terça-feira, 6 de abril de 2010

Treino DURO não é GROSSERIA

Todo lutador, gosta de um treino duro, puxado, que o deixe cansado no final da luta e que certamente a fez puxar de seu preparo técnico e físico. Mas muitas vezes lutadores machucam outros lutadores, em situações e movimentos completamente desnecessários, é claro que acidentes e fatalidades ocorrem, mas muitas lesões poderiam ser evitadas justamente se houver uma noção bem definida e consciente do lutador que saiba diferenciar treino duro de grosseria. Um treino duro significa, pegada firme, posições justas, raciocínio rápido, boa estratégia, um bom fôlego para não parar por cansaço e ser finalizado e um bom nível técnico para que possa fazer o movimento correto no tempo certo, deixando o adversário sem opções, sem tempo para reagir ou levando ele para a posição que você considera ideal para finalizá-lo. Existem lutadores, que você pode treinar inúmeras vezes e não se machuca, mesmo ele sendo mais pesado ou não, e ao fim da luta você sabe que deu um ótimo treino. Você se esforçou ao máximo para superá-lo, e esuperar. O cansaço vem com uma sensação de satisfação porque você sabe que valeu tanto esforço, são aqueles treinos que guardamos na nossa memória, e ficamos ansiosos por outro treino desse tipo.
Um treino duro, não é sinônimo de grosseria, nada justifica atitudes de lutadores que acham que fazendo grosserias, fazem o nome ou “fama” ao lesionar seus colegas de treinos. Como escrevi no início desse texto, acidentes e fatalidades acontecem em treinos nas nossas academias ou em campeonatos, mas quando se tornam repetitivos sempre com determinados atletas é necessário que esse atleta repense suas atitudes e creio ser obrigação do professor em alertá-lo e corrigir essa conduta, é inadmissível ao meu modo de ver, lutadores mais graduados esmagando iniciantes, o que querem provar?. Um lutador técnico sabe dosar suas finalizações, sabe deixar num nível de ajuste o golpe, que permite que o adversário possa dar os “três tapinhas” sem causar uma lesão. Por outro lado esses lutadores considerados “grossos”, muitas vezes nas próprias academias acabam com o decorrer do tempo ficando sem treino, já que a maioria além de treinar, trabalha e estuda, e sabe que ao fazer um treino com eles podem ser lesionados, o que pode trazer muito transtorno no seu cotidiano, e até os afastando de um campeonato que se aproxima. Então naturalmente acabam evitando treinar com eles. Creio que, quanto mais um lutador vai se aperfeiçoando tecnicamente, buscando novas posições e variações, modificando sua rotina, inovando, mais ele vai se afastando das “grosserias” e seu treino vai ficando melhor, e mais lutadores vão querer lutar com ele. A certeza de um treino duro sem grosserias é o desejo de qualquer lutador ao ir para sua academia buscando sempre a sua própria evolução.

Luiz Vitor, líder da GAS JJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails