domingo, 29 de maio de 2011

POTIGUARES BRILHAM NO UFC 130

A aguardada estreia de Renan Barão no UFC saiu como esperada. Apesar de aparentar nervosismo no começo da luta contra Cole Escovedo, Barão mostrou muitos recursos, dominou o adversário e venceu na decisão unânime dos árbitros. Gleison Tibau foi outro que brilhou no card preliminar do UFC 130, dominando o compatriota Rafaello “Trator” Oliveira, e finalizando a luta com um mata-leão no segundo round.
Confira como foram as lutas:
 
Renan Barão venceu Cole Escovedo na decisão unânime
Barão entrou pela primeira vez no octagon do UFC aparentando nervosismo, tentando levar a luta constantemente para o chão, muito por conta de seu wrestling em dia, enquanto Escovedo buscava seu braço a todo instante. Depois de ouvir bem as orientações de André Pederneiras e Jairo Lourenço no corner, o brasileiro procurou mais a trocação, os chutes altos, e em alguns momentos deixou a perna muito exposta, levando contra-ataques, mas nada que mudasse o resultado do primeiro round.
Com o desenvolver da luta, Barão foi se ambientando e desenvolveu seu jogo, mostrando um MMA maduro. O brasileiro alternou quedas e ground and pound, se defendeu melhor e em pé aplicou bons socos, cotoveladas e chutes rodados, até que levou a vitória na decisão unânime dos árbitros, mesmo com um dos laterais dando o segundo round para Escovedo.


Gleison Tibau finalizou Rafaello “Trator” a 3:28 do 2R com um mata-leão
A coragem foi a marca principal dessa luta de brasileiros. Enquanto Tibau perdeu 18kg em três semanas, Rafaello “Trator” teve apenas uma semana para se preparar, e sofreu com isso. Mais experiente, Tibau dominou o combate, encurralando sempre o adversário, que tentou algumas finalizações, mas não conseguiu pegar o atleta da ATT, que venceu o primeiro round graças às boas quedas e ground and pound.
No segundo round, Trator foi para cima, mas não conseguiu controlar por muito tempo. Tibau rapidamente se recuperou, encurralou novamente o adversário na grade até que encaixou um uppercut perfeito de esquerda, foi para o ground and pound, mochilou e aguardou o momento exato para finalizar com um mata-leão com 3:28.
 PVT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails