terça-feira, 27 de março de 2012

THIAGO SILVA: "SEREI DEZ VEZES MAIS AGRESSIVO”



Foto: Divulgação/UFC
Nem mesmo o longo período afastado do octógono do Ultimate Fighting Championship devido a suspensão aplicada após a luta contra Brandon Vera por ter adulterado a amostra de urina desanimao meio-pesado Thiago Silva.
O atleta da American Top Team aproveitou o período para se recuperar das lesões e afirma que a inatividade não será um problema no dia 14 de abril, quando fará o principal confronto do UFC on Fuel 2.
“O fato de não ter lutado em um ano não me afetará de maneira alguma. Eu tenho me recuperado das lesões e treinado mais pesado do que nunca para provar que eu sou um dos melhores lutadores do mundo. Estou pronto e saudável. A noite do dia 14 de abril será incrível”, disse site americano LowKick.com.
Thiago lutará em território inimigo já que o evento ocorrerá em Estocolmo, na Suécia, o que só aumenta a sua empolgação para atuar da maneira agressiva que o tornou famoso e que entretém os fãs das artes marciais mistas.
“Gustafsson é um lutador muito bom e respeito as habilidades dele. Qualquer coisa pode acontecer com um grande striker calçando luvas pequenas. No entanto, estou empolgado com o desafio de lutar com ele em seu país. Não tenho medo de ninguém e planejo lutar em ritmo acelerado e agressivo que vai enterter os fás”, prometeu o paulista.
“Eu não sinto qualquer pressão. Lutarei duro como sempre luto e vencerei”, falou sobre lutar na Suécia. “Não sei ainda se a luta irá para o chão mas eu encontrarei a melhor maneira para vencer. Buscarei aberturas e tirarei vantagem delas. Sou um homem de oportunidade e vou buscar a melhor”, disse.
Thiago possui uma academia em Miami e declarou que a pior coisa no ano passado foi não poder ajudar a família mas que a experiência vivida lhe dará mais motivação para lutar e vencer. Quando perguntado sobre o palpite para o combate, Silva fez questão de falar sobre a importância do desafio e de seu estilo.
“Meu prognóstico é que eu lutarei tão duro quanto um guerreiro. Todo mundo conhece meu estilo. Quando entro no octógono, vou para matar ou para morrer e farei o mesmo no dia 14 e serei dez vezes mais agressivo porque essa luta é muito importante para mim”, concluiu.
Alexander quer vingar companheiro contra o ‘desrespeitoso’ adversário
O confronto promete ser de muita ação já que Alexander Gustafsson vê a trocação como sua principal arma. O sueco pretende finalizar a disputa antes do término dos rounds previstos.
“Eu sempre lutei em pé e considero a trocação como a minha maior arma. Treino para cinco rounds mas busco finalizar a luta antes. Eu me sacrifico nos treinos mais do que qualquer adversário e adoro viajar pelo mundo. Essa será a primeira vez do UFC na Suécia e eu terei apoio dos meus familiares e do público. Lutar no meu país é como lutar no quintal de casa. Estocolmo é a minha cidade”, disse recentemente.
Gustafsson quer vingar a derrota do companheiro de treino Brandon Vera, que foi derrotado por Thiago quando este pisou no ringue pela última vez. Naquela ocasião, o atleta da ATT deu tapinhas quando estava montado no americano e ganhou a antipatia do oponente que pretende nocauteá-lo.
Eu só quero lutar com o Thiago Silva. Ele derrotou o Vera e é um bom lutador mas ele não é bom para o esporte e não demonstra ter qualquer respeito pelos adversários. Tudo isso contribuiu para o meu desejo de enfrentá-lo. Eu vou lá para nocautear esse cara. Não vou perder essa luta, não tem como eu perder para ele”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails