sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

WANDERLEI SILVA E A BATALHA POR UMA REVANCHE CONTRA BELFORT



A mágoa ainda não passou. E parece que não vai passar até a luta acontecer. Em junho do ano passado, Wanderlei Silva e Vitor Belfort teriam se enfrentado no UFC 147, que aconteceu em Belo Horizonte, não fosse uma lesão na mão do carioca que o tirou de combate. Com sede de revanche, Wand mostrou sua irritação com o rival e chegou a chamá-lo de "amarelão" na época, por conta da baixa do lutador semanas antes da luta marcada. Passados nove meses do ocorrido, Wand não consegue esconder que fica incomodado quando lembra de não ter conseguido encarar Belfort no octógono do UFC pela segunda vez.

Mesmo com luta marcada para o dia 3 de março, no UFC Japão, onde encara Brian Stann, Wanderlei Silva ainda não desistiu de realizar o desejo de ficar frente a frente com Belfort dentro do octógono mais uma vez na carreira.

- Eu tô na fila, né. É aquela história: para eu poder lutar com ele, vou ter que assinar um seguro antes. Senão, três semanas antes da luta o cara se machuca, quebra a mão, machuca o dedo... Assim não dá. O negócio é marcar esse "troço" e falar que vai acontecer. Esse negócio de ficar se machucando não existe. Você tem de treinar duro e ter cuidado. Cada vez mais ele é um adversário que está na fila - declarou Wand, recordando a lesão de Vitor que impediu que a revanche acontecesse no ano passado.

Se quando se fala em um combate entre os dois a coisa esquenta, o clima é mais ameno quando Wanderlei analisa as atitudes de Belfort que não o envolvem. O lutador elogiou a atitude do rivai de desafiar Jon Jones ao invés de Anderson Silva após a vitória no sobre Michael Bisping no UFC SP.

- Ele deve ter visto que tem um caminho para vencer aquela luta. Viu que o Jon Jones agiu errado. Eu acho interessante ele ter feito isso. Foi dada a chance a ele, ele fez bem. Mesmo que não seja realizada agora. Eu achei uma declaração boa da parte dele - elogiou o lutador, que está participando das gravações do The Ultimate Fighter Brasil II, em São Paulo, fazendo parte do time de Fabricio Werdum, que compete com Rodrigo Minotauro no show.

Wanderlei Silva e Vitor Belfort se enfrentaram pela primeira vez no dia 16 de outubro de 1998. No evento que marcou o primeiro show da história da organização no Brasil, Wand foi nocauteado aos 44 segundos de luta pelo carioca. Desde então, o curitibano pede uma revanche contra o rival. Os dois foram os técnicos da primeira edição do TUF brasil e se enfrentariam após o reality show. Porém, o embate não ocorreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails