quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Ameaça de morte no UFC

No último fim de semana, em entrevista à rádio WXDX dos Estados Unidos, Frank Mir ameaçou Lesnar de morte, sem nenhum constrangimento. “Muitas pessoas estão tão preocupadas em serem politicamente corretas. Eu prefiro dizer o que penso. Eu quero lutar de novo contra Lesnar. Eu odeio quem ele é como pessoa”, começou.

Frank Mir, sobre Brock Lesnar

“Eu quero quebrar o pescoço dele lá dentro do ringue. Eu quero que ele seja a primeira pessoa a morrer devido a complicações dentro do octógono. Isso é o que está passando na minha mente”, seguiu. “Ele não gosta de mim e eu posso garantir. Podem perguntar para qualquer um da minha família. É um ódio legitimo que eu sinto por ele.”

Mas tais declarações de Frank Mir logo causaram reações dentro do mundo do MMA. Um dos primeiros a mostrar repúdio pelas falas foi o próprio presidente do UFC, Dana White. “Ele foi um completo idiota. Nunca ouvi nada tão antiprofissional em toda da minha vida”, afirmou o cartola à rádio norte-americana KHTK.
“Mir me parece estar muito obcecado pelo Brock Lesnar depois de ter sido esmagado no UFC 100 em julho do ano passado. Frank nunca precisou de motivos para falar tanta besteira, mas essa situação parece que ele está doente, com algum tipo de vírus”, completou. "Acho que ele esta deixando seu lado emocional falar muito alto. Ele tem uma grande luta vindo no próximo mês e ainda está chateado com o Lesnar.”
Dana White, sobre Frank Mir
Até mesmo Shane Carwin, que enfrenta Frank Mir no dia 13 de março no UFC 111, saiu em defesa de Brock Lesnar. “O que eu posso dizer é que qualquer atleta que pretenda matar um adversário é um ser humano terrível ou mentalmente incapaz de lutar. Esse tipo de conversa faz apenas o esporte regredir”, disse o invicto.
“Frank fez parte dos primórdios do vale-tudo e não faz sentido que ele queira fazer ou até mesmo faça comentários que possam prejudicar o grande bem que ele teve participação e ajudou a criar a este esporte durante tantos anos”, seguiu Carwin.
Vendo a repercussão muito negativa que sua entrevista teve, Mir ainda esboçou um pedido que desculpas, que não foi muito bem aceito por seus colegas. “Eu gostaria de pedir desculpas ao Brock Lesnar, à sua família, ao UFC e aos fãs do evento pelas coisas estúpidas que falei. Eu respeito Brock, todos os outros lutadores e o MMA. Me desculpem. Sei que passei da conta”, afirmou o norte-americano.

Nota do blog: Isso é ultrage de uma negatividade para o esporte sem tamanho, o que poderia aconteçer com esse alteta no minimo ser processado por ameaça puni-lo deixando uns diazinhas sem luta para doer no bolço pois isso pode manchar o esporte que vem crescendo a cada dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails