o número um do mundo terá o mesmo desejo de enfrentá-lo. Na opinião de Weidman, ele tem um estilo péssimo de luta para oferecer ao brasileiro.
“Meu empresário já está conversando com o UFC sobre a possibilidade de eu enfrentar o Anderson e tenho certeza que o UFC quer ver essa luta. Agora, será que Anderson quer lutar comigo? Não sabemos quando ele estará apto a lutar novamente. Ele é fantástico como lutador e está ganhando muito dinheiro no Brasil com as propagandas. Sinceramente, não sei se ele está nervoso por lutar com um cara jovem, com fome e que possui um péssimo estilo para o jogo dele” – afirmou.
A maior dificuldade para o intrépido desafiante reside em seu nome ainda desconhecido do grande público das artes marciais mistas. Chris Weidman reconhece que não possui um nome tão famoso quanto o de Chael Sonnen, único lutador a enfrentar o campeão duas vezes no UFC, mas garante que lutar pelo título é pouco e garante que o seu objetivo é finalizar o paulista.
“O ruim é que eu não sou um nome muito popular assim como o Sonnen é. Eu estou invicto, venci bons nomes e tenho o jogo certo para derrotar o Anderson. Vários lutadores dizem que querem lutar com o Anderson, mas eu quero é acabar com ele. Lutar contra o Anderson é muito pouco. Eu quero finalizá-lo" – declarou.
No próximo sábado, Hector Lombard, ex-campeão do Bellator, estreará no UFC 149 e provavelmente se candidatará à disputa do cinturão se derrotar Chris Boetsch, e Weidman diz que não se decepcionará se o veterano de trinta e quatro anos e trinta e duas vitórias no MMA for escolhido à sua frente para desafiar Silva.
"Eu posso ver o Lombard lutando pelo cinturão e não ficaria chateado se isso acontecer. Ele é mais velho, mais popular e mais experiente do que eu. Lombard tem uma incrível sequência de vitórias e, do ponto de vista promocional, essa luta entre ele e o Anderson seria incrível para os atletas e para o UFC. De qualquer forma, ainda me considero o pior adversário para Anderson" – concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails