quarta-feira, 17 de março de 2010

AMI-JITSU você conheçe?

O Ami-Jitsu é uma Arte Marcial que traz em seu bojo conhecimentos de ordem filosófica e propostas de evolução capazes de caracterizá-lo como verdadeiro caminho de evolução pessoal.

Foi concebida pelo Mestre Antônio Tibery que buscou unificar, de maneira integrada, parte das propostas contidas em diferentes modalidades, adotando-se, de início, princípios filosóficos estruturais.

Mediante a utilização de movimentos curvilíneos, permite ao praticante defender-se de agarradas, socos e chutes. Os movimentos retos ou quebrados são evitados por não serem componentes adequados à formação das técnicas, as quais adquirem eficiência tanto por sua precisão como pela reorientação da força do agressor. Devem ser praticadas com o corpo descontraído e atitude mental conveniente (esvaziamento do Ego).

As técnicas finalizam em projeção ou imobilização. No último caso, o atacante acaba imobilizado, ficando impossibilitado de esboçar qualquer reação.

Suas técnicas são movimentos eficientes e harmônicos, onde atua o princípio do movimento conduzido com Ki, como também o conceito de percepção, e redirecionamento do ataque.

Em algumas técnicas usamos pressão em pontos específicos dos punhos, coxas ou tornozelos. A pressão, exercida no lugar exato, provoca dor intensa.
A repetição leva o praticante a ter reações automatizadas.

As técnicas não devem ser avaliadas apenas pela eficiência ou beleza coreográfica; pois - convém frisar – são antes ferramentas de auto-realização e de crescimento pessoal.


Os fundamentos de uma arte são os seus alicerces, as idéias básicas que a orientam e a estruturam. O Ami-Jitsu tem como fundamentos:
1. Movimentos curvos, não necessariamente circulares. Os movimentos retos ou quebrados são evitados.
2. A prática envolve o corpo descontraído, e a respiração livre.
3. O treino é feito com resistência para atuarem como exercícios isométricos (ou isotônicos), mas sem sobrecarga excessiva.
4. Os movimentos seguem o padrão do fluir da água, constante e perma- nente, saindo através dos pontos fracos ou dos espaços livres. Quando há resistência, a energia é acumulada e aumentada gradativamente até que rompa o obstáculo que a represa.
5. Os movimentos devem ser conduzidos, e alimentados continuamente pelo Ki.
6. Integração corpo-mente-emoções, durante a prática, mantendo a mente livre e desempedida para registrar qualquer ataque.
7. As técnicas são construídas a partir de giros positivos e negativos.
8. As técnicas seguem os seis princípios: Saúde, Agradabilidade, Boa-utilização, Eficiência, Não-violência e Simetria .
9.Os movimentos conduzidos são alimentados pela energia Ki.
10. As formas de cair englobam rolamento para a frente, para trás e queda lateral . Os rolamentos descrevem no espaço o desenho do "sansara" (hélice central do símblolo).

(C) 2009 - Ami-Jitsu - Direitos reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails