sexta-feira, 1 de julho de 2011

É MATAR OU MORRER

A última vez que Wanderlei Silva entrou no octagon do UFC foi em 20 de fevereiro de 2010, na Austrália, quando bateu Michael Bisping por decisão unânime. Por isso, Wanderlei Silva está louco para entrar em cena no UFC 132, neste sábado, quando encara Chris Leben.

"Eu sinto falta dos meus fãs, sinto falta do público, sinto falta da emoção que o combate me dá. Eu nunca fiquei afastado por muito tempo e estou muito animado para voltar a lutar. Para mim, é como se estivesse indo estrear de novo, só que uma estreia no UFC! ", diz Wand.

Também empolga o Cachorro Louco o fato de lutar em Las Vegas, hoje a sua cidade, onde vive com toda a família e mantém a própria academia.

"Acho que vou começar a chorar. Na frente do meu público, que me dá energia e motivação. Para o cara me bater dentro do octógono em uma luta real, ele precisa me matar, porque vou para matar ou morrer. Não tenho meio termo."

Sobre o oponente, como todos esperam, Wand vê ingredientes para um combate explosivo.

"Chris Leben luta como eu e tem um estilo como o meu , e estou feliz de não criar, mas sim influenciar. Toda vez que você vê um cara lutando arduamente, dando tudo de si, sem medo de perder, você diz: 'Este cara luta igual ao Wanderlei Silva'! Desse jeito às vezes você ganha, às vezes perde, mas sempre faz os fãs felizes".

Para o desafio, Wanderlei Silva treinou com Rafael Cordeiro, como nos velhos tempos da Chute Boxe.

"Cordeiro é um treinador incrível e tem um sistema único. Shogun treinou com ele da faixa branca à preta no Brasil, ele é um pupilo puro do Cordeiro. Venho treinando com ele há 17 anos, e ele é ótimo. Adoro o seu sistema, gosto da energia que ele dá nos treinos, e seu talento. Ele sabe como nos levar a vitória", adiante.

E para quem pensa que o ídolo não almeja mais o cinturão:

"Se eu tiver bom desempenho, volto a lutar pelo título. Isto é o que eu quero, mas não posso falar sobre isso agora, porque tenho que me apresentar muito bem. Se eu fizer isso, sei que o chefe vai me dar a chance", encerra, em declarações ao site do UFC.

Confira o card:

UFC 132
Las Vegas, Nevada, EUA
Dia 2 de julho de 2011

Champ Dominick Cruz x Urijah Faber
Wanderlei Silva x Chris Leben
Ryan Bader x Tito Ortiz
Carlos Condit x Dong Hyun Kim
Dennis Siver x Matt Wiman
Melvin Guillard x Shane Roller
Rafael dos Anjos x George Sotiropoulos
Brian Bowles x Takeya Mizugaki
Aaron Simpson x Brad Tavares
Anthony Njokuani x Andre Winner
Jeff Hougland x Donny Walker

Portaldaslutas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails