domingo, 4 de novembro de 2012

CONFIRA O RESULTADOS DO WORLD SERIES OF FIGHTING NO ÚLTIMO SABADO DIA 03


O World Series of Fighting fez um belo debut no Planet Hollywood Hotel e Cassino em Las Vegas, neste sábado (03). Com um evento bem produzido e organizado, apesar dos problemas de transmissão pela internet, o show foi marcado por bons combates e lutas rápidas.
No duelo principal da noite, o bielorrusso Andrei Arlovski nocauteou Devin Cole aos 2 min37seg do primeiro round. O combate teve início mais truncado, com os lutadores buscando ganhar posições na grade do cage, mas Arlovski não precisou de muito para impor sua superioridade e agilidade, conseguindo a finalização na metade do round. Depois de vencer, ele foi cumprimentar a plateia e voltou à jaula para dizer que respeita muito Devin Cole.
“Nós lutamos, eu venci, mas eu o respeito muito e desejo tudo de melhor para ele”, disse.
No segundo combate da noite, o norte-americano Anthony Johnson voltou a fazer as pazes com a vitória com um lindo nocaute sobre o campeão dos pesados do Cage Warriors e ex-Bellator TJ Linderman. Johnson iniciou a luta colocando mais pressão, mas foi punido logo no início do round por acertar as partes baixas do adversário. TJ tentou responder na volta, mas acabou sofrendo com os chutes, cotoveladas e bons socos conectados por Anthony, que finalmente conseguiu o nocaute aos 3minutos e 58 segundos do primeiro round.
“Mostrei a ele o meu maior poder de nocaute e o que um cara de 77 quilos pode fazer”, disse Johnson ainda no cage.
Único brasileiro a lutar no card principal, Marlon Moraes, fez bonito e venceu Miguel Torres. Marlon iniciou bem o primeiro round e impôs seu ritmo partindo para cima do oponente e acertando chutes e socos. Controlando bem a distância e a defesa de quedas, o brasileiro dominou praticamente o combate inteiro, colocando o plano de luta de Miguel Torres por água abaixo, mas acabou vencendo na decisão dividida dos juízes. Ainda no cage, Marlon disse que só conseguiu chegar a Vegas na quinta-feira por causa do furacão Sandy, que passou pela costa leste dos Estados Unidos, cancelou voos e deixou um rastro de destruição.
“Eu fiquei sem energia, sem academia para treinar, acabei chegando em Vegas só na quinta-feira por causa do furacão. Mas é isso aí né, o MMA é um esporte para cara duros e o Miguel Torres é um cara duro. Foi uma grande luta, ele está de parabéns”, disse ele, ainda no ringue.
Marlon agora enfrenta o ex-Bellator Tyson Nam no WSOF2, que acontece em janeiro em Las Vegas.
Pela primeira luta do card principal, o kickboxer Tyrone Spong (que carrega um impressionante cartel de 68 vitorias, 6 derrotas e um empate nas competições do K-1) fez mais uma vítima. Travis Bartlett bem que tentou resistir ao surinamês, mas não sobreviveu aos socos e chutes do atleta da Blackzilians e acabou nocauteado aos 3 minutos e 15 segundos do primeiro round.
Gregor Gracie e Ronys Torres perdem no card preliminar
Os brasileiros Gregor Gracie e Ronys Torres não tiveram sorte na estreia do WSOF. Gregor foi atropelado pelo duríssimo Tyson Steele, que castigou o brasileiro desde o começo da luta buscando a finalização. Gregor resistiu até os 4 minutos e 52 segundos do primeiro round, quando foi nocauteado com uma sequência de socos.
Ainda no cage, Steele disse que sabia que estava pegando um dos membros da família mais respeitada do MMA e que tentou se preparar ao máximo. “Meus técnicos treinaram muito as principais posições do Jiu-Jitsu para que eu pudesse vencer e eu venci”, declarou.
Já o amazonense Ronys Torres travou um duelo equilibrado contra o norte-americano Brian Cobb. O atleta da Nova União começou um pouco afobado, mas conseguiu conectar bons golpes desde o início do primeiro round, apesar de ter sido surpreendido por inúmeras tentativas de guilhotina de Cobb. O norte-americano continuou com a mesma estratégia durante o segundo round e teve uma performance superior à do brasileiro. Já o terceiro round foi o mais equilibrado, com o brasileiro conseguindo acertar bons socos e com Cobb tentando a finalização. Na decisão dividida dos juízes, no entanto, o gringo levou a melhor.
Gesias Cavalcante faz as pazes com a vitória
Gesias Cavalcante reencontrou a vitória em sua estreia pela organização. O brasileiro precisou de apenas 1 minuto e 3 segundos para finalizar o oponente TJ O’Brien com uma belíssima chave de calcanhar.
Desde um no contest contra Shinya Aoki, no Dream 1, JZ só venceu duas de suas últimas lutas. Ainda dentro da jaula ele disse que não estava preocupado com a pressão e agradeceu aos fãs e à organização pelo apoio. “Passei por uma série de problemas pessoais nos últimos anos e não finalizava uma luta dessa maneira desde 2007″, disse ele. “Achei a minha casa. Essa é a primeira luta do resto da minha carreira. Eu já estive no topo e vou continuar a subir na minha divisão”, vibrou.
RESULTADOS COMPLETOS:
WSOF
Las Vegas, Estados Unidos
Sábado, 03 de novembro de 2012 

Card Principal:
- Andrei Arlovski nocauteou Devin Cole aos 2mine37 seg do primeiro round;
- Anthony Johnson venceu D.J. Linderman por nocaute aos 3 min58 seg do primeiro round;
- Marlon Moraes venceu Miguel Torres na decisão dividida dos jurados;
- Tyrone Spong venceu Travis Bartlett por nocaute aos 3min15seg do primeiro round;

Card Preliminar:
- Tyson Steele venceu Gregor Gracie por nocaute aos 4min52s do primeiro round.
- Brian Cobb venceu Ronys Torres na decisão dividida dos juízes;
- Josh Burkman venceu Gerald Harris na decisão unânime dos juízes;
- Steve Carl finalizou Ramico Blackmoon aos 2min11s do primeiro round;
- Gesias Cavalcante venceu T.J. O’Brien com uma chave de calcanhar aos 1m03s do primeiro round;
- David Branch venceu Dustin Jacoby na decisão unânime dos juízes;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails