terça-feira, 19 de julho de 2011

JONES E RAMPEGE TROCAM FARPAS NA COLETIVA DE IMPRENSA

O UFC realizou, nesta quarta-feira (19), uma coletiva para divulgar a disputa de cinturão entre Jon Jones e Rampage Jackson, que acontece no dia 24 de setembro (UFC 135), e a conferência foi empolgante. Sempre brincalhão, Rampage garantiu que retomará seu título. Um pouco mais sério, Jones pediu para Dana White parar de chamá-lo de “garoto”. Confira o que foi falado na coletiva:

Campeão com apenas 23 anos, Jones afasta os rótulos pela idade. “Brock Lesnar talvez tenha sido o campeão menos inexperiente. Quando você bate alguém, você rouba um pouco do seu ‘poder’. Eu respeito o Rampage”, disse Jones. Imediatamente, um empolgado Jackson rebateu: “eu vou manter o meu ‘poder’... Na última vez em que eu estava tão confiante assim, nocauteei alguém no primeiro round e conquistei esse cinturão”.

Sem ter defendido seu título ao menos uma vez, o atual campeão dos meio-pesados disse que pensa em lutar nos pesos pesados. “Vai acontecer, talvez quando eu tiver 26 ou 27 anos”, disse, confiante em seu sucesso no MMA. “Apenas tento manter a fé de que poderei fazer algo incrível pelo esporte no futuro”.

Quanto ao duelo, “Bones” garante que não fugirá da trocação. “Rampage lutará com um boxeador. Se ele acha que estou com medo de lutar em pé com ele...”, disparou, rebatendo as declarações de Rampage, que disse estar negociando mais participações em filmes. “Ele sempre terá desculpas. Se eu vencê-lo, você dirá que eu venci o Rampage dos filmes, e não o Rampage do Pride”. Jackson respondeu: “Jones é que precisará de desculpas após essa luta”.

Rashad na fila. Ortiz, nem tanto

Segundo Dana White, Rashad Evans é o próximo na fila pelo cinturão caso vença a luta principal do UFC 133, contra Tito Ortiz, Mas, e se o “Bad Boy” vencer? “Não sei... Alguns dirão que ele está pronto, outros dirão que ele precisa de mais uma luta”, deixa no ar o cartola.

Rampage revelou que torcerá para Tito, enquanto Jones torcerá para Rashad. “Quero mostrar que não fugi dele”, explica o campeão, precisou cancelar sua luta contra Evans, seu ex-companheiro de equipe, devido a uma lesão na mão.

Quem é Chael Sonnen?

Sempre polêmico, Chael Sonnen dispara críticas e alfinetadas em todas as suas entrevistas. Igualmente polêmico e sincero, Quinton desmereceu o peso médio. “Se ele passasse na minha frente agora mesmo, eu não saberia quem ele é”, disse, ironizando a derrota de Chael para Anderson Silva, quando foi finalizado após 23 minutos de domínio. “Ele deveria treinar mais”.

Overeem fora do GP do Strikeforce

Assim como a TATAME publicou em primeira mão na noite de ontem (18), Alistair Overeem está fora do GP do Strikeforce. Na coletiva, Dana White minimizou a polêmica. “Overeem machucou o dedo do pé (na luta contra Werdum) e teve que sair. A Showtime (canal que transmite o Strikeforce) decidiu fazer o evento em setembro”, disse, garantindo que Overeem não será demitido. “Se eu ficasse chateado cada vez que alguém se machucasse, eu estaria ‘puto’ demais agora”.

Só na última semana, o card do UFC 133 (6 de agosto) mudou três vezes, com lesões de Phil Davis, Rogério Minotouro e Vladimir Matyushenko. Rich Franklin, que enfrentaria Minotouro, também foi tirado do card.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails