domingo, 17 de março de 2013

TREINO FUNCIONAL AJUDA NA GRAVIDES E PRINCIPALMENTE NO PARTO


Dores durante a gestação é algo comum entre as mulheres. Porém, segundo a treinadora máster do CORE 360º, Daniela Azevedo, existem programas de exercícios físicos seguros e eficazes para gestantes, capazes de promover o bem estar e eliminar as dores durante esse período.

“O treinamento funcional é um dos programas mais recomendados para gestantes por agregar dinamismo e otimizar os padrões de movimento que busquem funções como levantar, puxar, agachar e estabilizar visando as tarefas diárias e o período pós parto”, explicou Daniela, afirmando que “as sessões de treinos são divertidas, inovadoras, seguras e adequadas para a capacitação física das gestantes”.
As dores na lombar são as principais queixas das gestantes e, de acordo com Daniela, “o treino funcional é utilizado como uma medida preventiva para fortalecer, alongar e relaxar a região”.
A dor lombar durante a gestação atinge entre 50 e 80% das mulheres e são comuns após o sexto mês de gravidez. Apostar nas atividades de alongamento da cadeia posterior, tantos membros superiores quanto inferiores, e estabilização do tronco, quadril e cintura escapular ajudam as gestantes a ganharem força e diminuir a sobrecarga nas articulações. Entre os exercícios para grávidas, os movimentos que reforçam a região pélvica estão inseridos em exercícios de adução e abdução do quadril e glúteos.
Nessa mesma sessão é importante realizar o equilíbrio muscular, já que nessa fase o corpo sofre alterações além de metabólicas, pois auxiliam na amplitude de movimento e reforçam a musculatura da região. Mulheres que pretendem fazer parto normal, ou buscam um pós-parto cesariano sem problemas, devem apostar nesses exercícios, que podem ser realizados com mini bands, os conhecidos elásticos, muito usados no treinamento funcional.
Esse treino é capaz de diminuir incidências de lesões e aumentar a eficiência dos movimentos, além de melhorar o equilíbrio, a coordenação motora e a postura das gestantes. Ainda de acordo com Daniela, esses exercícios devem ser conduzidos apenas por profissionais capacitados e com conhecimento, já que a mulher sofre alterações corporais, além de adaptações fisiológicas e anatômicas.
“Até o terceiro mês, que é a fase de formação do bebê, não é muito recomendado realizar atividades físicas intensas. Porém, as grávidas podem fazer qualquer exercício, desde que um profissional a oriente e se atente a carga e intensidade dos movimentos”, finalizou.
TATAME

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação seja sempre bem-vindo ao nosso blog, fique em paz.
Ossssss

Related Posts with Thumbnails