terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

PREFEITURA AINDA TENTA LEVAR O UFC PARA O MORUMBI NO MEIO DO ANO.

Imagem Postada

Foto: Gazeta Press
 A prefeitura de São Paulo falhou na tentativa de levar o UFC para o Pacaembu. Agora, a missão é fazer o máximo para sediar o evento no Morumbi e não perdê-lo para o Rio de Janeiro outra vez. De acordo com o secretário de esportes da cidade, Bebeto Haddad, a cidade está disposta a patrocinar o Ultimate e agilizar a documentação necessária para que a capital paulista ainda receba os combates em junho deste ano.

“Queríamos muito realizar este evento no Pacaembu, mas infelizmente não foi possível. Mesmo assim, deixamos claro que ainda queremos o UFC em São Paulo. Por isso, estamos dispostos a patrocinar a vinda do UFC, ajudar com a documentação e realizar toda a logística, mesmo no Morumbi”, afirmou Haddad em entrevista ao iG, sem revelar os valores oferecidos.

O UFC chegou perto de confirmar o estádio municipal como casa do show no dia 16 de junho. Entretanto, a prefeitura não conseguiu convencer a associação Viva Pacaembu a liberar a utilização do local após a 1h da manhã. O Ultimate encerraria o card somente às 2h, e o barulho ultrapassaria o máximo permitido na região neste horário.

Desta forma, o Morumbi voltou a ser a bola da vez em São Paulo. Com a ida para o estádio tricolor, o UFC poderia realizar seu maior evento da história com a presença de mais de 60 mil pessoas. “Seria um evento histórico para a cidade. Mais de 150 países vão acompanhar ao vivo com transmissão para até 1,2 bilhão de pessoas. Então, vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para o UFC vir a São Paulo, por mais que seja complicado”, completou o secretário.

Um dos entraves para o retorno do UFC à capital paulista está na estrutura do Morumbi. A equipe técnica do torneio não chegou a um acordo com o clube tricolor em relação à cobertura do gramado para instalação do octógono e das cadeiras. Assim, as negociações entre ambas as partes esfriaram.
“Não tem nenhuma conversa com o UFC. O Vitor Belfort falou que está fechado, mas isso é papo furado. Não há nenhuma conversa sobre o Morumbi hoje em dia. O negócio está frio. Não falamos com ninguém do UFC desde uma semana antes do UFC Rio”, declarou na última sexta Roberto Natel, vice-presidente social e responsável pela negociação com o Ultimate.

Consequentemente, o Rio de Janeiro aparece como principal candidato para receber o UFC. Este seria o terceiro show seguido da franquia no Brasil – o primeiro a ser sediado no estádio do Engenhão. Vale lembrar que a prefeitura também patrocinou a primeira edição do UFC Rio no ano passado, mas não repetiu o investimento no retorno do torneio em janeiro deste ano.
O UFC no Brasil será marcado provavelmente no dia 16 de junho e contará com o retorno de Anderson Silva ao octógono na revanche contra Chael Sonnen. O evento ainda terá a revanche entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva, protagonistas do reality show “The Ultimate Fighter” no Brasil.
SUPERLUTAS.COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails