terça-feira, 28 de agosto de 2012

ANDERSON SILVA DIZ QUE JONES ERA PARA TER ACEITADO LUTAR COM SONNEN

foto: reprodução/Domingão do Faustão
O campeão peso médio do Ultimate Fighting Championship Anderson Silva tentou evitar o cancelamento do UFC 151 assim que soube da lesão no joelho de Dan Henderson, que faria o combate principal contra Jon Jones em combate que valeria o cinturão da categoria meio-pesado. O paulista deu detalhes da ligação feita ao presidente Dana White durante participação no programa Domingão do Faustão.
“Quando soube que o evento poderia ser cancelado, liguei para o Dana White e disse que lutaria na categoria de cima contra alguém que também não estivesse treinado. Além da grande luta, tem muitos outros lutadores que dependem disso. Eu me preocupei com isso, porque já vivi essa situação em eventos menores”, disse durante o quadro Arquivo Confidencial.
A primeira opção da organização americana foi substituir Henderson por Chael Sonnen, que havia provocado Johnny Bones alguns dias antes da notícia da contusão do veterano, mas o campeão preferiu seguir o conselho do técnico Greg Jackson, que o orientou a não aceitar o desafio a apenas oito dias da luta. Na opinião de Anderson, o amigo deveria ter lutado e dessa forma evitado o primeiro cancelamento de evento da história.
“Você tem toda uma preparação para lutar com determinado atleta. Quando muda, muda um pouco. Achei que ele poderia ter lutado com o Chael, mas é uma opção que ele tem também. Ele se preparou para lutar com o Dan Henderson. A equipe toda dele achou que era melhor ele não lutar”, respondeu a um fã da plateia.
No twitter, o “Aranha” agradeceu a homenagem: “Valeu a todos os profissionais do Domingão e também ao meu amigo Fausto pela homenagem. Foi difícil segurar as lágrimas. Muito obrigado, mesmo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails