domingo, 29 de maio de 2011

WERDUM SE PREPARA PARA PARA VENCER OVEREEM

Conhecido pelo bom humor e alto astral, Fabricio Werdum não está fugindo às suas características durante a preparação para a luta contra Alistair Overeem, pela segunda fase do GP de pesados do Strikeforce, que acontece no dia 18 de junho, em Dallas, nos EUA.

A pouco menos de um mês do combate decisivo, o brasileiro vem “treinando de segunda a segunda” e aposta no ambiente familiar e na energia positiva do camp na Kings MMA para passar pelo holandês.

“O camp tá irado demais, com uma energia impressionante. O do Fedor foi muito bom, mas dessa vez parece que está melhor, até pela experiência, por tudo o que veio depois dessa vitória”, comentou Werdum. “Cada vez aparece mais gente para treinar. É muito legal ter o Wanderlei direto conosco, o Shogun, Babalu, Mark Munoz... A energia tá boa demais, sou muito ligado nisso, e quando ela tá boa, é fod... Está tudo ao meu favor”.

Se alguém duvida que tudo está a favor de Werdum, os treinos na Kings provam isso. Um dos expoentes do jiu-jitsu brasileiro, o “Vai Cavalo” conseguiu a proeza de apagar, num sparring, ninguém menos do que Wanderlei Silva. Há alguns dias, Wand comentou o acontecido no Twitter.

“Fui pra casa bem quietinho, porque hoje cheguei na Kings e tinha um grandão lá, eu fiquei olhando pra ele e ele pra mim... eu disse 'que é que você tá olhando, irmão?'. Pensei: 'você é grande mas não é dois' e chamei para o sparring. Até comecei bem, mas de repente... ficou tudo escuro”, lembrou com bom humor Wanderlei, para depois revelar quem era o “grandão”. “Era o Fabricio Werdum, o cara tá afiadinho, treino duríssimo, foi sangue nas paredes”.

Apesar de rir bastante da narração de Wanderlei, Werdum preferiu não dar muita bola para o acontecido. “Fazemos sparring forte mesmo, mas treino não se comenta. Ele comentou, mas foi uma coisa normal. O Rafael pede 100% de entrega nos sparrings e fazemos como se fosse luta mesmo, e aí tudo pode acontecer. Somos amigos, damos risada, mas no treino é tudo sério, se não fizermos forte porque somos amigos, não vão me ajudar e nem se ajudar”, comentou.

Os constantes pedidos de entrega máxima nos treinos são uma característica de Rafael Cordeiro, que promete um Werdum “samurai” e pronto para tudo contra Overeem. “O Werdum vai pra guerra. Ele está sendo preparado para o pior, para passar por qualquer situação no octagon, é assim que treinamos aqui, para tudo o que acontecer ser bom. Ele tem um coração de samurai, ou você desliga ele ou ele vai lutar até não aguentar mais, e quero aumentar ainda mais esse espírito. O grupo está fazendo ele ficar ainda mais forte e isso vai fazer diferença na luta, vai chegar pronto para tudo”, afirmou o treinador.

FONTE: PVT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails