quarta-feira, 16 de novembro de 2011

WANDERLEI CONFIANTE PARA FICAR NO UFC


Wanderlei Silva está perto de definir seu futuro no UFC. Antiga estrela do Pride, o brasileiro não vem repetindo nos últimos tempos o mesmo histórico de bons resultados no evento japonês. Ao longo da carreira são 33 vitórias, 11 derrotas e um empate. O problema é que seis dos resultados negativos vieram somente nas últimas oito lutas. Na mais recente, em julho, foi nocauteado por Chris Leben em apenas 27s. Tudo isso fez com que o presidente Dana White colocasse em xeque sua permanência em caso de outra derrota.

Às vésperas de entrar mais uma vez no octógono, no que ganha ares de decisão contra o vietnamita Cung Le, de 39 anos, pelo UFC 139, o "Cachorro Louco" falou com exclusividade ao SporTV.com sobre a situação em que se encontra. Para ele, o resultado em si não será o determinante, o que vai valer mesmo é a performance:

- Estou tranquilo. Acho que não é nem questão do resultado, o que vale é a performance. Se eu lutar bem, continuo. Se não, acho que não. Mas se eu for bem tenho certeza que continuo, sou um atleta que rendo bem, tenho muitos fãs no esporte - disse, por telefone, direto de Long Beach. O brasileiro, pelo menos no papel, ainda tem contrato com o UFC por mais três lutas.

Wanderlei elogiou as qualidade do rival, que é proveniente do kickboxing e fará sua estreia no UFC, após cinco anos lutando no Strikeforce. E, sempre irreverente, prometeu "enchê-lo de joelhadas":

- O adversário é bom, é bem técnico e de bom nível. Eu me preparei para uma luta difícil, estou pronto. Estudei os movimentos preferidos dele. Espero poder enchê-lo de joelhadas.

Aos 35 anos, o ex-campeão do Pride parece confiante em sua permanência no maior evento de MMA do mundo. Tanto que já faz planos para voltar a lutar no Brasil, como no início da carreira, e no Japão, onde até hoje é ídolo incontestável do público. Ele acredita que o UFC do último fim de semana, que teve transmissão da Rede Globo, fará o esporte crescer ainda mais em solo verde-amarelo:

- Quero lutar no Brasil e no Japão, e vou lutar com certeza. A nova fase do MMA no Brasil está muito legal. O público fica bastante empolgado. O pessoal já adora MMA no Brasil, mas não tinha muito acesso. Agora está havendo uma democratização do esporte no Brasil.

Wanderlei Silva enfrenta Cung Le pelos pesos-médios (até 84kg) no co-evento principal do UFC 139, na madrugada de sábado para domingo, em San Jose, na Califórnia. No evento principal, Maurício Shogun encara Dan Henderson pelos pesos-meio-pesados (até 93kg). O canal Combate transmite tudo ao vivo, a partir da 0h (de Brasília).

Fonte: http://sportv.globo.com/site/eventos/comba...-lutar-bem.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails