domingo, 5 de fevereiro de 2012

NICK DIAZ CHATEADO COM A DECISÃO DIZ: "NÃO PRECISO DESSA M..."


Foto: Josh Hedges/UFC
Derrotado por Carlos Condit e sem o cinturão da categoria meio-médio após a derrota no UFC 143, na noite deste sábado, em Las Vegas (EUA), Nick Diaz extravasou toda a sua fúria por conta da decisão dos juízes do confronto, que, de forma unânime, deram a vitória por pontos ao rival.
Após gesticular para as câmeras em claro sinal de desaprovação com a decisão, Diaz deixou no ar que o combate contra o compatriota americano foi o último de sua carreira no MMA. “Eu não vou aceitar o fato de que perdi. Isso não está certo, eu o fiz recuar durante toda a luta, eu fiz ele correr, eu consegui um takedown (quinto round), eu venci em pé…Carlos é um grande cara, e estou feliz por ele e sua família. Eu acho que cansei do MMA, foi ótimo estar aqui e tive uma boa carreira, afinal, vocês me pagam muito. Mas não consigo continuar, eu acho. Bom trabalho Carlos, você é o cara, bro”, disse.
Considerado um dos lutadores mais polêmicos do UFC, Diaz provocou o adversário o tempo todo durante o combate deste sábado, chegando até mesmo a dar um tapa no rosto de Condit durante o main event em Las Vegas. Em tom mais forte, o derrotado criticou, com veemência, a decisão dos juízes (que decidiram pelas parciais de 48/47, 49/46 e 49/46), também muito vaiada pelo público que presenciou a luta.
“Não preciso desta merda. Eu empurrei o cara para trás o tempo todo, ele correu de mim a luta toda. Eu consegui conectar os socos mais duros, e ele correu de mim, chutou minha perna como um bebê durante todo o combate. É por isso que acredito que ganhei, eu não quero mais jogar esse jogo”, desabafou Diaz, deixando no ar novamente o adeus ao octógono.
Siga o blog Mano a Mano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails