sábado, 2 de julho de 2011

WANDERLEI SILVA É NOCAUTEDO

O UFC 132 começou eletrizante, e em grande estilo para o Brasil, mas a noite não terminou bem para os fãs tupiniquins. No card preliminar, Rafael dos Anjos precisou de 59 segundos para nocautear, mas Wanderlei Silva caiu diante de Chris Leben em apenas 27 segundos, nocauteado. Confira abaixo os destaques da noite, que incluem o reencontro histórico de Tito Ortiz com a vitória, finalizando Ryan Bader no primeiro round, e o triunfo de Dominick Cruz sobre Urijah Faber, se mantendo como campeão do UFC.

Leben nocauteia Wanderlei em 27 segundos

Wanderlei Silva entrou na jaula do UFC 132 empurrado pela torcida local, mas não teve tempo de render o seu treino. Após alguns segundos de estudo, Wand acertou um cruzado que balançou levemente Leben, que respondeu com um duríssimo cruzado de esquerda, na têmpora do brasileiro, que sentiu o golpe.

Wanderlei decidiu partir para cima de Leben e tentar o clinche, mas o norte-americano conectou uma poderosa sequência de uppers, nocauteando Wanderlei passados apenas 27 segundos de luta. “Mal posso acreditar que é verdade”, comemorou um emocionado Leben.

No dia anterior ao que completa 35 anos, Wanderlei amarga a pior derrota de sua carreira. Afastado do octagon por 16 meses, período em que se recuperou de uma lesão no joelho após o triunfo sobre Michael Bisping, Wanderlei sofre o sexto revés nas últimas oito lutas. Neste período, venceu Bisping e Keith Jardine.

Cruz vence e segue com o cinturão do UFC

Ao longo de sua carreira, Dominick Cruz havia batido todos os adversários que pegou pela frente, menos Urijah Faber, que na época era o campeão do WEC. Cruz decidiu descer de peso e obteve sucesso, se tornando campeão dos galos do WEC, e estreou no UFC contra seu único algoz.

Embalado pelas oito vitórias desde que perdeu para Faber, Cruz usou a velocidade para acertar o rosto de Faber, mas o californiano também teve bons momentos na luta. Após 25 minutos de muito equilíbrio, os três jurados apontaram a vitória para Cruz, que segue no topo do UFC – debaixo de muitas vaias no MGM Arena.

Rafael manda Sotiropoulos à lona

O faixa-preta Rafael dos Anjos voltou à jaula do UFC após um longo tempo de recuperação da mandíbula fraturada, e deu show contra o australiano George Sotiropoulos. “Fui para a Cingapura para melhorar meu Boxe e Muay Thai”, disse o pupilo de Roberto Gordo, que precisou de apenas 59 segundos para mostrar a evolução. Com um cruzado de direita, o brasileiro mandou Sotiropoulos à lona. Na luta seguinte, Melvin Guillard apagou Shane Roller em pouco mais de dois minutos de luta, abrindo concorrência ao prêmio de nocaute da noite.

Ortiz adia aposentadoria com uma guilhotina

Tito Ortiz não vencia desde 2006. Neste período, acumulou quatro derrotas e um empate no UFC. O duelo de hoje contra Ryan Bader, uma dos jovens promessas do Ultimate, era sua última chance de salvar o emprego. E ele, o maior azarão da noite nas casas de apostas, chocou o mundo do MMA. Em menos de dois minutos de luta, Ortiz derrubou Bader em knockdown e aproveitou o vacilo no chão para finalizar com uma guilhotina, mostrando que os treinos com o brasileiro Ricardo Demente valeram a pena.

Condit atropela Hyun Kim e chega perto de GSP

Quando a cabeça de Dana White já estava confusa quanto ao prêmio de melhor nocaute da noite, Carlos Condit aumentou as dúvidas do patrão. Com quase três minutos de peleja, o ex-campeão do WEC adicionou mais uma vitória ao seu currículo ao nocautear o sul-coreano Dong Hyun Kim, que até então era invicto no MMA, com uma belíssima joelhada voadora. Com o triunfo, ele já aparece como um dos prováveis desafiantes ao título dos meio-médios, após o duelo Georges St. Pierre x Nick Diaz.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 132
Las Vegas, Nevada, Estados Unidos
Sábado, 2 de julho de 2011

Card principal:
- Dominick Cruz derrotou Urijah Faber na decisão unânime dos juízes;
- Chris Leben nocauteou Wanderlei Silva a 27s do 1R;
- Dennis Siver derrotou Matt Wiman na decisão unânime dos juízes;
- Tito Ortiz finalizou Ryan Bader com uma guilhotina a 1min56s do 1R;
- Carlos Condit nocauteou Dong Hyun Kim a 2min58s do 1R;

Card preliminar:
- Melvin Guillard nocauteou Shane Roller a 2min12s do 1R;
- Rafael dos Anjos nocauteou George Sotiropoulos a 59s do 1R;
- Brian Bowles derrotou Takeya Mizugaki na decisão unânime dos juízes;
- Aaron Simpson derrotou Brad Tavares na decisão unânime dos juízes;
- Anthony Njokuani derrotou Andre Winner na decisão unânime dos juízes;
- Jeff Hougland derrotou Donny Walker na decisão unânime dos juízes
Tatame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails