segunda-feira, 8 de novembro de 2010

BRASILEIROS CHEGANDO EM PESO UFC APÓS FUSÃO

 
Os pesos mais leves do MMA sempre tiveram menos prestigio nos grandes eventos com exceção para o WEC que somente promove estas categorias, com a fusão com o UFC eles ganham mais notoriedade e chance de mostrar para o grande publico suas qualidades.

Com isso além dos quase 30 atletas brasileiros no UFC e sendo dois deles donos de cinturão, Anderson Silva os meio-médios e Mauricio “Shogun” Rua no meio-pesados, outros 8 atletas terão a chance de representar o Brasil no maior evento do mundo.

O primeiro a se apresentar após o anuncio de fusão será Fredson Paixão (10-3, 1 Nc) que enfrenta Pablo Garza (9-1) na final do TUF 12 em 04 de Dezembro. Já iniciando em 2011 o campeão José Aldo (18-1) coloca seu cinturão em defesa pela primeira vez no UFC125 contra Josh Grispi (14-1) e fará a luta co-principal. Ainda em janeiro Rani Yahya (15-6) famosos pelo título do ADCC em 2007 enfrenta Chan Sung Jung (10-3) no “UFN23 : Fight For The Troops 2” em uma luta que pode será ultima para um dos dois que vêm de duas derrotas no WEC.

Os outros atletas brasucas que farão ou podem fazer parte do UFC são:

Wagnney Fabiano (14-2) enfrenta Joseph Benavidez (12-2) no WEC 52 em 11de Novembro, a luta seria contra o ex-campeão Brian Bowles que se machucou e foi substituído pelo não menos qualificado Benavidez ultimo desafiante ao cinturão dos pesos Galo.

Raphael Assunção (14-3) enfrenta LC Davis (16-3) no WEC 52 e precisa da vitória para sonhar com UFC já que vem de duas derrotas em 04 lutas no WEC.

Renan Barão (23-1, 1 Nc) enfrenta Chris Cariaso (10-1) no WEC 53 em 16 de Dezembro no ultimo evento WEC, sua única derrota na carreira aconteceu na estréia em Abril de 2005, e é uma das maiores esperanças para conquistar o cinturão.

Yuri “Marajó” Alcântara (20-3) enfrenta Ricardo Lamas (9-1) no WEC 53, assinou recentemente o contrato de 5 lutas com a “Zuffa” dona das marcas WEC e UFC, estará fazendo sua estréia em eventos internacionais.

Diego Nunes (15-1) ainda não tem data definida para lutar, mais o certo é que sua próxima luta será no UFC. Diego tem retrospecto de 4-1 no WEC, fez sua ultima luta no WEC 51 vencendo Tyler Toner por decisão unanime dos juízes.
Portaldaslutas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails